Presentes indesejados? Só podia ser coisa da terra da rainha

Tenho fama entre familiares e amigos mais chegados de ser uma pessoa difícil de presentear. Trata-se de uma das maiores asneiras que já ouvi na vida. Pessoa difícil de presentear é minha mãe, mas isso rende assunto para outro post. Eu me considero uma das criaturas mais fáceis do mundo neste quesito – e motivos tenho inúmeros para corroborar minha afirmação. O primeiro deles: não dou a menor importância para o valor do presente.

bento1124JÁ COMEÇOU MENTINDO

Não deem ouvidos ao azedume. Anda senil e precisando ajustar a medicação. Voltando ao assunto: além de não dar a menor importância ao valor (financeiro, me refiro) do presente, sou um ser humano absolutamente eclético em meu modo de ser e viver. Bebo chá e café; adoro alimentos veganos e churrascarias; uso jeans e calça de alfaiataria, camiseta Hering e blusa de paetês, Crocs e scarpin; pratico yoga e corrida; leio Kakfa e Paulo Coelho; faço terapia convencional e alternativa; bebo cerveja, vinho, espumante, cachaça, vodka, uísque e também Kombucha, suco prensado a frio e clorofila com água. Durmo de pijama e camisola; desejo conhecer a Índia e a Suíça; escrevo à mão e no computador; já tive cabelo joãozinho e pela cintura; uso shampoo para cabelo seco, normal e oleoso; uso pochete, minibag, mochila e máxi bolsa. Conhece pessoa mais versátil?

mulher-gifTENHO ATÉ ALGUMAS CRISES DE IDENTIDADE

Dia desses, me perguntaram o que eu odiaria ganhar. Não odiaria nada, imagina! Presentes carregam consigo demonstrações de carinho, cuidado, preocupação e afeto. Independentemente do tipo, valor ou formato, eles são a manifestação material de algum sentimento nobre. Não há espaço para ódio nesta benquerença. Ou melhor… Há! Foi o que mostrou uma pesquisa realizada na Inglaterra.

tenorSÓ PODIA SER COISA DA TERRA DA RAINHA

Na Inglaterra, a crença de que os homens não sabem comprar presentes para as mulheres foi comprovada em um estudo. Este estudo apontou os 10 itens que elas não suportam receber dos seus parceiros. Tchan, tchan, tchan, tchan! Curiosidade matando? Então, vamos lá! No topo da lista estão as….

calcinhas-de-rendaLINGERIES!

Acho um presente beeeem complicado de ofertar. Lingerie é um dos bens materiais mais pessoais que a humanidade já inventou e esconde segredos em suas escolhas que podem ir para o túmulo com a vivente. Nunca entendi, por exemplo, os tais Chás de Lingerie que as madrinhas adoram planejar para as noivas. Proibi qualquer manifestação do tipo perto de mim. É um tal de tanga de renda preta pra cá, sutiã com arame vermelho pra lá. No meio desse pandemônio, Gogo Boys vestidos de bombeiro com a mangueira de fora?

santana_is_disgustedTÔ FORA!

Voltando à pesquisa inglesa e às brilhantes conclusões dos pesquisadores, eis a relação do que elas mais rejeitam receber do parceiro, além de lingeries.
Produtos de higiene pessoal
Motivo: Indicam que a mulher não é “asseada”.
Utensílios de cozinha
Motivo: Mostra que eles as veem como funcionárias do lar.
Bijuterias baratas
Motivo: Indicam que eles são avarentos.
Chocolates
Motivo: Marca que elas não gostam.
Flores
Motivo: Eles nunca lembram o tipo favoritos delas.
Roupas de ginástica ou DVDs de exercícios
Motivo: Sugerem que ela precisa emagrecer.

Alguma explicação para a cabeça das inglesas, Sigmund Freud?

sigmundfreudlifeME INCLUA FORA DESSA, MARIANA

bento1124BANDO DE PROBLEMÁTICAS

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

2 Comentários
  1. Hahaha!! Perfeito, Mari!! Sou a ovelha negra da família, inclusive na parte dos presentes… Só que sempre acerto os presentes dos outros. Motivo? Sou observadora. Sei se pessoas usam prata ou ouro, só vestem calça Lee com camiseta de bolso (no caso do meu pai), se gostam de champanhe ou cachaça… E sempre me pergunto porque essa falta de observação ‘de mim’. Um natal, logo que eu comecei a morar sozinha, meu pai me deu um microondas. 2 detalhes importantes: eu já tinha um e eu não sabia cozinhar ovo. Aí perguntei pra ele se ia ficar legal levar o tal micro pra passear, carregar coisas nele ou usar no pescoço! Foi motivo para ficar de mal comigo um bom tempo. Pelo menos no meu aniversário, 2 meses depois, ele me deu $$. “Toma filha, compra o que tu tá precisando porque tu é uma chata!”

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Quando um bolinho de bacalhau é um bolinho de bacalhau ♥️ #pampulhinha
  • Vamos dar uma dormidinha e já voltamos 😴🐶♥️ #domingonoparque
  • Quando a gente trabalha com o que ama! ♥️ Imagens: @carloseduardosperotto #porai #bandmulherrs
  • Primeiro fim de semana na Fazenda Tapera, da família do meu então novo namorado, @carloseduardosperotto. Primeiro mês de volta ao RS depois de largar o emprego no Rio porque tinha certeza de que Chiquinho seria meu futuro marido. E não é que acertei?!♥️ #7dejunho #2007 #tbt #quintafeiradoretorno
  • #desafioaceito #todoscontraocancerdemama #euapoioessacausa Vamos fazer uma corrente por esta causa? Então compartilha uma foto tua em preto e branco para demonstrar apoio à luta contra o câncer de mama. Não precisamos esperar outubro quando é nossa saúde que está em jogo. O câncer de mama tem chances altíssimas de ser curado quando descoberto em estágio inicial #cancerdemamatemcura #ligafemininadecombateaocancer #imama #voluntariaspelavida
  • Né?! #vidaquesegue