Dois litros por dia? Balela!

Eu sempre ouvi com certa desconfiança essa receita imprescindível de beber dois litros de água por dia como medida essencial para a saúde. E sempre suspeitei de quem jura de pé junto que é muito feliz bebendo os tais dois litros de água diariamente. Eu gosto de beber água, sinto que a água ajuda no bom funcionamento do organismo, hidrata a pele e tal. Mas convenhamos: a única vez em que me prontifiquei a beber os tais dois litros não consegui trabalhar. Porque era um tal de bebe água, vai no banheiro, bebe água e vai no banheiro que não teve como me concentrar no que tinha que fazer. Pior era quando tinha que sair sem saber se haveria banheiro por perto.

Pois agora, eis que sou beneficiada com um texto publicado no British Medical Journal, escrito pela médica Margaret McCartney, de Glasgow, na Escócia. Diz Margareth; “O conselho de beber cerca de 2 litros de água por dia é ‘nonsense’”. Nonsense! Finalmente, tirando meu pai que é médico e que sempre me disse que essa conta era uma bobagem, alguém vem a público desmistificar esse estresse dos benefícios de passar o dia se afogando em garrafinhas d’água.

Margaret McCartney informa que os únicos benefícios já provados da alta ingestão de água são dirigidos para pacientes que têm histórico de pedras nos rins, mas não há evidências suficientes de que o líquido possa impedir que elas apareçam em quem nunca teve o problema. E diz ainda que essa imposição corre o risco de ser até prejudicial porque pode causar deficiência de sódio no sangue e fazer as pessoas se sentirem culpadas por não beberem água o suficiente.

Eu, até então, embora não obedecesse a tal recomendação dos dois litros de água por dia, vivia me sentindo culpada. Derrotada mesmo. Via aquelas atrizes lindas afirmarem que o único segredo de beleza delas era beber os tais dois litros e achava que ali estava a razão do meu fracasso estético. Balela! Deveria mesmo era ter dado mais ouvidos ao meu pai. Teria me poupado anos de sofrimento se uma única vez na vida tivesse aceitado a frase que ele repetia à exaustão:

– Mariana, minha filha, tu come salada todos os dias. Salada tem água, os alimentos da salada são alimentos que suprem essa necessidade. Água é importante, claro. Mas não precisa passar o dia fazendo essa conta dos dois litros de água.

Agora, mesmo que daqui uns dias apareça outro médico para contradizer a senhora Margaret McCartney (é sempre assim), eu já não estou mais nem aí. Bebo água, sim. É ótimo pra mim. Tem mil e um benefícios. Faz bem para a saúde, limpa o organismo, previne cãibras, protege o coração, controla a pressão sanguínea etc. e tal. Mas dois litros, pelo menos pra mim, é demais. Acho que o que tem me faltado é ouvir mais meu pai. Ele sempre tem razão.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

20 Comentários
  1. Artigo muito interessante. Não agradei apenas do uso de “nonsense” no título. Pra que ? Ficar mais “clean” e “up-to-date” ? Não tenho nada contra as outras línguas, pelo contrário, eu as adoro. Só não acho necessário o uso sem necessidade. Fica “over”.

  2. Artigo muito interessante. Não agradei apenas do uso de “nonsense” no título. Pra que ? Ficar mais “clean” e “up-to-date” ? Não tenho nada contra as outras línguas, pelo contrário, eu as adoro. Só não acho necessário o uso sem necessidade. Fica “over”.

  3. Parabens Mariana, por escrever e fazer referencia e reverencia ao teu paie ao conhecimento dele.
    Parece que hoje em dia qualquer bobalhão escreve que se deve fazer tal coisa, mesmo ao contrário do senso comum e a boiada acha bacana, e pior ainda segue.
    Já cansei de ver pessoas sadias tomando agua em garrafas pet quase empurrando goela abaixo os dois litros, mesmo estando hidratadas.
    Saude, abraços ….e nada como uma coca-cola prá matar a sede de verdade.

  4. Parabens Mariana, por escrever e fazer referencia e reverencia ao teu paie ao conhecimento dele.
    Parece que hoje em dia qualquer bobalhão escreve que se deve fazer tal coisa, mesmo ao contrário do senso comum e a boiada acha bacana, e pior ainda segue.
    Já cansei de ver pessoas sadias tomando agua em garrafas pet quase empurrando goela abaixo os dois litros, mesmo estando hidratadas.
    Saude, abraços ….e nada como uma coca-cola prá matar a sede de verdade.

  5. lembra a “condenação” do ovo pela inquisição dos “cientistas”? agora ele foi ‘reabilitado’!
    a água, quem sabe, talvez esteja sendo vítima de abusos…

  6. lembra a “condenação” do ovo pela inquisição dos “cientistas”? agora ele foi ‘reabilitado’!
    a água, quem sabe, talvez esteja sendo vítima de abusos…

  7. Essa reportagem é mesmo uma libertação. Como você, nunca consegui beber essa quantidade de água e me sentia culpada, ainda mais que trabalho produzindo água. Sempre achei que era forçar o organismo a aceitar toda essa água. Pensava, se tem um sistema que me avisa da necessidade, e tudo funciona perfeitamente, porque insistem em dizer que temos que beber água mesmo sem sede. Salve a Dona Margaret.

  8. Essa reportagem é mesmo uma libertação. Como você, nunca consegui beber essa quantidade de água e me sentia culpada, ainda mais que trabalho produzindo água. Sempre achei que era forçar o organismo a aceitar toda essa água. Pensava, se tem um sistema que me avisa da necessidade, e tudo funciona perfeitamente, porque insistem em dizer que temos que beber água mesmo sem sede. Salve a Dona Margaret.

  9. Ótima materia, pois eu também estava com este peso na conciência, acontece que o médido de meu colega que tem uns 25 anos, lhe receitou tomar justamente 2 litros de água diariamente a pretesto de possíveis problemas nos rins, me chamou a atenção e conclui que com este frio todo tem dias que não bebo água ou quando muito um copo por dia e uns 05 ou 06 chimarrão intercalados manhã e tarde e nunca senti alguma coisa devido a isso, mesmo tendo mais que o dobro da idade do colega, meu médico também nunca me falou nada a repeito.
    Acho que o nosso organismo esta preparado para controlar isso, tanto no inverno como no verão, e de acordo com as atividades profissionais e fisicas que desenvolvemos.

  10. Ótima materia, pois eu também estava com este peso na conciência, acontece que o médido de meu colega que tem uns 25 anos, lhe receitou tomar justamente 2 litros de água diariamente a pretesto de possíveis problemas nos rins, me chamou a atenção e conclui que com este frio todo tem dias que não bebo água ou quando muito um copo por dia e uns 05 ou 06 chimarrão intercalados manhã e tarde e nunca senti alguma coisa devido a isso, mesmo tendo mais que o dobro da idade do colega, meu médico também nunca me falou nada a repeito.
    Acho que o nosso organismo esta preparado para controlar isso, tanto no inverno como no verão, e de acordo com as atividades profissionais e fisicas que desenvolvemos.

  11. Mariana, fui totalmente contrario ao projeto de lei que proibiria o estrangerismo no RS mais vejo que alguns colunistas,pessoas da midia em geral para passarem um Ar pseudo-cultural esageram desta pratica como e o seu casso.
    Recomendaria a ti que como gostas de usar deste supterfujo que de bom alvitre esclaresece os leitores mais leigos sobre as suas palavras importadas pois ajudaria ate para cultuar os teus leitores.
    BestRgds.

  12. Mariana, fui totalmente contrario ao projeto de lei que proibiria o estrangerismo no RS mais vejo que alguns colunistas,pessoas da midia em geral para passarem um Ar pseudo-cultural esageram desta pratica como e o seu casso.
    Recomendaria a ti que como gostas de usar deste supterfujo que de bom alvitre esclaresece os leitores mais leigos sobre as suas palavras importadas pois ajudaria ate para cultuar os teus leitores.
    BestRgds.

  13. Achei de muito mau gosto esta matéria, porque ele é típica de quem não quer seguir recomendações médica e espera uma única pessoa falar ao contráro das centenas de médicos e esta pessoa é que está certa.
    É a mesma coisa de quem é contra o uso do cinto, basta uma pessoa ficar presa no carro devido ao cinto, que já sai dizendo viu viu só eu sabia que o cinto não era seguro.

  14. Achei de muito mau gosto esta matéria, porque ele é típica de quem não quer seguir recomendações médica e espera uma única pessoa falar ao contráro das centenas de médicos e esta pessoa é que está certa.
    É a mesma coisa de quem é contra o uso do cinto, basta uma pessoa ficar presa no carro devido ao cinto, que já sai dizendo viu viu só eu sabia que o cinto não era seguro.

  15. KKKKKK Amei essa materia.Mas e a pura verdade kkkkk.Concordo com vc a um sentimento de culpa,de incerteza.Mas na verdade agua mudou minha vida tinha um problema serio de acidez.Um nutricionista americano me disse que a agua resolveria meu problema,testei e funcionou.Hoje tomo muita agua que nunca havia tomado em toda minha vida.Mas uma coisa concordo com vc eu perco a nocao de guantas vezes vou no banheiro,e uma agonia.Beijos amei sua materia kkkkkk.Agua e otimo para saude sim com moderacao abracos

  16. KKKKKK Amei essa materia.Mas e a pura verdade kkkkk.Concordo com vc a um sentimento de culpa,de incerteza.Mas na verdade agua mudou minha vida tinha um problema serio de acidez.Um nutricionista americano me disse que a agua resolveria meu problema,testei e funcionou.Hoje tomo muita agua que nunca havia tomado em toda minha vida.Mas uma coisa concordo com vc eu perco a nocao de guantas vezes vou no banheiro,e uma agonia.Beijos amei sua materia kkkkkk.Agua e otimo para saude sim com moderacao abracos

  17. Taí a diferença de levar conselhos como meio de vida. O que importa é ser feliz, pois mais vale sermos felizes hoje, do que esperar a felicidade eterna com artrite. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. A pessoa ficar fazendo conta do que tomou de água o dia inteiro é loucura, até porque todos sabem que os alimentos em geral, incluindo saladas, tem água. Conta louca, não acha? Mas dizer que águe pouco importa é demais. Nem 8 bem 80, linda!

  18. Taí a diferença de levar conselhos como meio de vida. O que importa é ser feliz, pois mais vale sermos felizes hoje, do que esperar a felicidade eterna com artrite. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. A pessoa ficar fazendo conta do que tomou de água o dia inteiro é loucura, até porque todos sabem que os alimentos em geral, incluindo saladas, tem água. Conta louca, não acha? Mas dizer que águe pouco importa é demais. Nem 8 bem 80, linda!

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Edifício Império, Porto Alegre. 
Verão de 1978. Mami, Ota e eu. 
#tbt
  • Blazer sem ser caretinha?! Temos Amiga Mari mostrando no Stories! #vemver ❤️
  • Liga na @radiobandnewsfm que estamos ao vivo no @bnhappyhour pra comemorar os 14 anos da Band News POA com @icothomaz e @fzaffari no @360gastrobar 🥂 #happybirthday #happyhour #bandnewsfm
  • A gente se diverte e nos minutos que sobram a gente se embeleza, né @thaylacollingmicropigmentadora 👌🏻#coisasdethayla #bandmulherrs #makedodia #goodhairday
  • Pise na grama! 🍃🐾☀️🐶
  • Toda semana acontece a mesma coisa. Lá por quarta ou quinta-feira, começo a planejar com detalhes a agenda de sábado. Eu amo sábado. Sábado é dia de fazer tudo aquilo que não deu tempo durante a semana. Sábado é dia de não acordar tão cedo, mas também é dia de arranjar tempo para tudo. É dia de ir ao salão, de fazer a mão, alguma hidratação no cabelo. É dia de ir à floricultura, na feirinha de orgânicos da Redenção, de pegar um sol, de ler os jornais sem pressa, de tomar chimarrão… É dia de almoçar tarde, mas para almoçar tarde é preciso tomar café cedo. E como sábado é dia de dormir até um pouco mais, o negócio é pular o café tradicional para almoçar na casa da mãe, ou da sogra, ou ir até o Gambrinus comer um linguado grelhado com caipirinha de limão. Todo sábado de manhã é a mesma coisa: eu me pego estaqueada no meio da sala sem saber pra que lado eu vou. 
Bentolino também.
Feliz sábado de sol pra nós! 🌞❤️🐶