É… tenho mania por latas

Essa lata eu amo de paixão. É tão doente a minha paixão que eu comprei essa lata em abril do ano passado, em Amsterdã, e até hoje não consegui comer o que ela traz dentro: Stroopwafles, já ouviu falar? O melhor waffle do mundo, com um recheio puxa-puxa de caramelo que eu sou incapaz de explicar. Quem me apresentou ao stroopwafle foi um colega holandês que tive em Barcelona. Ele levava essas latas para o recreio, e eu devorava uns três, quatro, sem a menor cerimônia (e olha que sou beeeem cerimoniosa). Me prometi que, quando fosse a Holanda, a primeira coisa que faria era me entorpecer de stroopwafles. Foi o que fiz. Passei três dias inteiros comendo stroopwafles e trouxe esta lata comigo. E agora não consigo comer de pena.

Essa lata do Chá Mate Leão faz parte de uma edicão comemorativa de seis latas, cada uma de uma cor diferente, e dentro dela eu guardo farinha de linhaça. Aliás, há horas que quero me dedicar a falar sobre a maravilha da farinha de linhaça.Será
um dos meus próximos posts.

No ano passado, fiz uma viagem de peregrinação religiosa e estive na cidade de Taybeh, na Palestina. Me disseram que o azeite de lá era maravihhoso, e eu trouxe esta lata de dois litros na mala. Óbvio que deixei de comprar algumas outras coisas para conseguir acomodar a lata de dois litros. E óbvio que, a exemplo dos stroopwafles eu AINDA NÃO EXPERIMENTEI O AZEITE, pode?

Outra prova da minha obsessão por azeites e latas de azeite: também trouxe esta da minha peregrinação religiosa (deu pra perceber que não comprei santinhos, só azeites…). E também ainda não experimentei. Aliás, estou me dando conta agora que tenho algum problema quanto a abrir embalagens que trago de viagens…

Sim, outra lata de azeite. Esta é de litros e faz parte da minha listinha básica de compras no freeshop de Aceguá – passeio que eu tanto estimulo nesse blog. Tenho duas dessas na cozinha. Uma vazia; outra quase vazia.

Por fim, meu fanatismo por latas e azeites é tanto que meu azeiteiro é de lata. Sério, fiquei preocupada agora com essa mania por latas e também por azeites….

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Mariana minha esposa adora latas, mas também miudezas.
    Por sinal, ela viaja muito, mas só que pela Internet vendo em SITES pelo mundo afora lojas com produtos ditos miudezas.
    Aqui em Porto Alegre é uma dificuldade encontrarmos as ditas miudezas.
    Uma pena.
    Principalmente para as colecionadoras.
    Em especial, a minah esposa.

  2. Mariana minha esposa adora latas, mas também miudezas.
    Por sinal, ela viaja muito, mas só que pela Internet vendo em SITES pelo mundo afora lojas com produtos ditos miudezas.
    Aqui em Porto Alegre é uma dificuldade encontrarmos as ditas miudezas.
    Uma pena.
    Principalmente para as colecionadoras.
    Em especial, a minah esposa.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.