Enxaqueca pra terminar bem o feriado

Tem um tambor batucando dentro da minha cabeça nesta segunda-feira de feriado. Não poderia existir felicidade numa segunda-feira, vai dizer? Quando pensei que, pela primeira vez, amaria uma segunda-feira por ser feriado, acordo com um tambor batucando nas minhas ideias.

13 por ai 9ESTOU COM UMA ENXAQUECA HORROROSA

13 por ai 9ESTOU TRABALHANDO COM UMA ENXAQUECA HORROROSA

13 por ai 9JÁ TOMEI TODOS OS REMÉDIOS QUE PODIA

tamborO TAMBOR SEGUE BATUCANDO

bento clássicaESTOU COM PENA DELA

O animal me viu acordando esta manhã com a enxaqueca horrorosa, me viu virando a farmacinha goela abaixo, mas, ainda assim, não teve o mínimo de dó e não abriu mão do passeio.

bento clássicaISSO JAMAIS

Como se não bastasse, me obrigou a um dos passeios mais longos dos últimos tempos. Duas horas me arrodeando com a espécie de quatro patas no Parcão. Pessoas felizes correndo, famílias brincando e eu feito um zumbi seguindo o animal com o tambor batucando na minha cabeça.

tamborBAM BAM BAM

4olivia10POR ISSO TU NÃO ME BUSCOU?

Por isso eu não te busquei, como havia prometido, Oli. Mal conseguia dar conta do animal, contigo  junto seria um pouco demais. Até porque, sabemos bem, da tua mania de achar que acabou o passeio do nada e sair correndo Parcão afora rumo à casa da vóva.

Woman looking crazy.O QUE ME OBRIGA A SAIR CORRENDO E GRITANDO ATRÁS

bento clássicaPARECE UMA LOUCA DESVAIRADA

Hoje, com enxaqueca, não ia dar pé sair correndo e gritando atrás de ti. A enxaqueca deve ser falta de chocolate. Não comi um único chocolate no feriado de Páscoa. Sim, isso é inacreditável, mas é verdade. Passei o feriado com uma sensação de plenitude gástrica, não sei o que houve. Não senti fome de nada, comi porque precisava viver. Neste feriado, tampouco fiz compras. Mas foi como se tivesse passado uma tarde inteira no shopping.

felizMAMÃE ARRUMOU O CLOSET

Disse que tinha duas saia-lápis para me dar e lá me fui lépida e faceira experimentar. Não eram apenas duas saia lápis muito lindas, uma preta e uma marrom. Também eram três camisas, uma blusinha podrinha e seis calças que não lhe serviam mais.

felizHE HE HE HE

4olivia10ELA SE DEU BEM

Me dei muuito bem. Das seis calças jeans, três são estampadas. Uma tem estampa animal print; outra, militar; outra, floral. Então, nesta segunda-feira de feriado de enxaqueca, resolvi dar um tempo na edição da revista Donna e passear pelo mundo maravilhoso da internet a fim de buscar inspirações para usar minhas mais novas três calças jeans estampadas.

Comecemos com o jeans animal print!

TTBEM PARECIDO COM ESSAS PADRONAGENS!
Só usaria minha calça como a moça da primeira foto. Aliás, acho que é Emanuelle Alt, a editora da Vogue francesa, pois o rosto é semelhante e o estilo também, como já comentei no post Emanuelle, la belle sem chapinha. Se não for, perdoem, é a enxaqueca que não me deixa enxergar direito. Jamais usaria minha calça com Oxford, como na segunda foto. Aliás já tentei e não consigo usar Oxford de jeito nenhum. Me sinto uma abobada. E muito menos chegaria perto do estilo da desavisada da terceira imagem

Continuemos com o jeans de estampa militar!

militarySE NÃO ME FALHA A MEMÓRIA, É PARECIDO
Adorei a ideia de quebrar com a ideia de que militar só cai bem com coturno e usar um scarpin bem feminino. Ficou ótimo com camisa jeans

Terminemos com o floral!

undo escuroNÃO TEM NADA A VER COM NENHUMA DESSES QUATRO
Porém… o que achei interessante é que as quatro combinam com meu jeito de pensar, ou seja: com um jeans muito estampado, melhor não inventar muita cor na parte de cima e optar pelo bom pretinho básico de sempre. A menina da segunda foto foi mais ousada e, na minha modesta opinião, é dona do look mais feioso de todos

Por falar em estampas, eis uma dica que a querida stylist Roberta Weber deu para as leitoras de Donna e que eu assumi para minha vida: quem não gosta de estampas (como eu não gosto), ou não gosta de algum tipo determinado de cor mas não quer ser radical e abrir mão desse estilo, o conselho é usar longe do rosto.

SacouCAPITARAM?

Eu, por exemplo, não gosto de estampas. Mas uma calça estampada acho bacana. O que me incomoda são as blusas e camisas, é a estampa próxima do rosto. Laranja é outro exemplo. Não me sinto bem com uma camisa laranja, com a cor laranja próxima do rosto, mas amaria usar uma calça laranja.

SacouCAPITARAM?

bento clássicaNINGUÉM É BURRO AQUI NO BLOG

Eu sei que ninguém é burro aqui no blog, mas não custa explicar direitinho. Quando não explico, é porque não expliquei e esse blog não presta serviço algum; quando explico, é porque explico demais.

Mulher blusa vermelha nao quero verESTOU COM ENXAQUECA

criança chorandoNÃO CONSIGO PENSAR DIREITO

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Oi, Mari!
    Eu comecei o feriado com enxaqueca (com direito a ida para o Hospital). Também sofro desse mal e sei como é horrível. Melhora logo!!
    Adorei as tuas escolhas para combinar com as calças!
    Beijos pra ti e lambeijos pro Bento.

  2. Olá, Mariana!
    Também sofro de enxaqueca (com aura) e sou professor universitário. Já tive o início de várias crises durante o exercício da docência. O jeito é interromper a aula por alguns minutinhos.
    Como você vê, tudo que é ruim pode piorar. O problema da enxaqueca com aura é que ela te deixa cego/a durante uns trinta minutos. A parte positiva da aura, se é que existe algo positivo em se sofrer de enxaqueca com aura, é que dois comprimidos de Sonridor Caf bloqueiam a dor se tomados no início das alterações visuais. Mas é vida que segue, afinal não só de enxaqueca é feito o mundo.
    Parabéns pelo blog. Dá gosto ler textos bem escritos!
    Luís Fernando

  3. Olá Mariana! Felizmente não faço mais parte deste clube.Eu tinha enxaqueca com aura também.Parei de tomar anticoncepcional e coloquei o diu Mirena.Acabei com vários problemas de uma só vez , dentre eles , a enxaqueca.Quem sabe não é a solução para você?Bjus e boa semana querida!!!!

  4. Eu já tive enxaqueca, mas com auxílio de uma neurologista (infantil, descobri depois) nunca mais tive, agora são pequenas dores e eventuais, diria inclusive que trata-se de uma nova vida.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Penteados e escovados para a primeira de muitas noites de autógrafos de Vida Peregrina, que me levaria à lista dos livros mais vendidos do país e confirmaria Bentolino como um dos personagens mais importantes da minha existência como escritora. Seis anos hoje. Saudade, Xerife. ❤️🐶📘 #tbt #2013 #vidaperegrina #livromarikalil
  • Éramos uma família de bageenses morando no Rio e nossa família multiplicava-se com mais bageenses que chegavam no Carnaval. Tudo começava ao cair do sol com um primeiro chope para brindar a união e terminava com corpos ao mar pra curar o ressacão. Lembrança do nosso primeiro bailinho em que eu me retorci para entrar em uma fantasia de odalisca tamanho 14 comprada em uma loja infantil de Ipanema. É que ainda estava borracha da noite anterior. Borrachos entendem. 🍺
Casa da @renatabrasilvidal e do @marcelogoskes; Rio de Janeiro, Carnaval 2006. #tbt
  • Ter o privilégio de passar horas e horas conhecendo muitas das minhas perseguidoras faz a gente mais feliz. Ser recebida com carinho pelo @centrocarinaborges, que abriu suas portas para este momento tão especial de beleza e amizade faz a gente mais feliz. Poder oferecer a excelência dos produtos da @farmathuia para as amigas da Mari faz a gente mais feliz. Servir os melhores quitutes fit da @feeljoy.com.br e a delícia do capuccino proteico do @mundoverdeiguatemipoa faz a gente mais feliz. Rodopiar com um vestido de seda floral da @boutiquemariahelena capaz de traduzir com maestria meu estado de espírito faz a gente mais feliz. Felicidade é encontrar alegria na alegria dos outros; felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente. Obrigada a todas que hoje fizeram meu dia muito, muito mais feliz! ✨🙏🏻❤️
  • Quem nunca aplicou uma dessas?! 👆🏻
  • Me diga se pode existir desgraceira maior do que chegar ao vestiário de natação molhada em cima de um par de chinelos molhados, com o cabelo todo desgrenhado, com o rosto todo marcado dos óculos e ainda ter que pegar a sacola, botar a sacola em cima de um banco, abrir a sacola, retirar os saquinhos plásticos para guardar o maiô encharcado junto com a touca e o óculos, pegar a nécessaire, sair equilibrando toalha, xampu, sabonete e condicionador até o box, sempre pisando naquele chinelo nojento molhado, tomar banho na companhia de fios de cabelos de terceiros, recolher sabonete, condicionador e xampu, secar um por um com a toalha, se enrolar na tolha, voltar pingando até o armário em cima daquele chinelo nojento molhado, abrir o armário, abrir a sacola, guardar o xampu, o condicionador e o sabonete dentro da nécessaire, retirar o pente, desembaraçar o cabelo cuidando para não deixar fios caírem no chão, passar hidratante na volta dos olhos, sérum facial, creme com proteção solar, hidratante corporal, vestir a roupa toda amassada dentro da sacola, sentar no banco com o pé ainda molhado em cima daquele chinelo nojento com fio de cabelo de terceiros grudados na sola, secar dedinho por dedinho, colocar o sapato, secar o chinelo, ensacar o chinelo e terminar a maratona botando os bofes para fora do calorão que sai daquela quantidade de chuveiros quentes e secadores ligados. 
Me diga: pode existir desgraceira maior?!
  • Tenha coragem para as grandes adversidades da vida e paciência para as pequenas, e quando tiver cumprido laboriosamente sua tarefa diária vá dormir em paz. Deus está acordado. (Victor Hugo).