De Mariana para Mariana: uma carta para lembrar dos reais valores da vida

Querida Mariana,

Sei que esses finais de ano mexem um pouco com você. Talvez a junção de mudança de idade, sentimento natalino e novo ano que se aproxima revirem seus sentimentos e emoções de uma forma meio turbilhonática – sim, esta palavra eu inventei para tentar decifrar o que acontece dentro do seu peito. Saiba que faz parte. Consciência e reflexão levam ao crescimento, e o importante é mirar sempre adiante e andar sempre em frente.

Tenho te percebido um pouco mais silenciosa nesses últimos dias do ano. Pensando demais na vida? Analisando o passado e projetando o futuro? Sentindo algumas dores e outros alentos? Faz parte também, apesar de não ser fácil. Infeliz daquele que passa por aqui sem se questionar, sem sofrer, sem lamentar – sem coragem, clareza e lucidez para compreender que portas estreitas sempre levam a grandes salões.

Foi um lindo ano, tenha certeza disso – e não olhe apenas para aquilo que não pôde ser feito. Você não conseguiu começar as aulas de violão, as aulas de canto. Não conseguiu encontrar uma escola de ioga para chamar de sua, ler um livro por mês, viajar mais. Mas olhe o quanto realizou! Você escreveu um livro, reinventou-se como profissional, inaugurou seu próprio portal, ganhou independência profissional. Você lançou um produto com seu nome, que se esgotou em tempo recorde.

Você ganhou um afilhado lindo e com saúde, sua mãe renasceu de um grave acidente. Sua família continua perto, intacta, cada vez maior e mais unida. Seu cachorro vai fazer 15 anos com saúde, você conheceu o Peru, experimentou todos os sabores que queria havia anos – e como se tudo isso ainda não bastasse, os deuses incas enviaram uma Alpaca para encantar ainda mais os seus dias. Uma cachorrinha adorável, dócil, amiga, fiel caiu no seu colo como a expressão máxima de um presente divino.

Portanto, minha melhor amiga, relaxe. Respire. Olhe mais para o horizonte e menos para onde pisa. Agradeça, comemore. Um ano se foi; outro está por vir – e será sempre assim até que se chegue ao fim. Com algumas curvas, incertezas, pisadas de freio ao longo do percurso, isto é certo. Mas sempre com a consciência e o silêncio de quem busca dia a dia crescer naquilo que tem de melhor. Passinho por passinho. Sem pânico nem correria, mas evoluindo, dia após dia.

Afinal de contas, nada mais neste mundo é necessário. Nada se leva além de si próprio na hora de partir.

Feliz 43 anos, Feliz Natal, Feliz 2016.
Um beijo com o carinho de quem te ama e estará sempre aqui,
Mariana

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

5 Comentários
  1. Mari, minha nossa! Que coisa linda!
    Pode ter certeza que a tua carta não foi endereçada somente para você, mas para todos que nessa época (ou outras) param um pouco e avaliam o que poderia ser e não foi e não o que foi e foi maravilhoso!
    Excelente ponto de vista sobre o que somos e o que ainda queremos ser!

    Um Beijo!
    Feliz aniversário, Feliz Natal e Feliz Ano Novo

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Uma ideia criativa de servir pão (vou imitar) y otras delícias do Bell Café: couve-flor, kebab e húmus (sempre ele!). #telavivfood 😋
  • Se você não vem comigo, nada disso tem valor. De que vale o paraíso sem amor? Se você não vem comigo, tudo isso vai ficar. No horizonte esperando por nós dois.
  • Meu maior e mais soberano amor. ❤️
  • Juntos somos mais fortes. 💪🏻❤️🙏🏻
  • “Minha amiga Mariana Kalil está com câncer. Não é novidade, ela conta tudo a respeito nas redes sociais, e com pormenores, mas eu a acompanho mais de perto, nós conversamos sempre, estamos em permanente contato. Por dois motivos: por gostar muito da Mariana e para tentar ajudá-la com minha experiência no assunto. Mariana, agora, felizmente superou uma das etapas mais dolorosas desse processo de enfrentamento do chamado “imperador de todos os males”. É a fase das más surpresas, quando você recebe uma notícia tão ruim, que parece inverossímil. O homem é o único animal que sente medo do futuro desconhecido, algo terrível. Mas, ante o perigo real, ante o presente concretamente ameaçador, a mente protege o ser humano lançando-o para fora de si mesmo. É como se a dor não fosse dele.” Linda coluna, @david.coimbra2018 . 
Que nossa experiência sirva sempre pra ajudar mais e mais pessoas a compreender nossa complexidade, mas também toda a nossa força, coragem e determinação de ir em frente. Obrigada, amigo querido. ❤️🙏🏻
  • Ouviram, queridas Alices?! ❤️