As cinco fases do luto: pensamentos e comportamentos comuns de quem vivencia uma perda

Pode ser que você já tenha passado pela experiência, pode ser que ela seja antiga ou recente, ou mesmo que você tenha o hábito de preparar-se para a morte de alguém muito querido. Fato é que todas nós viveremos a fase do luto em algum momento de nossas vidas – ainda que o termo luto, na área da psicologia, tenha uma abrangência maior do que o simples fato de perder alguém.

– O luto pode significar qualquer tipo de perda, real ou imaginária. Perda de um emprego, separação do cônjuge, perda de algum ideal – exemplifica o psicólogo Pedros Adrados.

Geralmente, o luto é passageiro, ainda que corra o risco de converter-se em um sentimento patológico quando aparecem sinais de tristeza profunda e prolongada, perda de interesse em realizar atividades do dia a dia, sentimento de culpa, perda de peso e alterações no sono. Em todos esses casos, deve ser emitido um sinal de alerta e a busca por um especialista que seja capaz de oferecer apoio e ferramentas necessárias para enfrentar a situação e facilitar a volta à normalidade.

lutoLUTO EM 5 FASES: NEGAÇÃO, RAIVA, NEGOCIAÇÃO, DEPRESSÃO E ACEITAÇÃO

Existem cinco fases comuns de luto: negação, raiva, negociação, depressão e aceitação. Em todas elas influenciam, claro, fatores pessoais – a tolerância de cada pessoa à dor da perda, o apoio de quem está na volta, os níveis de autoestima etc. Conheça melhor cada uma dessas fases.

Negação
Diante de uma notícia ruim e negativa, como a morte de uma pessoa querida, a primeira reação é a de negação ou não aceitação do fato. “Consiste na rejeição consciente da realidade e da situação”, explica o psicólogo Pedros Adrados. Esta fase resume-se com a frase “isso não pode estar acontecendo comigo”.

Raiva
A segunda fase ocorre quando já não se pode mais negar a perda. Então, surge a dor. “Ainda que a raiva esteja presente em todo o processo, esta é uma fase em que ela surge com mais frequência. São habituais perguntas como “por que eu?”, “isso não é justo”, “como pode ter acontecido isso comigo?”, relata o especialista.

Negociação
Nesta fase busca-se fazer algum tipo de acordo de maneira que as coisas possam voltar a ser como antes. Essa negociação geralmente acontece dentro do próprio indivíduo ou também pode ser voltada à religiosidade, com pactos e promessas. Os pensamentos recorrentes são “vou acordar cedo todos os dias, tratar bem as pessoas, parar de beber, procurar um emprego e tudo ficará bem” ou “vou pensar mais positivamente e tudo se resolverá.”

Depressão
Com ela aparecem sentimentos de tristeza, medo e incerteza diante do futuro. Como afirma o psicólogo, trata-se de um bom sinal, já que “esses sentimentos mostram que a pessoa começa a aceitar a situação”.

Aceitação
É a última fase, aquela em que a pessoa consege, por fim, realizar uma reflexão que a permite, sem culpas, encontrar algum significado para a perda que sofreu em sua vida.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Aqui, no entanto, nós não olhamos para trás por muito tempo. Nós continuamos seguindo em frente, abrindo novas portas e fazendo coisas novas. Porque somos curiosos - e a curiosidade continua nos conduzindo por novos caminhos. Siga em frente”. (Walt Disney)
  • Quem me conhece de toda uma vida sabe que palavrão é algo que não sai da minha boca de lady. Mas, né? Vamos combinar! 😂😂😂 #humor #bepositive
  • Baba, mami e meu bolinho de aniversário de 1 ano. Sempre com a certeza de ainda muitos e muitos outros de vida. ✨ Londres, 19/12/1973. #tbt❤️
  • Meu pai, meu norte, minha serenidade, minha calmaria, meu aconchego, meu alicerce, minha certeza, minha paz, minha alma. Meu baba, minha estrutura, minha vida. ❤️
  • À sombra dos Trompetes dos Anjos. #angelstrumpet #gettygarden #gettymuseum
  • Sob a luz do entardecer no Píer de Santa Monica, a confiança de que está tudo em seu devido lugar. ✨ #sunshine #vibration #california #bepositive