Melhor cabeleireiro de Paris fala sobre cortes de cabelo, tinturas, fios brancos e tipo de franja ideal

David Mallett é o nome dele. Pelas suas mãos passam, diariamente, cabelos de mulheres como Demi Moore, Diane Kruger, Natalie Portman e Léa Seydoux, que arrasou no red carpet do último festival de Cannes com um cabelo na altura do ombro, de aspecto naturalíssimo. Dono do mais prestigiado salão de Paris, David conta com uma equipe de 27 profissionais entre cabeleireiros e coloristas, que se dividem entre eventos como os festivais de cinema e os desfiles dos estilistas franceses em várias partes do mundo – enquanto parte do staff atendia Cannes, o restante embelezava as modelos no desfile de Karl Lagerfeld em Cuba.

Mas não vá pensando que ele é daqueles afetados e deslumbrados, que só atende gente famosa e não sabe nada de vida real. Pelo contrário. Ele mesmo afirma que, em seu salão, vai muita mulher comum, de donas de casa a executivas, secretárias e advogadas.

000_ax01yLÉA SEYDOUX, EM CANNES: O CABELO QUE ROUBOU A CENA DO FESTIVAL

Em anos lidando com as cabeças de mulheres tão diferentes, David Mallet aprendeu que o cabelo é muito importante para a personalidade, para a autoestima e para a noção de poder e feminilidade. “É algo que elas podem mudar rapidamente, além de ser uma expressão de como você se sente consigo mesma”, afirmou recentemente, em entrevista à Vogue inglesa.

+BELEZA: Cabeleireiro mais caro do mundo explica o que é um bom corte e por que custa tanto ao bolso

Em seus comentários ácidos e sem papas na língua, David dá dicas em forma de comentários que são uma preciosidade. Menos preocupado com tendências, cortes inusitados e tinturas milagrosas, ele está concentrado na mulher real e sua relação com o cabelo. Sem preconceitos, oferece uma aula de como ser autêntica e bem resolvida com o próprio cabelo, além de, é claro, revelar alguns macetes para deixá-lo lindo e moderno. Confira!

demi_cropDEMI MOORE, 53 ANOS, CABELO LONGO E FIOS BRANCOS APARENTES
“Não é porque a mulher fez 50 ou 60 anos que ela tem que adotar aquele curto para sempre e muitos cabeleireiros deviam parar de cobrir os brancos de suas clientes com tintas”, defende Mallet

Por que mulheres maduras precisam ter cabelo curto?
Segundo Mallett, essa é uma das maiores bobagens que as mulheres fazem, com a concordância de seus cabeleireiros. Não é porque a mulher fez 50 ou 60 anos que ela tem que adotar aquele curto para sempre. Essa história de cortes práticos e confortáveis, para ele, não tem cabimento, já que as mulheres, na maioria das vezes, ficam parecendo mais velhas e menos atraentes. O importante é adotar um corte que revele a beleza do cabelo e da mulher, não importa a idade e o tamanho. Por outro lado, ele também garante que todas as mulheres, pelo menos uma vez na vida, deveriam experimentar a sensação de um cabelo curto. E as que sempre usaram curto, que experimentem o contrário. Mudar é desafiador e altera nossa percepção de nós mesmos.

+BELEZA: Lace Wig, o segredo dos cabelos de Beyoncé, Rihanna e Kylie Jenner que virou febre mundial

E os grisalhos, ainda valem?
David é um apaixonado por cabelos grisalhos. “Muitos cabeleireiros deveriam parar de cobrir os brancos de suas clientes com tinta, permitindo que as mulheres exibam essa beleza”, já declarou em entrevistas. Mesmo assim, ele entende as mulheres mais jovens que desejam cobrir os brancos. Mas afirma que os grisalhos são lindos e estarão cada vez mais em alta.

cabelos_brancos_3CABELOS GRISALHOS: LINDOS E CADA VEZ MAIS EM ALTA, DIZ MALLETT

As cores tendência
Sabe aquelas cores e nuances novas, que surgem todo o dia, explorando os muitos tons? Pois é, David Mallett não gosta delas. Confessa que pode até achar uma mulher bonita com cores exóticas, mas admite que curte mesmo as cores mais apagadas, suaves e um pouco descoloridas. Quando o cabelo apresenta a cor mais lavada, mais ou menos uma semana depois do tingimento, aí é que, para ele, a cor atinge a sua beleza máxima. E, para prolongar a vida da cor, ele aconselha: “Peça ao seu cabeleireiro para misturar alguns dos pigmentos da tinta utilizada em seu cabelo no xampu ou na máscara. Assim, quando você lavar o cabelo, vai pigmentá-lo novamente”.

ombre-hair-drew-barrymore-mit-two-tone-hair-400x500-874154RAIZ ESCURA = MAIOR LIBERDADE
Mallet diz que esta tendência permite que o cabelo cresça sem que a cliente precise sair correndo até o salão para retocar

Raízes escuras ou retocadas?
David relembra que, quando abriu o seu salão, as mulheres corriam para retocar a raiz com frequência. Agora, segundo ele, as raízes já saem mais escuras de propósito. Esta nova tendência permite que o cabelo cresça por mais tempo, sem o temor de que as raízes escuras denunciem que já está na hora de novo tingimento. O segredo é tornar esta transição natural e harmoniosa, como uma espécie de identidade do cabelo.

O corte da estação
Ao contrário dos anos anteriores, em que os curtos estiveram em alta, esta temporada tem sido de cabelos mais longos no salão do mestre. Segundo ele, o corte mais desejado pelas parisienses é uma espécie de long bob, porém um pouco mais quadrado, ligeiramente desfiado nas pontas, chegando à altura da clavícula. Para este corte, a coloração também é fundamental: um pouco mais escuro na raiz, mais claro no meio e um pouco mais claro ainda nas pontas. Mas nada como tie dye (técnica de coloração que marca claramente as zonas de cor diferente), pelo contrário. É uma coloração mais pastel, em que os pigmentos se misturam naturalmente, como em uma aquarela.

long-bob-jogado-de-lado-com-volumeLONG BOB, O CORTE DE CABELO DA ESTAÇÃO
Na altura da clavícula, escuro na raiz, mais claro no meio e ainda mais claro nas pontas ligeiramente desfiadas

E as franjas?
Quadrada e aberta no meio, mais longa nas pontas, ao mais fiel estilo Brigitte Bardot. Esta é a definição de Mallett para uma franja bonita e harmoniosa. Segundo ele, a moda das franjas pode voltar a qualquer momento, por isso é sempre bom estar atento a elas. O parisiense, no entanto, rejeita a moda das super curtas. “São realmente feias, fazem as mulheres parecerem crianças desastradas com uma tesoura na mão”.

perfect-bangs-for-round-face-shapeFRANJA QUADRADA, ABERTA NO MEIO E MAIS LONGA NAS PONTAS
O modelo de corte ideal tem inspiração em Brigitte Bardot

O cabelo das francesas
O que querem as francesas? Segundo David, elas querem o que todas nós queremos: umas boas ondas e aquele visual “acordei assim”, em que não se usa escova e sim as mãos para arrumar o cabelo. Ele explica ainda algo sobre a personalidade das mulheres francesas que muitas de nós, do lado de cá do mundo, também compartilhamos: “Elas querem parecer que nem se importam com o cabelo e jamais podem ter um look que denuncie que ficaram cinco horas no salão”.

+BELEZA: Cabeleireiro das estrelas diz o que fazer antes de dormir para acordar com o cabelo perfeito

É o caso da última paixão de Mallett, cujo cabelo está sendo adorado e imitado no mundo todo, a atriz francesa Léa Seydoux. Da adolescente de cabelo azul que interpretou em Azul é a Cor mais Quente, Léa tornou-se a deslumbrante bond girl de 007 Contra Spectre, exibindo um louro de diva. O cabelo cheio de volume e balanço, reluzindo um louro platinado, porém natural, que exibiu no red carpet de Cannes a elevou a musa incontestável – graças ao trabalho da equipe de David. Sobre o visual de Léa, ele diz que “não é uma coloração louca ou um corte bobo; é estiloso e sensível, como ela”.

Compartilhar
mariana

mariana

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é sócia-diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

4 Comentários

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Faz cara de palestrante, Mariana! 😂😂 Repost from @assessoriafotografica Mariana Kalil durante  a #fbv17 – Feira Brasileira do Varejo
  • Vamos colocar as garras de fora ou descascar um abacaxi?
  • Muito honrada de ser case desta super profissional! ♥️Repost from @lubemfica @ Pessoas se identificam com... pessoas! E é por isso que humanizar a marca pessoal é uma estratégia poderosa: vida real faz sucesso. ✔️ Te convido a ler este texto no blog: www.lucianebemfica.com ✔️Este é um dos temas da aula de Personal Branding na Prática, dia 23/8, em Porto Alegre, no @padrechagascoworking. ✔️ Inscrições no link que está na minha bio.
  • Azul claro pra clarear as ideias! #segundafeira
  • Olivia ♥️
  • Ele é capa de revista! Parabéns @carloseduardosperotto! Sou testemunha diária da tua máxima dedicação à terra! Prêmio merecido! #gentedocampo #dalechiquinho #peludinhosorgulhososdopai 🔝🔝🔝