As orações me levaram pra Vitória

Quem leu Peregrina de Araque, meu primeiro livro, conhece bem minhas convicções a respeito da Lei de Murphy. A principal delas: “Se algo pode dar errado, dará”. O Chico e a minha mãe, dois otimistas doentes, odeiam quando eu começo a evocar meu muso pessimista, o Murphy. Mas quem leu Vida Peregrina sabe que eu não sou otimista nem pessimista. Sou entusiasmada.

HS2598PELO MENOS EU TENTO

Faço toda essa introdução porque nesta quarta-feira, início da tarde, me dirigi ao aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, para pegar um vôo de 1h30min de duração, que me traria até o Rio de Janeiro a tempo de sair do Galeão, chegar ao hotel, fazer check in, pegar um táxi e assistir com toda a tranquilidade do mundo ao primeiro dia de desfiles do Fashion Rio – o motivo pelo qual estou aqui.

Feminine-1st-ShameMAS O MURPHY ME FEZ COMPANHIA

Andar de avião já não é o meu forte. Evoco todo tipo de espíritos e orações para me acompanhar. Sou capaz de apostar que minha adorada e falecida bisa Yolande ainda não conseguiu sair desse plano tamanho o rol de suplícios que eu desfio a ela cada vez que aquela geringonça começa a bater asas.

1295377LEVANTA, MALDIÇÃO!

Pois hoje ela levantou asas. Mas o problema foi voltar para o chão. Sobrevoou o aeroporto do Galeão uma, duas, três, quatro vezes. Nada de descer. Então o simpático piloto veio ao microfone enumerar um sem número de motivos para…. descermos em Vitória!

hysteriaNO ESPÍRITO SANTO!

Eu só queria ficar uma hora e meia naquele maldito avião e descer no Galeão. Mas eu fiquei três horas e desci no Espírito Santo. E então eu fiquei mais uma hora no solo do Espírito Santo. E depois eu tive que rezar durante mais uma decolagem e mais uma aterrissagem e eu só cheguei ao Rio por volta de 10h da noite quando o primeiro dia de desfiles do Fashion Rio já tinha ido para o beleléu. E estou contando tudo isso para me eximir de qualquer culpa de não ter feito o primeiro dia de cobertura do Fashion Rio.

27 panic460NÃO FOI CULPA MINHA

No pouco de tranquilidade que consegui vivenciar nos céus do Brasil, li algumas páginas do livro Em Busca da Cura. Olha!

foto-32A história é incrível. Laura Pires, a guria da capa, pelotense, radicada no Rio, foi diagnosticada com esclerose múltipla aos 24 anos. Submeteu-se a zilhões de diagnósticos e todos deram como horizonte tratamentos pesadíssimos com efeitos colaterais terríveis para uma doença que não tem cura. Então ela partiu com o namorado (o autor do livro) para a Índia para entregar-se à medicina Ayurvédica. Está curada.

Fiquei de encontrar com a Laura nesta quinta, às 14h, no café da Livraria Argumento, ali no Leblon. Depois, logo mais à noite, enfim chego ao Fashion Rio para descrever o que nos espera para o inverno 2014.

Sigam-me os bons!

danca hipo

www.facebook.com/kalilmariana
Instagram @mari_kalil
Instagram @revista_donna

Para não perder o hábito… Voltamos à contagem regressiva para a sessão de autógrafos da peregrina na Feira do Livro. Contando que agra já são meia noite e nove minutos do dia 7 de novembro, venho por meio desta dizer que faltam…

5CINCO DIAS

convite CORRETOLEIAM COM ATENÇÃO!!!

WOMAN_SCREAMING_-_COOKING_LESSON_NÃO ME DEIXEM SÓ!!!

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Jamais lhe deixaremos SÓ, linda amiga !!!! Minha presença, com a máquina a tiracolo e seu livro (VIDA PEREGRINA) embaixo do braço (para receber seu lindo autógrafo destas belas mãos angelicais), registrando tudo e todos é uma certeza absoluta !!! Felicidades em minha terra natal (chovendo pelo que vi no SPORT TV, assistindo meu time de coração, FLAMENGO, vencer hoje e passar às finais da Copa do Brasil (apenas um hobby este futebol pois não tenho tanta paixão assim +++++). Sucesso em tudo, linda amiga e acredite que, com a sua presença na CIDADE MARAVILHOSA, o sol retorna logo, para apreciar sua beleza ímpar e tudo se TORNA MUITO MAIS LINDO por sua causa e para VOCÊ !!! Com carinho e respeito, seu eterno amigo

  2. Mari!!!

    Às vezes me sinto um E.T. quando viajo de avião…não tem como se sentir confortável em meio de trasporte que faz tantos barulhos estranhos…Bom trabalho e bom retorno pra ti…E venha lançar seu livro em Santa Maria/RS!!!

    Beijão, Jana!!!

  3. Mari, me interessei por esse livro… Minha mãe tem esclerose múltipla tb e toda leitura sobre o assunto ajuda mto, embora alguns tratamentos alternativos deixem ela temerosa… Obrigada pela dica! Bjos e aproveite o Rio

  4. Esse livro é demais! Quem me indicou foi a Laura Miguel Ries, minha professora de yoga e terapeuta ayurvédica, que é amiga da Laura Pires. A ayurveda melhorou minha alimentação e minha vida 100%.

  5. Mari, literalmente uma saga pra chegar ao Rio ehin? Pobre de ti…mas nada como um dia depois do outro e acho que teu dia vai ser bem especial, só de falar com essa menina do livro e ver os belos desfiles né? Adorei o livro, vou tentar achar por aqui! Beeeejooo.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.