Conheça os tipos de insônia e as maneiras de se ver livre deste mal

Existem vários fatores que causam a insônia: uso de medicamentos, depressão, ansiedade e mais de 85 doenças que podem provocar essa ausência ou má qualidade do sono. Uma coisa é fato: quem não dorme bem vai acordar cansado e indisposto. Além disso, outras consequências com graves prejuízos ocorrem, como irritabilidade, dificuldades de concentração e de memória, ansiedade e sintomas depressivos

O médico psiquiatra Daniel Sócrates explica que insônia pode ser dividida em duas categorias: a aguda e a crônica. A aguda é causada por situações súbitas e pontuais. Como algo que possa ter acontecido que não foi legal, perda de alguém querido, separação conjugal, problemas no trabalho, entre outros.

– Nesses casos, o tratamento deve ser o mais precoce possível, porque a resposta, na maioria dos casos, é rápida e satisfatória – garante.

insonia-é

Já a insônia crônica persiste por períodos mais longos e pode estar relacionada a outras doenças. Insônias podem ser divididas em três tipos:

Insônia inicial
Dificuldade de iniciar o sono.
Insônia de sustentação
Dificuldade de manter o sono contínuo a noite toda, perda do sono no meio da noite e impossibilidade ou dificuldade de voltar a dormir.
Insônia terminal
Despertar precoce, onde não se consegue também retornar ao sono.

Sócrates alerta que para todas elas o tratamento medicamentoso (indutores do sono ou antidepressivos em pequenas doses) é a última alternativa, apesar de necessária em muitos casos. Outras alternativas ao tratamento medicamentoso incluem higiene adequada do sono, psicoterapia e técnicas de relaxamento.

insonia

O médico psiquiatra deixou algumas dicas para o site MK para ajudar a combater fatores que possa estar interferindo nas noites de sono. Espia só:

Pratique atividade física
Exercite-se e permaneça ativo. Atividade física ajuda a promover uma boa noite de sono desde que seja praticada em horário apropriado, nunca no período próximo à hora de dormir.

Verifique seus medicamentos e alimentação
Alguns remédios podem contribuir para a insônia assim como produtos que contêm cafeína, álcool ou outros estimulantes. Antes de dormir evite chá preto, café, refrigerantes de cola e chocolate seis horas antes de deitar.

+MARI KALIL: Os cinco benefícios de dormir do lado esquerdo do corpo

Regule o sono
Evite cochilos durante o dia. As sonecas distribuídas ao longo do dia podem dificultar na hora de adormecer à noite. Se for tirar um cochilo, certifique-se de este não passará de aproximadamente 30 minutos e não ocorrerá após as três horas da tarde. Regularize também o seu relógio biológico, estabeleça um horário fixo para dormir e acordar preocupando-se sempre na quantidade de horas dormidas.

insonia3

Na hora de dormir
Evite televisão no quarto, usar computadores, videogames, smartphones ou outras telas antes de dormir, pois a luz pode interferir no ciclo de sono. Feche a porta, apague as luzes, mantenha a temperatura agradável e deite-se confortavelmente. Encontre uma temperatura ambiente confortável para o sono e mantenha o quarto bem ventilado, livre de ruídos e o mais escuro possível.

Afaste o estresse ou depressão
A preocupação excessiva com os problemas do trabalho, da família e até mesmo da saúde deixa o organismo em estado de alerta permanente. Essa condição provoca a liberação de corticoide e adrenalina, e então o corpo não consegue relaxar. Já a depressão provoca um desequilíbrio químico cerebral.

Fonte: Daniel Sócrates
Graduado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU – Uberlândia/MG) em 2005, residência médica em psiquiatria pela Fundação Hospitalar de Minas Gerais (FHEMIG – Belo Horizonte/MG) em 2007, especialista em Dependência Química pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP – São Paulo/SP) em 2008, doutor em Psiquiatria pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP – São Paulo/SP) e Membro da Câmara Técnica de Psiquiatria do Conselho Regional de Medicina (CREMESP – São Paulo/SP). www.drdanielsocrates.com.br

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻