Alimentos que funcionam muito bem contra a retenção de líquido

Cumpri com estrelinha o primeiro dia de trabalho no novo livro. Duas crônicas foram escritas. De uma gostei bastante; da outra nem tanto. Mas é assim mesmo. O negócio é deixar ela dormindo e reler de novo daqui uns dias. Bento contribuiu em partes para o silêncio da casa. Digo em partes porque resolveu que queria lanchar de tarde e não calou a boca enquanto não levantei duas vezes para oferecer bolinhas de ração hepática.

bento1ESTOU VICIADO EM DAS HEPÁTICAS

mulher-arrancando-os-cabelosANHÃÃÃ

Quando o dia terminou e a noite caiu, dei a tarefa do livro como cumprida. Levantei, fiz um café e fui para o sofá ler outras coisas para desopilar a cabeça. Foi quando topei com uma reportagem sobre alimentos que funcionam como diuréticos naturais. Sou viciada nesse tipo de informação, visto que retenho muito líquido – e uma das piores coisas de ser mulher é reter líquido, vai dizer? Costumo beber umas 3 ou 4 garrafinhas de água por dia, o que dá em torno de 1,5 a 2 litros de água. Está ótimo. Beber água é essencial para eliminar as toxinas do organismo, mas tem uma hora em que parece que empapuça, sabe assim? Não entra mais água de jeito nenhum. Por isso achei tão interessante conhecer que alimentos diuréticos são esses e fazer este post para contribuir com o bem-estar e a saúde de todas as minhas queridas leitoras e amigas que ficam aí deste outro lado me fazendo companhia e muitas vezes aturando as minhas manias.

bento1AO MENOS ELA RECONHECE QUE É MANÍACA

No inverno, alguns alimentos são mais difíceis de serem consumidos do que outros. A melancia, por exemplo. Quem em sã consciência consegue sentir prazer de comer uma melancia com esse frio? Eu jamais. Mas fiquem sabendo, no entanto, que melancia, faça frio, faca calor, é um excelente diurético natural.

ÍndiceOI, BONITONA!

A melancia tem altíssimo teor de água – e os aminoácidos presentes na fruta ajudam a alargar as veias, fazendo com que os líquidos fluam com mais liberdade, visto que permite “varrer” os líquidos retidos nos tecidos. Também é desintoxicante, alcalino e mineralizante, o que contribui para uma boa saúde intestinal. Eu não sabia de nada disso. Fiquei impressionada. Mas não vou comer melancia no inverno. Prefiro, por exemplo, tomate.

origem-tomates-1OI, BONITÃO!

Sou vidrada em tomate, como tomate a dentadas no inverno e no verão. Adoro pão com tomate, tomate com sal, tomate cru, tomate assado, tomate de qualquer jeito. E agora que fiquei sabendo que o tomate também é um diurético natural, amo ele mais ainda. Já não posso dizer o mesmo do pepino.

os-varios-beneficios-do-pepinoOI, BONITÃO!

Acho tão difícil gostar de pepino…. E pepino faz tão bem… Sabia que os indianos comem pepino para ajudar a baixar a temperatura corporal nos dias de muito calor? Compram pepino na rua, em barraquinhas de vendedores ambulantes e saem comendo, tipo picolé. Pois eu nunca lembro de comprar pepino. Acho a coisa mais sem graça do universo, tipo chuchu, sabe assim. Só que o pepino é extraordinário no processo de desintoxicação do organismo. Além de muita água, contém também silício e enxofre, que ajudam na eliminação de ácido úrico pelos rins. Outro alimento considerado um baita diurético natural mas que não me desce, sobretudo crua, é a cenoura.

ÍndiceOI, BONITONA!

 Olha, me custa um bocado comer cenoura. Me esforço, me esforço, mas é dose. Quem sabe agora, sabendo que ela é considerada como um dos melhores vegetais diuréticos naturais, que ajudar a desintoxicar o corpo e a acelerar o metabolismo, eu não mude de ideia… Será? Outro alimento que não vou com o gosto: aipo. Pois o aipo também está nessa turma diurética.

68e7ce13db0798d9731e475bf19fe2a0OI, BONITÃO!

 As sementes do aipo aumentam a produção de urina e a excreção de ácido úrico, o que permite que o corpo se desintoxique de maneira muito natural. Odeio aipo.

woman-yelling-istock-de20TU NÃO GOSTA DE NADA, MARIANA?

Pior é que não sou chata para comer. Estou surpresa comigo mesma escrevendo esse post, porque achei que gostava de mais coisas do que realmente gosto. Incrível, não? Mas gosto, por exemplo, de aspargos. Amo aspargos – e aspargos também fazem parte dessa turma diurética.

dscn1260OI, BONITÃO!

Os aspargos contêm asparagina, um aminoácido de grande poder diurético, que permite tratar as dores da artrite, reumatismo e a retenção de líquidos. Tá bom para o Bento que sofre de artrose e artrite no cotovelo, né, Bento?

bento1BENDITA DIETA DAS HEPÁTICAS

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Viva as nove primaveras da Marina! Viva! 👏🏼🥂♥️
  • É nosso, gurias @karinachav @reginalimaoficial ♥️Melhor programa de televisão do ano do Prêmio Press! Jamais vou esquecer o convite de vocês duas pra fazer parte dessa equipe! Que orgulho! Ao alto e avante! 💪🏻♥️👊🏻 @ceciliakramer eternamente grata pela confiança! #tamojunto #bandemmovimento
  • A persistência faz do impossível uma possibilidade. No caso, voltar a fechar com folga o jeans guardado há 15 anos à espera deste momento!  #yeswecan 💪🏻👊🏻🤣♥️
  • Né?! 🤣
  • BFF ♥️
  • Meu amor por Porto Alegre é tão grande que não cabe no peito e não coube na foto com a obra do super @jotapepax 🤣🤣🤣. #ilovepoa #vemseapaixonar