Fashion Revolution Week: hora de discutir a forma como consumimos moda. Vamos lá?!

Quem produz as roupas que você compra nas lojas? Como esta peça foi parar lá? Você olha a etiqueta das roupas? Sabe qual é a procedência? Poucas pessoas têm este hábito, mas, devagar e sempre, a cultura do consumismo automático começa a mudar – e é para fomentar esta conscientização no mundo inteiro que foi lançada a Fashion Revolution Week.

Na próxima segunda-feira, 24 de abril, a Fashion Revolution Week toma conta das principais capitais do Brasil e do mundo oferecendo uma semana cheia de eventos com único e firme propósito: amplificar esse questionamento sobre como consumimos moda.

Criada por Orsola de Castro e Carry Somers, essa revolução começou online, impulsionada pela catástrofe do Rana Plaza, um complexo de prédios em Bangladesh que abrigava uma série de trabalhadores do setor têxtil, e que desabou em 2013 matando mais de 1.134 pessoas e deixando outras 2.500 seriamente feridas. As vítimas da tragédia eram mantidas em condições análogas à escravidão e estavam ligadas a confecções de marcas globais.

fashionrevolutioniva1FASHION REVOLUTION WEEK: ATENÇÃO PARA O CONSUMO CONSCIENTE

Explica Orsola de Castro para a revista Dazed:

– Nós estamos vendo uma nova cultura na moda que instiga esse consumismo enorme, e uma geração que está desinteressada em passar tempo fazendo qualquer coisa. Então nós temos o fast fashion: compras rápidas, descartes rápidos. Nós precisamos encorajar uma conexão entre as pessoas que fazem as nossas roupas e uma mudança na forma como nós compramos. Como resultado, podemos diminuir o ritmo do monstro e começar a apreciar a moda pelo que ela realmente , uma indústria maravilhosa e com um potencial de liderança.

photogridOLHO NA ETIQUETA: VOCÊ REPARA NA PROCEDÊNCIA DAS PEÇAS QUE CONSOME?

Nesta segunda-feira cedinho, a convite da Rala Bela, viajo a Bom Príncípio para participar de um evento ligado ao Fashion Revolution Week. A marca gaúcha, que é referência em moda fitness, decidiu abrir sua fábrica e dividir sua experiência de mais de 25 anos no mercado com os alunos dos cursos de moda e design das faculdades ESPM, de Porto Alegre, e UCS, de Caxias do Sul. Diz Marinês Luft, diretora da empresa, a respeito desta linda iniciativa:

– Ao abrir as portas de nossa fábrica e mostrar todo nosso processo produtivo, a Rala Bela está contribuindo para tornar a indústria da moda um cenário cada vez mais transparente e ético. Nossa ideia é mostrar aos universitários os nomes e histórias que estão por trás da nossa cadeia de produção, as pessoas que colocam a mão na massa e fazem a Rala Bela acontecer.

rala-belaRALA BELA: CAMPANHA ENGAJADA NO FASHION REVOLUTION WEEK
Presente no mercado de moda desde 1992, a marca de Bom Princípio valoriza a mão de obra local e possui produção 100% gaúcha. Em suas duas unidades fabris, emprega mais de 100 colaboradores

Mais de 185 mil peças são produzidas por ano pela Rala Bela e quem quiser acompanhar a minha visita à fábrica junto com os estudantes, basta acessar meu Instagram Stories: @mari_kalil. Para ficar por dentro da programação completa do Fashion Revolution Week em cinco capitais do Brasil, acesse os links abaixo!

Porto Alegre: https://www.facebook.com/events/303306080089489/
São Paulo: https://www.facebook.com/events/1658189644485086/
Rio de Janeiro: https://www.facebook.com/events/430635293947514/
Salvador: https://www.facebook.com/events/1680870678884348/
Belo Horizonte: https://www.facebook.com/events/410679179315255/

 

Compartilhar
mariana

mariana

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é sócia-diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Entradinha de atum com gema de ovo de codorna, ovas e molho shoyo. Recomendo! #melhorjaponesdomundo
  • Muitos cachorros e gatos, muito amor envolvido! Dá uma espiada no que vai rolar domingo 25.6 no @iguatemipoa. Sim, estaremos lá e muuuito bem acompanhados da @mairafranz e sua #matilhafranzfabbrin e da @ro_marchetti com seus gatos amados! Vamos? Vamos, Mari!! A cachorrada é mais que bem-vinda! 🐶♥️🐶 #bento #papaqui #lovepets
  • A bandeja voltou a ficar florida! #suculentas
  • Moletom do dia ☃️☃️☃️
  • Alguém lavou os bigodes na água de coco 🐶 #domingonoparque #bento #xerife
  • Em ótima companhia 🐶 #estanciadonagenoveva #bagé #soufelizaqui #bento