Corre! Filmes de Guy Bourdin em POA!

Notícia quentinha, exclusiva e tudo de boa em pleno feriado. Interessa? Pois escuta só: não tem nada de Revolução Farroupilha. Trata-se de uma mostra inédita de Guy Bordin que desembarca por aqui na próxima semana.

A Coordenação de Cinema, Vídeo e Fotografia da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre inaugura às às 19h30 da próxima segunda, na Galeria Lunara, na Usina do Gasômetro, a mostra Cinefilms de Guy Bourdin, que exibe pela primeira vez no Brasil os experimentos cinematográficos do grande fotógrafo francês, discípulo de Man Ray, que se tornou conhecido pelos elaborados editoriais para revistas de moda inspirados na estética surrealista.

Morto em 1991, Bourdin permaneceu em relativo ostracismo por cerca de duas décadas. Devido a questões judiciais envolvendo o seu espólio, apenas recentemente a sua obra voltou a circular, permitindo a descoberta de suas inúmeras facetas – além da fotografia, se dedicou à pintura, ao desenho e ao cinema.

Os filmes que fazem parte da mostra só foram vistos antes com exclusividade em Paris, há dois anos. São imagens em movimento capturadas em 8mm, Super 8mm e 16mm, entre as décadas de 1960 e 1980. A exposição Cinefilms de Guy Bourdin pode ser conferida até o dia 26 de outubro, de terças a domingos, das 9h às 21h.


Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

2 Comentários

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.