Paris 6: o charme de um bistrô parisiense 24 horas inaugura em Porto Alegre

O restaurante Paris 6 tornou-se referência pela cozinha francesa de bistrô, com cardápio amplo e diversificado, servido 24 horas por dia todos os dias do ano. A casa é ponto alto de quem busca gastronomia e uma certa dose de badalação em São Paulo, no Rio de Janeiro e agora em Porto Alegre, onde abriu as portas na semana passada, no número 32 da Rua Padre Chagas, no bairro Moinhos de Vento.

O Paris 6 é um local que oferece cardápio e ambiente para todos os públicos e horários: começa com o café da manhã, servido no sistema de buffet, com destaque para mini croque monsieur, croissants, ovos mexidos com bacon, queijos finos, cereais, iogurtes, sucos e outros quitutes. Em São Paulo e no Rio, a clientela é eclética. Logo cedo, chegam os esportistas e o pessoal que exercita-se pela volta e deseja tomar um bom café da manhã. O almoço executivo atrai um grande número de pessoas que trabalham na região dos Jardins e da Barra da Tijuca.

paris-6-abrira-filial-em-porto-alegre-saiba-os-detalhes-a54b5420PARIS6: CHARME INSPIRADO EM BISTRÔS PARISIENSES AGORA EM PORTO ALEGRE

Na parte da tarde, executivos costumam fazer do restaurante uma extensão do escritório, utilizando a internet wi-fi para reuniões de negócios acompanhadas pelas delícias da casa. Juntam-se a eles os amantes do croque madame, tradicional sanduíche francês que vem acompanhado de salada e batatas fritas. Depois segue o movimento do jantar – que leva ao bistrô muitos artistas, grupos de amigos e casais. E a noite segue madrugada adentro.

Marina-Ruy-BarbosaCLIENTE DA CASA, A ATRIZ MARINA RUY BARBOSA COM O PRATO PREFERIDO: NHOQUE

Isaac Azar, proprietário da casa, pensou em todo menu. O cardápio traz pratos típicos dos bistrôs e brasseries parisienses, releituras e criações do chef. Entre os mais requisitados estão Medaillons Gorgonzolla a “Bruno Mazzeo” (medalhões de filé ao molho gorgonzola e batata gratin), Filet Parmeggiana a “Rodrigo Faro” (filé mignon à parmegiana servido à milanesa, em caçarola de ferro, gratinado em molho de tomate, um toque de rolî e queijo emmental).

P6 Medallions-Gorgonzola-a-Bruno-MazzeoMEDAILLONS GORGONZOLLA COM BATATA GRATINADA: PRATO DE BRUNO MAZZEO

P6 Grand-Parmeggiana-a-Rodrigo-FaroGRAND PARMEGGIANA A RODRIGO FARO: GRATINADO COM QUEIJO EMMENTAL

Para finalizar as refeições, uma das sobremesas mais pedidas de São Paulo: o famoso Grand Gateau. Criação do proprietário do bistrô, Isaac Azar, o famoso bolinho francês (petit gateau) foi usado como inspiração, mas ganhou um toque inusitado com o picolé no meio.

PARISCAPAGRAND GATEAU: O PICOLÉ É INSERIDO DENTRO DO BOLINHO ASSADO E GANHA COBERTURA DE GANACHE

A ideia de fazer em proporção maior foi pensando no apetite de muitas pessoas, principalmente dos amantes de doces. O resultado foi um suflê de chocolate, explorando variados recheios, coberturas e sempre acompanhado do sorvete, em forma de picolé e não como o tradicional.

Veja na galeria outras delícias do cardápio do restaurante, que oferece ampla variedade de sopas, saladas, pratos leves, massas, risotos, carnes, aves, peixes e sobremesas. Cliquei na foto para ver maior a imagem e o nome do prato.

 

Outra sobremesa bastante festejada foi criada em homenagem ao apresentador da TV Globo Tiago Leifert, cliente da casa. É a Cocada ao Sagu de Vinho Tinto e Raspas de Coco. O diferencial? Sem glúten e sem lactose.

PARIS6_1COCADA AO SAGU DE VINHO E RASPAS DE COCO: PREFERIDA DE TIAGO LEIFERT

O nome Paris6 vem do 6º distrito de Paris, bairro boêmio de Saint-Germain-des-Prés, onde foi fundado o primeiro café do país, em 1686. Muito comuns na França, os cafés são símbolos do modo de vida do parisiense. Na parte externa, um ambiente charmoso e aconchegante que relembra a atmosfera das calçadas da França.

264AMBIENTE INTERNO: CADA DETALHE LEMBRA BISTRÔS E BRASSERIES FRANCESAS

Na área interna, o requinte com uma decoração que traz quadros, fotos e cartazes feitos por grandes artistas ou de espetáculos em cartaz, apoiados culturalmente pelo bistrô. Entre as artes, lustres luxuosos e luzes indiretas ajudam a compor a dinâmica intimista da parte interna do local.

PARIS6
Rua Padre Chagas, 32
Porto Alegre, RS
www.paris6.com.br
Twitter: @Paris_6
Instagram: @Paris_6
Facebook: Paris 6

Compartilhar
mariana kalil

mariana kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

7 Comentários
  1. Acho tao brega esse restaurante…fui uma vez quando nao tinha nada aberto além de fast food e comi um crepe. Primeiro que é meio idiota você virar para o garçom e pedir pra comer um “Bruno Gagliasso” ou sei lá qual outra celebridade. Segundo que a comida é sem-graça e exagerada. O mesmo vale para o ambiente. Zero sutileza, sabe? Esses pratos sao uma azia esperando para acontecer.

  2. Oi, Mariana! Tem horas que estou para te fazer esse pedido, mas sempre fico envergonhada, mas o fato é que seria muito legal se tua política de publicidade ficasse mais clara para as leitoras. Sei que tu tem parceria com a Ojo, com o Zaffari e com a Convexo, mas esse post (assim como aquele que tu escreveste sobre o Coco Bambu, por exemplo), me deixa confusa: ele é espontâneo ou é publicidade? Espero que tu não te ofendas caso ele seja espontâneo, mas é que realmente fiquei na dúvida. Caso seja publicidade, podes sinalizar colocando uma “tag” dizendo “publicidade” ou coisa do tipo no final – só uma sugestão. Coisa de leitora chata 😉 Beijos!

    1. Oi, Carol! Sempre que é publicidade eu deixo explícito no texto, caso do Zaffari, da Ojo, da Bob Store e de um que acabo de publicar sobre o Motel Cálidon (uau! haha). Este do Paris 6 não é – tanto que não tem menção. Coco Bambu também não. Trata-se apenas de novidade que achamos bacana falar. Muito obrigada pela tua observação, vou cuidar com carinho, sim. Ela é muito importante pra gente manter a credibilidade e leitoras queridas como tu por perto. Beijo. Mariana.

  3. Isaac sou seu fã número 1 Já trabalhei no restaurante Paris 6 e sair tô arrependido gosto muito desse restaurante gostaria deter oportunidade que trabalhar aí de novo sou Jefferson seu fã gosto muito do restaurante Paris espero ter essa oportunidade de novo de trabalhar com essa equipe pessoal nota 1000 Obrigado um beijo um abraço do seu fã da Gastronomia o Jefferson trabalhava na pia na produção tenho vontade de trabalhar de novo Obrigado esse é meu número 011962551742

  4. Pessimo atendimento! Estavamos em 6 pessoas e veio o pedido de todas menos o meu! Quando todos tinham comido troxeram o neu prato e meu crepe quase sem recheio então não recomendo esse restaurante! Famoso e deixa muito a desejar!

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • É uma linguiça artesanal? É um salsichão? Não!! É a língua da Gorda só pelo pastel de queijo da @jubassani 🤣
  • O melhor de uma Copa do Mundo? É motivo pra gente estar com quem ama e quer bem! ♥️
  • Céu azul anil + chimarrão + bergamota + pôr do sol do Guaíba = como ser feliz com pouco no inverno gaúcho
  • Hoje só de @ugg, né, Gorducha? #frio #péquentinho #invernogaucho
  • Ele é tão, tão famoso que já estampou as principais esquinas de Porto Alegre. Lembra, Xerife? #tbt #2014 #bento #companheirodejornada
  • Dia de esquentar a cuca. No bom sentido, claro 👌🏻#chapeu #frio #invernogaucho