Comer sorvete no café da manhã deixa a gente mais inteligente, diz estudo. Nham Nham!

Este é aquele tipo de notícia que nos faz ler três vezes o título e ainda ficar achando que não entendeu direito. Pois tem embasamento científico: comer sorvete de manhã cedo, na hora do café, pode nos tornar seres mais inteligentes. Será mesmo? Foi o que relatou uma pesquisa dirigida pelo professor de Psicofisiologia da Universidade de Tóquio, Yoshihiko Koga. Ele comprovou que as pessoas que consomem sorvete na primeira hora do dia adquirem tempo de reação e processamento da informação maior do que aqueles que preferem o tradicional passadinho com pão.

Nas análises clínicas feitas pelo cientista japonês observou-se dois grupos de voluntários – aquele formado por pessoas que comiam três colheres de sorvete ao levantar e o outro com pessoas que não comiam o doce. Comparou-se, então, o comportamento dos dois grupos diante de diferentes desafios cerebrais e lógicos para chegar a uma conclusão – e ela foi clara e cristalina feito água: consumir sorvete no café da manhã melhora a atividade cerebral.

sorvete-capa3SORVETE NO CAFÉ DA MANHÃ: ATIVIDADE CEREBRAL A MILHÃO

A fim de evitar críticas de nutricionistas, que defendem que o simples ato de comer de manhã já contribui para que o organismo obtenha os níveis de glicose exigido para o cérebro funcionar, a equipe de Koga também analisou se o mesmo efeito alcançado com o sorvete adquire-se com a água fria. Observou-se que se produz algo similar no organismo, mas em menor nível.

+MARI KALIL: É um bombom? É um sorvete? É um bombom de sorvete!

Uma segunda etapa da pesquisa ainda está em andamento para concluir em definitivo se o fato de consumir alimentos gelados com nível de açúcar razoável logo de manhã cedo seria o segredo para melhorar nossa capacidade de inteligência e raciocínio. Enquanto a resposta não vem, #ficaadica para quem se permitir sem culpa um sorvetinho de manhã, que tal? Só boca pequena na frente da criançada!!

Compartilhar
mariana kalil

mariana kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram has returned invalid data.