Volta às aulas! O que evitar e como preparar uma lancheira saudável

Escolher alimentos nutritivos costuma ser o objetivo da maior parte das mães, pais e responsáveis ao preparar a lancheira para os filhos levarem à escola. Afinal, é preciso incentivar a garotada a se alimentar bem e de forma balanceada. Além disso, as crianças gastam bastante energia na escola, por isso é fundamental que a alimentação na hora do intervalo seja adequada – nutritiva, energética e saborosa. Explica a nutricionista Melina Aniquini:

– É importante que as crianças se alimentem bem entre as refeições, caso contrário podem perder apresentar fraqueza ou cansaço. Recomenda-se incluir nos lanches todos os grupos alimentares e evitar alimentos ricos em gordura trans ou com baixo valor nutricional. É interessante montar lanchinhos com ingredientes saudáveis, como o peito de peru, a ricota e o frango desfiado, que podem ser acompanhados de alface, rúcula, tomate, cenoura, entre outros vegetais. O lanche também deve ser acompanhado de uma fruta fresca e higienizada

Confira os 5 “vilões” que você deve evitar na lancheira dos seus filhos:

croqCarneBSALGADOS FRITOS

Esse tipo de alimento não é recomendado para a lancheira, pois além de ter alto teor calórico e gorduroso, deteriora-se facilmente. Ou seja, seu filho ingerirá uma grande quantidade de gordura, sem quantidade significativa de nutrientes e vitaminas – e como é um alimento que será consumido dali a algumas horas, há risco de não estar em condições adequadas de conservação.

G8TSUCOS DE CAIXINHA

Ao contrário do que alguns mães e pais acreditam, os sucos de caixinha não são uma escolha saudável, pois geralmente contêm grande quantidade de conservantes e açúcar. Em média, cada 200 ml de suco artificial equivale a 2 colheres cheias de açúcar! Por isso, o melhor é optar pelos sucos naturais, como os de laranja ou limão.

sandwich-salamiLANCHES EMBUTIDOS

Também devem ser evitados sanduíches com recheios como salsicha, salame e presunto nos lanches da escola, por conterem alto teor de gordura e sódio. O ideal é optar por ingredientes menos gordurosos e com menor valor calórico, como peito de peru, omelete e queijo branco. Você pode rechear o sanduíche com esses ingredientes, além de folhas como alface, rúcula ou agrião.

Bag Potatoe chips, KartoffelchipsSALGADINHOS DE SAQUINHO

São produtos geralmente ricos em gorduras saturadas, sódio, açúcar, corantes e conservantes químicos, e pobres em vitaminas e minerais, com nenhum valor nutritivo e muitas calorias “vazias”. Além disso, podem causar problemas de saúde no futuro, como obesidade, colesterol alto, hipertensão.

bolo1BOLINHOS INDUSTRIALIZADOS COM RECHEIOS ARTIFICIAIS

Também devem ficar de fora da lancheira, pois contêm alto índice de gorduras e ingredientes artificiais. Ou seja, são pouco saudáveis e nada nutritivos. Além disso, comer doce na hora do recreio geralmente não mata tanto a fome como ingerir um alimento salgado. Por isso, não há vantagem alguma de inclui-los nos lanchinhos.

MARI KALIL: Ideias de lanches para os pimpolhos na praia? Tia Mari tem todas!

Lanche de criança requer criatividade para não cair na mesmice. Criança também requer um cardápio que proporcione energia. Então, ensina a nutricionista, o ideal é optar por uma lancheira que contemple um sanduíche feito com fatias de pão integral ou de leite e recheá-lo com creme de ricota ou blanquet de peru. Para variar, ela sugere acrescentar alface, tomate, cenoura ralada e queijo branco enrolados no pão sírio.

MARI KALIL: A tortinha de maçã natureba que substitui a barrinha de cereal

Sucos naturais e integrais ou água de coco também são excelente alternativa de bebidas. Para que o lanche fique completo, acrescente uma fruta – maçã, banana, pêssego, uva… O que a criança mais gostar. E lembre-se: as melhores receitas sempre são aquelas feitas em casa com produtos que a gente conhece a procedência.

Compartilhar
mariana kalil

mariana kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Meus três filhos lindos e exibidos na Banca 14 da @feiradolivropoa ♥️ Neste último fim de semana, estão com descontão, avisa a @luthome e a @dublinense 😱
  • Sempre fui uma moça séria 😜 #fotodeportaretrato #estanciadonagenoveva #bage
  • Sanduiche de sorvete com #stroopwafel devorado em... Acho que cinco dentadas! 😜 Onde? Como? Quando? Por que? Conto em detalhes no meu blog no site MK! #www.marianakalil.com.br
  • Um feriado feliz ♥️🐶♥️ #casadaalemoa #diadepiscina
  • Abrindo os trabalhos do feriado! Banana + mirtilo + água de coco + canela + gengibre! 🙌🏻♥️🙏🏻 #vitaminados 💪🏻
  • Humildes, humanos, generosos, apaixonantes. Não são quem são por acaso. Obrigada, @coldplay por uma noite que já está eternizada no ♥️ #coldplay #coldplayportoalegre #voltesempre