Chola Guapa Restobar: o novo restaurante peruano do Bom Fim

A culinária peruana está em alta e Porto Alegre – vide o sucesso do Muju Restobar. Pois na esteira dessa nova onda culinária, acaba de ser inaugurado no bairro Bom Fim, em Porto Alegre o Chola Guapa Restobar com foco na comida típica peruana. De acordo com o proprietário do empreendimento, Horacio Icochea Villacorta, natural de Lima, capital do país, a intenção é oferecer ao público a experiência de degustar pratos servidos no dia a dia da população local.

– Elaboramos a comida tradicional peruana, muito saborosa e com preço acessível – diz ele, que tem na cozinha uma equipe de cozinheiros peruanos para legitimar os pratos servidos no restaurante.

O Chola Guapa (a expressão representa a beleza da mulher dos países andinos, através da mistura da raça espanhola e ameríndia) tem diferenciais como os assados preparados na brasa, com destaque para os pratos Pollo a Parrilla (frango servido com batata frita e salada) e o Anticucho (espetinho de coração de boi acompanhado com batata e milho cozido), além dos clássicos Ceviche, Lomo Saltado, Arroz Chaufa, Arroz con Mariscos, entre outros. Também há opções de pratos para os vegetarianos.

Chola GuapaAMBIENTE INTERNO DO CHOLA GUAPA

Todas as refeições acompanham molhos saborosos do país da América do Sul. O Chola Guapa abre para o almoço de terça a sábado, das 12h às 15h, e domingo entre 12h e 16h. Já o jantar é servido de terça a quinta entre 19h e 21h e de sexta a sábado entre 19h e 22h.

– Adaptamos os ingredientes picantes da culinária peruana para o paladar do gaúcho, com os temperos típicos do Peru, considerados um dos melhores do mundo – comenta o proprietário.

chola lomo saltadoLOMO SALTADO

chola cevicheCEVICHE

chola arroz chaufaARROZ CHAUFA

A expansão da gastronomia peruana é crescente e se comprova através de premiações em diferentes países. Entre 2012 e 2105, o Peru foi eleito como o melhor destino culinário do mundo pelo site World Travel Awards. O motivo deste reconhecimento é o aumento no número de restaurantes peruanos espalhados pelos cinco continentes.

Chola Guapa Restobar
Rua General João Telles, 294, Bom Fim
Tel. 51.3072-0002
cholaguapa.com.br
holaquetal@cholaguapa.com.br
fb.com/cholaguapa

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Meu pai, meu norte, minha serenidade, minha calmaria, meu aconchego, meu alicerce, minha certeza, minha paz, minha alma. Meu baba, minha estrutura, minha vida. ❤️
  • À sombra dos Trompetes dos Anjos. #angelstrumpet #gettygarden #gettymuseum
  • Sob a luz do entardecer no Píer de Santa Monica, a confiança de que está tudo em seu devido lugar. ✨ #sunshine #vibration #california #bepositive
  • Foco, força, fé e meus dois anjos da guarda. #baba #mami #bepositive
  • No ventre de uma mãe, havia dois bebês. 
Um perguntou ao outro: “Você acredita em vida após o parto?" O outro respondeu: “É claro! Tem que haver algo após o parto. Talvez nós estejamos aqui para nos preparar para o que virá mais tarde. “Bobagem", disse o primeiro. “Que tipo de vida seria esta?". O segundo disse: “Eu não sei, mas haverá mais luz do que aqui. Talvez nós poderemos andar com as nossas próprias pernas e comer com nossas bocas. Talvez teremos outros sentidos que não podemos entender agora." O primeiro retrucou: “Isto é um absurdo. O cordão umbilical nos fornece nutrição e tudo o mais de que precisamos. O cordão umbilical é muito curto. A vida após o parto está fora de cogitação." O segundo insistiu: “Bem, eu acho que há alguma coisa e talvez seja diferente do que é aqui. Talvez a gente não vá mais precisar deste tubo físico". O primeiro contestou: “Bobagem! E além disso, se há realmente vida após o parto, então, por que ninguém jamais voltou de lá?". “Bem, eu não sei", disse o segundo, “mas certamente vamos encontrar a Mamãe e ela vai cuidar de nós." O primeiro respondeu: “Mamãe? Você realmente acredita em Mamãe? Isto é ridículo. Se a Mamãe existe, então, onde ela está agora?" O segundo disse: “Ela está ao nosso redor. Estamos cercados por ela. Nós somos dela. É nela que vivemos. Sem ela este mundo não seria e não poderia existir." Disse o primeiro: “Bem, eu não posso vê-la. Então, é lógico que ela não existe." Ao que o segundo respondeu: “Às vezes, quando você está em silêncio, se você se concentrar e realmente ouvir, poderá perceber a presença dela e ouvir sua voz amorosa".
✨✨✨
Esta foi a forma com a qual um escritor húngaro explicou a existência de Deus. #amordemae #mamieeu
  • Às vezes, @chico_sperotto consegue me pegar no flagra. #meditandonarede 🙌🏻