Bota vermelha para principiantes! AMIGA MARI faz um guia para aprender a usar

A bota vermelha está na ordem do dia e basta um simples passeio pelas vitrines e sites de  moda feminina para comprovar que cada grife tratou de criar o seu modelo. Há para todos os gostos e estilos: cano curto, cano longo, bico fino, bico quadrado, salto fino, salto grosso, bota meia, bota de veludo, de verniz, enfim, o céu não é o limite para a criatividade dos designers. Até aí tudo bem. Mas como usar?

Quase sempre, quando especialistas, produtores, blogueiras e editores de moda voltam-se para uma certa tendência, discorrem sobre ela e apresentam looks lindos, esquecem que do outro lado há uma legião de mulheres que não estão familiarizadas com o assunto. Ah, bota vermelha! Compre e entre na onda! Tem que ter! Ok, a gente até gostaria de investir em um modelo, mas #como faz? Como eu combino com meu guarda-roupa que passa bem longe desses editoriais de revista?

Foi pensando em ideias de looks para mulheres da vida real, que possuem peças básicas no guarda-roupa e que consideram interessante investir em uma bota vermelha que selecionei algumas imagens para ajudar. Vem com a Amiga Mari!

bota-vermelha
CORES BÁSICAS: A MANEIRA MAIS FÁCIL DE COMBINAR A BOTA VERMELHA É COM PEÇAS EM PRETO E BRANCO. NESTE CASO, A CALÇA CROPPED BRANCA DE ALFAIATARIA PEDE UMA BOTA COM CANO UM POUCO MAIS LONGO (SE A IDEIA É NÃO MOSTRAR A PERNA). NA PARTE DE CIMA, UMA BLUSA PRETA E O LOOK ESTÁ ATUAL, DIFERENTE E SUPER MODERNO
bota-vermelha1
DE NOVO, AS CORES PRETO E BRANCO SÃO PARCEIRAS DA BOTA VERMELHA. NESTE CASO, O MODELO É DE CAMURÇA, COM SALTO MÉDIO E BICO REDONDO. CALÇA DE COURO PRETA FICA LINDA COM CAMISETA BRANCA E UM OVERCOAT CINZA – QUE É UMA COR NEUTRA QUE FICA LINDA COM VERMELHO!
bota-vermelha2
NESTE LOOK, O PRETO PREDOMINA: BLAZER COM JEANS ESCURO. ELA USA UMA CAMISA BRANCA E PREFERE DEIXAR UM PEDACINHO DA PERNA APARECENDO. POR ISSO, A CALÇA É CROPPED E A BOTA TEM CANO CURTO. PRA DAR UMA BOSSA EXTRA, BOLSA ESTRUTURADA ANIMAL PRINT
bota-vermelha3
SUPER SIMPLES E SUPER ELEGANTE: JEANS, CAMISETA, BLAZER ALONGADO DE ALFAIATARIA E BOTA VERMELHA CUJO MATERIAL, VERNIZ, DÁ UM BRILHO URBANO AO VISUAL
bota-vermelha4
ESTILO MONOCROMÁTICO VERMELHO É SUPER SIMPLES E SUPER TENDÊNCIA. SELECIONEI ESTA IMAGEM DO VESTIDO FLUIDO COM BOTA OVER THE KNEE, MAS SAIBA QUE VOCÊ PODE VARIAR E USAR COM AS PEÇAS VERMELHAS QUE QUISER. A DICA QUE FICA É: VERMELHO DA CABEÇA AOS PÉS É UM CHARME
bota-vermelha5
UM DOS MEUS LOOKS PREFERIDOS, JÁ QUE ADORO ANIMAL PRINT E ESTA ESTAMPA TORNOU-SE UM CLÁSSICO DO GUARDA-ROUPA. NÃO TENHA MEDO DE USAR UM SUPER CASACO ESTAMPADO COM JEANS E BOTA VERMELHA.
bota-vermelha6
SOU SUPER ENTUSIASTA DE INVESTIR EM UM TRENCH COAT, JÁ QUE SE TRATA DE UMA DAS PEÇAS MAIS ELEGANTES E VERSÁTEIS DO ARMÁRIO FEMININO. NESTE LOOK, ELA USA COM JEANS E BOTA VERMELHA DE SALTO E BICO FINO, O QUE TORNA O CALÇADO MAIS SOFISTICADO.
bota-vermelha7
XADREZ PRÍNCIPE DE GALES É OUTRA FORTE TENDÊNCIA DE OUTONO INVERNO E ÓTIMO ALIADO DA BOTA VERMELHA!

Deixo mais dois posts em que mostro maneiras de usar a bota vermelha e outras botas da estação. E fica o convite para me seguir no Instagram – @MARI_KALIL

+ Vermelha, meia, over the knee: MARI RESPONDE como usar cada bota da estação
+ Vermelho em tudo! AMIGA MARI mostra como usar a principal cor da estação

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

1 Comentário

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.