Chivito Canadense al Plato, a banana split dos chivitos! Nham Nham!

Neste terceiro dia de 2016, tenho a comunicar que estou firme e forte em meu propósito de mais exercício aeróbico em minha vida. Chico e eu estamos sendo quase condecorados corredores da península. Todo fim de tarde, somos vistos fazendo nosso treino que consiste em 6 minutos de caminhada firme + 9 minutos corrida + 3 min. de caminhada firme + 9 min. de corrida + 3min. de caminhada firme + 9 min. de corrida + 3 min de caminhada firme + 2 minutos de caminhada final. Isto resulta em 44 minutos de aeróbico.

mulher-questionando1-202x300-336x499POR QUE NÃO 45 MINUTOS, MARIANA?

Por que sempre tem que existir uma mala invasora de blog para questionar minhas estratégias e filosofias e posições, me digam? Quarenta e quatro minutos porque eu decidi quarenta e quatro. Porque as pernas são minhas, o treino é meu, o fôlego é meu e eu quero fazer um treino de 44 minutos, posso? Ou será que até sobre um minuto a mais ou minuto a menos vou precisar dar satisfação no blog que também é meu?

bento1124QUARENTA E QUATRO É A PRÓXIMA IDADE DELA

Isso é uma coincidência. Não escolhi um treino de 44 minutos porque quero chegar aos 44 anos mais em forma. Bento gosta de inventar modismos. Milanesas na praia, por exemplo. Este é o modismo de 2016 do animal. Não pode pisar na areia que exige as tais milanesas. Ontem, fomos para a Parada 31 da Praia Mansa – uma das praias com parador de que mais gosto. Reparem, por favor, no estado de nirvana do animal na areia.

BENTO NA PRAIABIGODES AO VENTO

Assim ele fica até abrir o apetite. Então, é dado início a uma gritaria sem fim até conseguir o que quer. Papaqui, que de boba não tem nada, não grita para não passar por chata. Mas fica parada ao lado do animal dando um apoio silencioso a tudo o que ele inventa. No primeiro dia do ano, ficaram de mal comigo. Explico: passamos a virada juntos. No meio da explosão de fogos de artifício, corremos todos para o sofá, pois o trio maravilha tremia de medo.

Olha!

ano novoOI, GALERA!
Bento, este Xerife valente, foi o primeiro a pedir arrego no colo. Então, peguei o animal e sentei no sofá para que ficasse calmo. Logo, Papaqui pulou para pedir proteção do outro lado. De repente, Olivia surgiu feito um Louro José, e pulou no encosto do sofá. Então, não pude deixar de pedir para o Chico registrar essa foto da chegada de 2016 com todos eles na volta!

Ficamos em casa até umas 3h da manhã. Então, papi e mami foram dormir, e Chico e eu resolvemos ir a uma festa no bosque para a qual havíamos sido convidados pela Ju e pelo Leo. Lá ficamos até umas 6h da manhã. Então, como se eu não tivesse comido paella de ceia, me abriu um rombo no estômago. Um apetite insaciável. Não era um apetite qualquer. Era um apetite animalesco.

– Vamos comer um chivito! – falei.
E fomos para o Il Mondo de la Pizza, o endereço na Gorlero para onde todos se dirigem em final de festa com apetites animalescos.

MONDOEU ERA A MAIS ANIMALESCA, COMO DÁ PRA PERCEBER

Como Chico estava sem óculos, me pediu para escolher o chivito. Eu não pedi para escolher, que fique claro. Fui demandada para esta missão. Como fui demandada para esta missão, achei justo pedir o chivito mais de acordo com meu apetite animalesco. Então, escolhi a banana split dos chivitos, aquele que é o maior de todos, aquele a que todos temem. Pensei comigo: “Quem tem medo de um chivito canadense completo al plato?”. E concluí que não poderia iniciar 2016 sem coragem – coragem sobretudo para derrubar um chivito canadense completo al plato, a banana split de todos os chivitos.

A ceia, a voz, Nigella, o Xerife, a milanesa na praia y otras cositas más

Guto, Chico e eu estávamos de costas para a cozinha e para a chegada dos garçons. Conversávamos animadamente com Leo e Ju quando os olhos de Leo desviaram-se de nós e pararam estaqueados, arregalados, esbugalhados.

– Não quero dizer nada, mas vocês não acreditam no prato que vem vindo em nossa direção. Acho que é o chivito de vocês – comentou.
– Sério? – apavorou-se o Chico. – É muito grande? – quis saber.
– Se é muito grande?

O garçom aproximou-se antes que desse tempo de Leo continuar a pensar em como explicar ao Chico, o marido que acompanha Mariana em suas corridas diárias rumo à boa forma, quais seria os adjetivos mais apropriados para explicar a aberração de sua escolha.

– Chivito canadense al plato para dos?! – perguntou o garçom, com a banana split dos chivitos em punho.
– Aqui! – respondi satisfeita da vida.
Então, ele depositou o coquetel molotov diante de nós.

Olha!

CHIVITOOOOOOOOOOHHHHHHHHHH!!!!!!!

03-por-ai-mulher-gritando513NÃO É SENSACIONAL??!

– Mas o que é isso, Mariana??? – perguntou abobalhado o Chico.
– Chivito canadense al plato para dos! – respondi, feliz da vida.
– Mas para que pedir um troço deste tamanho?
– Mas não é grande para dois! Nem tem pão! – respondi.

Olha de novo!

CHIVITONÃO TEM NEM PÃO!!!
Atenção à composição do prato: por baixo, onde mal se vê, há uma maionese de batata russa (com direito à ervilha). Por cima da maionese de batata, batatas fritas. Depois, na ordem, carne, bacon, dois ovos fritos e um abacaxi coroando o prato

chivitoal platoOH, YEAH!
Quem tem medo de lobo mau, lobo mau, lobo mau?

Perguntem o que sobrou? Hein, hein, hein? A rodela de abacaxi e duas ervilhas. Perguntem se Chico questionou minha escolha depois? Hein, hein, hein? Me deu razão, claro!

feliz1HE HE HE

manaBENTO FICOU DOS INDIGNADOS

bento1121É MUITO EGOÍSMO

feliz1HE HE HE

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

2 Comentários

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Aqui, no entanto, nós não olhamos para trás por muito tempo. Nós continuamos seguindo em frente, abrindo novas portas e fazendo coisas novas. Porque somos curiosos - e a curiosidade continua nos conduzindo por novos caminhos. Siga em frente”. (Walt Disney)
  • Quem me conhece de toda uma vida sabe que palavrão é algo que não sai da minha boca de lady. Mas, né? Vamos combinar! 😂😂😂 #humor #bepositive
  • Baba, mami e meu bolinho de aniversário de 1 ano. Sempre com a certeza de ainda muitos e muitos outros de vida. ✨ Londres, 19/12/1973. #tbt❤️
  • Meu pai, meu norte, minha serenidade, minha calmaria, meu aconchego, meu alicerce, minha certeza, minha paz, minha alma. Meu baba, minha estrutura, minha vida. ❤️
  • À sombra dos Trompetes dos Anjos. #angelstrumpet #gettygarden #gettymuseum
  • Sob a luz do entardecer no Píer de Santa Monica, a confiança de que está tudo em seu devido lugar. ✨ #sunshine #vibration #california #bepositive