Cápsula que inibe a vontade de beber álcool já é realidade

Um grama de álcool tem mais calorias do que um grama de açúcar. Isso não é piada, isso é verdade e eu quase caí pra trás da cadeira do consultório da minha endocrino quando ela me veio com essa. Por que ela me veio com essa? Porque garantiu que se eu não eliminasse meus cálices de vinho à noite, durante a semana, não emagreceria.

mulher-gleeNÃO ELIMINO E NÃO ELIMINAREI

Percebendo a forma enfática como reagi, só restou à minha querida e compreensiva endocrino, então, dizer que tiraria meu carboidrato da dieta.
– Quer beber à noite? – ela certificou-se. – Então está cortado teu carboidrato.
– Pode cortar – respondi.

mulher chorandoPODE CORTAR

O assunto que trago à tona a seguir cisca no assunto bebida, mas obviamente deverá ser usado mais por dependentes químicos – o que não é o meu caso, fique claro. Manchete: “Inglaterra deve liberar pílula que diminui vontade de beber”.

chocada61HÃ!?

Exatamente. Depois dos inibidores de apetite, parece que chegou a hora dos inibidores de álcool. A cápsula deve ser tomada quando o paciente sentir necessidade de ingerir álcool e as pesquisas feitas até agora apontam que o tratamento reduz o consumo de bebida em 61%

mulher-questionando1-202x300EXPLICA MELHOR COMO FUNCIONA, MARIANA!

O comprimido bloqueia a região do cérebro responsável por dar a sensação de prazer ao ingerir álcool. Ou seja, esse tratamento é diferente dos disponíveis atualmente porque ajuda o paciente a beber menos, e não a cortar o álcool completamente.

woman-thinkingHUUUMM…

Então, pensando melhor agora, pensando como leiga, que fique claro, talvez não seja o caso de indicá-lo para dependentes químicos, uma vez que dependentes precisam cortar o álcool todo de uma vez.  Ou não? Não sei. Não sou dependente para saber.

bento1ISSO É O QUE ELA PENSA

Adoro a ironia do animal. Depois que escapou de ter as bolas arrancadas então… Anda ainda mais afiadíssimo. Sobre o remédio: o jornal The Guardian publicou hoje uma notícia dizendo que o medicamento foi liberado pelo Instituto Nacional para Saúde e Cuidados de Excelência da Grã-Bretanha.

De acordo com o órgão, pesquisas mostraram que a pílula, chamada nalmefene, diminui o consumo de álcool em 61% ao longo de seis meses de uso.

: Cachaça Fashion é a bebida da vez
: Barriga de vinho
:Vale dos Vinhedos: promessa cumprida

Para que a aprovação da cápsula seja concluída, o Nice precisa divulgar as orientações completas do tratamento, o que deverá acontecer no próximo mês. Sabe-se até agora que a pílula é indicada a homens que consomem pelo menos 7,5 doses de álcool por dia (o equivalente a dois terços de uma garrafa de vinho, por exemplo) e a mulheres que bebem no mínimo cinco doses diárias.

bento1QUANTAS TU BEBEU ONTEM ASSISTINDO AO DEBATE?

enxaqueca9ALGUMAS

Estima-se que cada pílula custará 3 libras, ou cerca de R$ 12.  Especialistas preveem que até 600 000 pessoas possam ser beneficiadas pela nalmefene e que o tratamento será capaz de salvar 1 854 vidas ao longo de cinco anos, além de prevenir 43 074 casos de doenças associadas ao consumo de álcool na Inglaterra e País de Gales.

woman-question19QUANDO CHEGA AO BRASIL, MARIANA?

Não faço ideia. Tudo o que sei é o que escrevi. Agora com licença, pois me aproximo do final do expediente e já vislumbro uma jantinha especial de sexta-feira: uma deliciosa massa encomendada do Atelier de Massas (AMO o talharim com camarão de lá!) acompanhada de um delicioso Casa Silva Cabernet Sauvignon.

woman-yelling-istock-de22ÁLCOOL E CARBOIDRATO, MARIANA?

É como diz minha camiseta, querida!

ll

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.