Salada Caprese: ingredientes, origem, histórias e a receita de dar água na boca

Tomate, mussarela de búfala, manjericão. Para temperar, sal, pimenta e azeite de oliva em abundância. Eis a Salada Caprese. Nada mais simples, nada mais delicioso. Um prato super conhecido pelo mundo, saudável, reinventado por diversos chefs e fácil de fazer em casa. Uma belezinha gastronômica. Agora, alguém teve a brilhante ideia de combinar esses ingredientes mágicos e inventar a salada. Quem foi? Onde foi?

Bom, pelo próprio nome da salada, já sabemos que ela vem da Itália, da região de Campania. Nesta região, tem um golfo, chamado Golfo de Nápolis e, lá, tem a Ilha de Capri – origem da Salada Caprese.

CAPRI9 mapa-golfo-de-napolesNO MAPA, O GOLFO DE NÁPOLES, ONDE ESTÁ LOCALIZADA A ILHA DE CAPRI

capri1(1)DIANTE DOS OLHOS, ESTE ROMÂNTICO CENÁRIO

A ilha de Capri é uma excelente produtora de todos os ingredientes necessários para fazer a Salada Caprese e “depois de comer a original, é impossível comer outra igual”.

caprese2SALADA CAPRESE: ELA TEM ATÉ AS CORES DA ITÁLIA!

Como tudo na Europa, a região de origem dos produtos é muito importante. A história, no entanto, que acompanha as origens tem muito valor. No caso da Salada Caprese, pelo menos três histórias foram encontradas sobre a sua invenção na Ilha de Capri. A primeira é que a salada já era feita na ilha e que, um certo dia, foi servida ao rei do Egito, Farouk. O rei, que estava em visita e não conhecia o prato, teria dado o nome de Caprese. A partir de então, a salada teria ficado popular – pela boca do rei.

+ PRI: Ceviche, uma expressão da cultura peruana para saborear e admirar

Outra possível origem para a Salada Caprese é a de um construtor de Capri, que havia criado a salada por gostar muito de comida com as cores da Itália (e não é que a Caprese é das cores da Itália mesmo!??!). A terceira história sobre a origem da Caprese é a única que tem registro histórico. Em 1924, a salada era parte de um menu de um hotel em Capri, assinado por um chef famoso na época.

CAPRI5 PIZZAPIZZA CAPRESE: VARIAÇÕES COM OS INGREDIENTES NÃO FALTAM

O mais provável é que já era uma salada de consumo dos habitantes da ilha antes de compor o menu do hotel, já que sempre existiram os ingredientes. Mas o menu assinado, certamente por um chef, em um hotel “de bacana”, pode ter dado visibilidade à salada.
Qual é a história verdadeira? É que a Salada Caprese é muito boa!

E eu adoraria comê-la em Capri…
Como fazer por aqui? Eis a receita clássica!

Ingredientes (serve 4 pessoas)
2-4 tomates grandes
1 punhado de manjericão
3 colheres (sopa) de azeite extravirgem
500 g de mussarela de búfala
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo
Corte a mussarela e o tomate em fatias. Separe as folhas de manjericão.
Numa travessa, faça camadas com os ingredientes na seguinte ordem: tomate, queijo e manjericão. Regue com azeite e tempere com sal e pimenta a gosto. Sirva a seguir.

Compartilhar
Priscilla Guimarães

Priscilla Guimarães

É analista cultural. Gosta de estudar os porquês da vida, o sentido das coisas. Se dedica a entender as formas de expressão e os significados da cultura. Hoje é sócia diretora na City - consultoria de pesquisa em comportamento humano que tem o propósito de trazer novas perspectivas sobre a sociedade para dentro das empresas. Também coordena a Clínica do Subterrâneo, workshops filosóficos organizados pela City, com o objetivo de trazer conhecimento das ciências humanas para as práticas empresariais. Ainda é sócia diretora na Comunidade Criativa, plataforma de co criação de produtos e serviços que une consumidores e marcas. É graduada em jornalismo e mestra em comunicação social. Já trabalhou com produção de TV, redação jornalística e publicitária, planejamento de comunicação e marketing. Foi professora de graduação e pós graduação. Morou em Paris. Faz psicanálise há 13 anos. Faz ballet e treinamento funcional. Pra relaxar, viaja, faz amigos e mergulho amador.

2 Comentários
  1. Mariana…
    Amo a Caprese… E, como tu, meu sonho é poder saboreá-la em Capri..
    Parabéns pelo teu texto sobre as possíveis histórias da origem da famosa salada… Um texto leve e super agradável… Se me permites, acrescentarei uma quarta versão… Capri deve seu nome à Idade Medieval, quando lá se encontravam, em abundância, as cabras montesas… Ouvi de um chef italiano, originário de Nápoles, que o nome da “mistura” se devia justamente porque, no composto original, o queijo de cabra ocupava o lugar da muzzarella… Isto preparado pelo povo local há muitos séculos atrás… A falta do queijo das cabras montesas, pela quase extinção da espécie na ilha, acabou nos levando à versão atual da salada… Pessoalmente, como apaixonado pela cozinha, tenho feito várias versões da Caprese… Muitas quentes, com uma boa rodela de berinjela… Outra com fatias finas de presunto de Parma… Outras com rodelas de abobrinha… E, finalmente, algumas mais ousadas, com finas fatias de peras… Trabalhar em torno da Caprese (mesmo que a original ainda seja a mais perfeita, sem dúvida), me encanta e inspira… Adoro este teu blog… Abraços… João Luiz Damasceno

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Eu tinha 28 anos; Bento, 3 meses. Vou completar 45; Bento, 17. Uma jornada juntos. Somos imensamente gratos por aquilo que há de mais valioso: saúde. Com ela, há infinitas possibilidades e mil formas de amar e ser amado. ♥️🐶🙏🏻 #bento #xerife #comendador #lhasadesaforado #companheirodejornada
  • "Foi a melhor palestra que já assistimos". Tem coisas que o dinheiro não compra. Para todas as outras existe o testemunho da @tatilaschuk e do @betofabbrin de que ouvimos esta frase ao final da palestra na @uniritterdesignweek, né @mairafranz? ♥️🙏🏻🙌🏻 Gratas pela confiança @uniritter
  • É amanhã nossa palestra na @uniritterdesignweek! O tema: como construir uma marca com conteúdo, transparência e verdade. Obrigada pelo convite @uniritter! Dormindo cedo hoje, hein sócia @mairafranz 😜#implicandocomaloira #uniritter #uniritterdesignweek #9h #CampusdaFAPA
  • Kale Chips: folha de couve crespa, desidratada e temperada com pasta de castanha de caju, pimentão vermelho, suco de limão siciliano e pimenta caiena) 🌶Pensa numa coisa ardida e croc! #semfiltro #urbanfarmcy
  • Pipoca e altos papos ♥️#joãobenício #amordosdindos
  • Muito honrada com o convite da @uniritterdesignweek para ministrar a palestra "Conectando Marcas e Pessoas por meio de Conteúdo com Transparência e Verdade". É na próxima terça 17, às 9h, no Campus da FAPA que subo ao palco com a @mairafranz pra um papo sem fórmula mágica. Todos convidados!!! #uniritterdesignweek #uniritter