Aprenda a fazer o molho chimichurri, deliciosa companhia para churrasco e parrilla

O Chimichurri, carinhosamente conhecido como El Chimi, é um molho tradicional na Argentina e no Uruguai, usado principalmente para fazer parrilla. Pode ser usado tanto para marinar a carne antes de assá-la, para regá-la enquanto está sendo assada ou mesmo para temperar depois de pronta. É muito comum encontrar um recipiente de chimichurri em cima das pesas dos restaurantes especializados em parrilla para que as pessoas temperem seus pratos com El Chimi a seu bel prazer.

Trata-se de uma espécie de vinagrete picante que ganha cada vez mais adeptos no Brasil, sobretudo para acompanhar o tradicional churrasco. O chef Whashington Silveira, professor do Centro Europeu, uma das principais escolas de gastronomia do Brasil, preparou uma receita especial de chimichurri para o site MK. Vamos aprender?

maxresdefaultMOLHO CHIMICHURRI: COMPANHIA DELICIOSA PARA PARRILLA E CHURRASCO

Ingredientes

1 unidade de maço pequeno de salsinha
1 unidade de maço pequeno de cebolettE
1 unidade ramo de alecrim
2 unidades de ramo de tomilho
1 unidade de cebola roxa cortada
60g de pimentão vermelho em cubos
7g de orégano desidratado
60g de páprica defumada
4 dentes de alho
120 ml de vinagre de vinho tinto
100 ml de água morna
200 ml de azeite de oliva extra virgem
1 pimenta dedo de moça picada sem sementes (opcional)
2 folhas de louro
1 unidade de vidro de conserva para armazenar
Sal e pimenta a gosto (moída na hora)

Modo de preparo

Junte a água morna com o orégano e reserve. Com um pilão, moa o alho com um pouco de sal e azeite. Junte as ervas frescas e moa também. Junte o azeite pouco a pouco. Acrescente o orégano com a água, misture bem e tempere com o vinagre. Tempere também com a pimenta e a páprica.

Transfira o molho para um vidro de conserva, junte a cebola, a pimenta dedo de moça e o pimentão e misture. Decore o vidro com as folhas de louro. Guarde na geladeira e use em até 10 dias.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Quando um bolinho de bacalhau é um bolinho de bacalhau ♥️ #pampulhinha
  • Vamos dar uma dormidinha e já voltamos 😴🐶♥️ #domingonoparque
  • Quando a gente trabalha com o que ama! ♥️ Imagens: @carloseduardosperotto #porai #bandmulherrs
  • Primeiro fim de semana na Fazenda Tapera, da família do meu então novo namorado, @carloseduardosperotto. Primeiro mês de volta ao RS depois de largar o emprego no Rio porque tinha certeza de que Chiquinho seria meu futuro marido. E não é que acertei?!♥️ #7dejunho #2007 #tbt #quintafeiradoretorno
  • #desafioaceito #todoscontraocancerdemama #euapoioessacausa Vamos fazer uma corrente por esta causa? Então compartilha uma foto tua em preto e branco para demonstrar apoio à luta contra o câncer de mama. Não precisamos esperar outubro quando é nossa saúde que está em jogo. O câncer de mama tem chances altíssimas de ser curado quando descoberto em estágio inicial #cancerdemamatemcura #ligafemininadecombateaocancer #imama #voluntariaspelavida
  • Né?! #vidaquesegue