Bons modos à mesa: como usar garfo e faca de maneira correta

Tenho certa adoração por assuntos de etiqueta. Não por acaso, criei a categoria Etiqueta no blog. Sempre que posso, me vejo lendo e estudando mais sobre o assunto. Eu acredito que elegância começa e termina com educação e conhecimento sobre boas maneiras e não com a roupa fashion e a bolsa da hora, se é que me entendem. Por isso, prefiro sempre estar com minha camisetinha básica e meu jeans, mas sabendo me comportar em sociedade.

:As flores ideais para cada aniversário de casamento:Como e quando visitar um bebê recém nascido

A etiqueta que me interessa é a contemporânea, pois o mundo mudou e os hábitos também mudaram. Um dos assuntos de etiqueta que mais me atrai é em relação ao comportamento à mesa e à recepção dos convidados. Portanto, neste post, Mariana dará dicas de como você deve agir quando estiver sentado para apreciar as boas coisas da vida: seu almoço ou jantar. Seja ele em família ou com estranhos, afinal, boa educação não deve jamais ficar de fora das quatro paredes do nosso lar doce lar.

garfo-e-faca

GARFO E FACA
Sempre segure o garfo com a mão esquerda e corte os alimentos tendo a faca na mão direita. Minha adorada irmã é canhota e quis saber o que deveria fazer. Alô, canhotos: vocês estão liberados para usar a faca na mão esquerda!

screen-shot-2013-03-31-at-23-49-54TALHERES APOIADOS NO PRATO
Está tudo muito bem, a comida está maravilhosa, mas chega a hora de descansar um pouco os talheres para bater papo, afinal de contas todo mundo se reúne à volta da mesa para comer, beber e conversar. Nesse momento, os talheres devem apoiados no prato na posição 7h20min do relógio, como mostra a ilustração. A boa etiqueta manda não apoiar os cabos dos talheres na mesa depois que estiverem sendo usados. Portanto, nada de metade do talher dentro do prato e metade (os cabos) apoiados na mesa, ok?

woman-yelling-istock-de20E QUANDO TERMINAR A REFEIÇÃO, MARIANA?

Neste caso, a coisa muda um pouco de figura. Há duas formas de acomodar os talheres sinalizando que a refeição está terminada.

Olha!

MESA3FOTO DA ESQUERDA: é a opção mais elegante: faca e garfo paralelos com os cabos voltados para você e apoiados na borda do prato.

FOTO DA DIREITA: é a opção mais usada: garfo e faca alinhados à direita do prato. Detalhe importante: em ambas as opções reparem que o corte da faca fica sempre virado para dentro.

faca3CORTANDO O ALIMENTO
Este é um erro muito comum: segurar a faca enconstando o dedo indicador na lâmina. Horrível de ver, vai dizer? Deve-se segurar a faca com o dedo indicador apoiado sobre o seu cabo – mas NUNCA em cima da lâmina.

bento1COMO É BOM SER UM ANIMAL

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻