De bicicleta rumo à Feira do Livro

Recebi um material agora há pouco aqui na redação, mas o que me chamou mais a atenção foi o cartãozinho que veio junto.

Olha!

VELOENTREGAS EM BICICLETA!

Sim, estou com câmera e telefone, mas não é o meu iPhone5 afogado na privada. Aquele ainda vai demorar 10 dias para eu ter de volta. Habilitei meu chip no meu iPhone velho, que está uma carroça de lento. Mas é o que temos para o momento – e eu peço a todas paciência.

586_crazy-woman-calls-her-ex-boyfriend-65000-times-1050998-flash-1050998-flashSOBRETUDO A MIM MESMA

Como vou recuperar meu iPhone5? Eu não vou recuperar. Ele não tem recuperação. Eu fui na Soma, a autorizada Apple no Estado, como meu digníssimo marido me recomendou, levei o telefone, contei o que havia acontecido e eles autorizaram a troca por uma aparelho novo mediante pagamento de R$ 799. Como um aparelho novo em qualquer operadora custaria mais do que o dobro disso, acabei sacando meu cartão de crédito e pagando o preju.

Crying-Children-Jill-Greenberg-4ANHÃÃÃÃÃ

Só não choro mais porque tudo poderia ser pior. Em vez de ter afogado meu iPhone na privada, eu poderia ter perdido ele dentro de um barco desgovernado.

anigif_enhanced-buzz-5444-1354297408-3SE É QUE ME ENTENDEM

Sobre a Velo: quando vi o cartão, corri para o site. É um serviço muuuuito legal. Miz vezes chamar uma bicicleta e incentivar esse hábito. Os bicicleteiros da Velo fazem de tudo: desde serviços de coleta e entrega de pequenos volumes (até 2kg e 40x40cm) até serviços de compra de medicamentos, serviços burocráticos em repartições públicas, distribuição de amostras de produtos, retirada de resultados de exames laboratoriais, realização de serviços bancários,  distribuição de brindes e prêmios e distribuição de encomendas em roteiros pré-determinados.

apontando_para_baixo_01AQUI
TEM TUDO BEM EXPLICADINHO!

Por falar em bem explicadinho, aqui está beeeeem explicadinho o dia, o horário e o local da segunda sessão de autógrafos de Vida Peregrina.

convite feira do livro

ESTÁ ERRADO O HORÁRIO NO CONVITE!!!
É 19h!!!

Todo mundo lá, hein?
Todo mundo lá!
Pelo amor de Deus!

hysteriaNÃO ME DEIXEM SÓ!

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Mariii…. me diz quando tu vai fazer uma sessão de no fim de semana para que os pobres mortais trabalhadores assalariados que moram no interior possam ir, hein?
    Melhor quando tu vai vir autografar em Santa Maria da Boca do Monte?

    Beijo pro Mano Bento

  2. Vem pra Berlim, Mari!!! E traz o Bento junto, ele ia amar! Aqui os cachorrinhos tem permissao pra andar de metro, entrar em shoppings e até restaurantes!! Bjss

  3. Oi Mari!
    Há algum tempo, numa tarde de domingo, eu lia tua coluna no Donna e me matava de rir, achando que tinha uma gêmea perdida. Minha irmã me olha com cara de que sou um ET e pergunta se eu nunca vi o blog. Como assim, blog?! Confesso que não tenho hábito de usar a internet para recreação, pois já uso muito para trabalhar. Então conheci o teu blog e me viciei completamente! Como muitas das tuas leitoras me pego com muita frequência respondendo mentalmente os posts, como se fosse uma conversa daquelas bem gostosas. A identificação imediata com teus textos revela a franqueza com tu te colocas na escrita, sem medo ou vergonha de se expor, prova de grande coragem! Adoro o teu estilo, o humor com pimenta; me divirto muito lendo, e saber que uma pessoa de sucesso, formadora de opinião, tem tantas aventuras e desventuras (como qualquer mulher dos dias de hoje) é um chazinho de hortelã refrescante em comparação com o que temos à disposição em termos de “jornalismo feminino”, digamos assim. Não moro em POA, mas vou tentar comparecer na sessão de autógrafos da Feira, pois seria um grande prazer te encontrar pessoalmente. Bjs!

  4. Mari,

    No guia distribuído na Feira, página 48 , consta tua sessão de autógrafos do “Vida Peregrina” dia 12/novembro às 19 horas…
    Pode confirmar novamente qual será o horário correto que eu não quero perder…

    abraço

    Julia

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.