Oftalmologista Terla Castro explica a importância dos óculos com proteção UV

No auge da minha adolescência, quando, como diz uma amigona minha, eu era uma “cerejinha”, pouca importância dava para a incidência dos raios de sol nos meus ricos olhinhos. O que aconteceu então? Tive pterígeo nos dois olhos. Nos DOIS olhos! Dá pra acreditar? O pterígeo é uma catarata externa, uma pele que cresce por cima do colorido do olho, uma carne nojenta e esponjosa que fica roçando, dá a sensação constante de areia dentro do olho e deixa o olho sempre vermelho. Então, a gente vive com cara de cansada, estressada, acabada. Até para maconheira já me tiraram.

Olha!

m-eye-eSABE O QUE É TER ESTE TROÇO INCOMODANDO NOS DOIS OLHOS?

Na época, eu morava em São Paulo e operei os dois olhos. Cirurgia com tesoura dentro do olho, sabe assim? O oftalmologista foi muito claro: a retirada do pterígeo não é garantia eterna. Ele pode voltar. Perguntem se não aconteceu comigo? Óbvio. Fiquei boa apenas de um dos olhos, mas o outro sofreu recidiva. É por isso que eu sou dependente de colírios e vivo pingando o que não devo no olho direito para ele ficar branquinho e me livrar de uma expressão de cansaço constante – isso até resolver fazer uma nova cirurgia.

Fui ouvir, então, a doutora Terla Castro, oftalmologista especialista em córnea, para tentar alertar minhas queridas amigas e leitoras sobre os problemas que o sol provoca, sim, nos olhos – especialmente durante o verão. Vamos lá?

Existem cinco doenças causadas pelo sol:

Fotoceratite: doença na superfície da córnea.
Pterígeo: meu caso, já explicado.
Catarata: tem várias causas, uma delas é a exposição ao sol. Perto da linha do Equador, há uma maior incidência de catarata.
Dano na mácula: degeneração macular. É a parte mais nobre do olho, que capta a luz e leva para o cérebro.
Câncer de pele: ocorre também na área dos olhos.

aviador-espelhado-2CORES DE LENTES OFERECEM DIFERENTES BENEFÍCIOS, SABIA?

Qual é a função de cada cor de lente para determinado problema:

Lente âmbar ou marrom
Melhora o conforto de quem tem miopia e hipermetropia porque aumenta a visão de contraste. Ajuda a filtrar a luz azul que também está relacionada ao desenvolvimento da catarata.
Lente verde
Ideal para pessoas com mais de 60 anos, já que oferece a melhor visão de contraste – característica que diminui com a idade. Também filtra um pouco da luz azul.
Lente cinza
É a mais adequada para quem tem astigmatismo porque reduz o brilho e não distorce as cores.
Lente amarela
Reduz o ofuscamento da visão do motorista no entardecer e filtra a luz azul, mas diminui a visão de contraste em horários de muita luminosidade.

oculosPROTEÇÃO UV INDEPENDE DA COR DA LENTE E DO QUÃO ESCURA ELA É

Perguntei para a doutora Terla: “Como escolher o óculos de sol capaz de ajudar a prevenir qualquer uma dessas cinco doenças?”. Explica ela:

– É preciso usar óculos que contenham bloqueio UV – A e B. É preciso que tenham de  99% a 100% de proteção. É muito importante que a loja forneça o certificado do óculos. O Inmetro e a Anvisa fazem esta fiscalização. As óticas dispõem de aparelhos que medem a proteção. É preciso checar se o óculos de sol tem de 290 a 400 nanômetros (400 é a proteção total).

E quem precisa usar grau?
É importante fazer óculos de sol com grau. As melhores óticas comercializam lentes com proteção UV. As lentes de contato também possuem proteção ultravioleta, mas, ainda assim, é recomendável o uso do óculos de sol para maximizar a proteção. A lente não protege a conjuntiva, só a córnea.


MEU ÓCULOS DE SOL COM GRAU

Muitas seguidoras do Instagram (@mari_kalil) me enviam direct perguntando qual é este meu óculos de sol cada vez que apareço com ele no Stories. Ele é do tipo 2 em 1. Trata-se de um modelo Moscot de grau, com clip on de lente de sol

A cor da lente dos óculos tem relação com a proteção UV?
Não. Em relação à proteção UV, não importa a cor da lente nem a intensidade do escuro. Proteção é independente da cor e de quão escura a lente é.

E quanto às lentes polarizadas? São mais eficientes neste sentido?
A lente polarizada tem como principal finalidade a capacidade de diminuir o reflexo de brilho. Auxilia na diminuição dos reflexos provocados pelo asfalto, diminui o brilho da água e do sol, por exemplo. Ajuda nas funções de dirigir, esquiar e também cumpre o propósito de proteger os olhos.

polarizada-e-nao-polarizada-2OLHA COMO MUDA!

Vale a pena comprar óculos com bloqueio de luz azul?
Vale. Eles garantem mais nitidez em objetos distantes.

Quais sãos os benefícios dos outros tipos de lentes existentes?
A lente fotocromática escurece quando a pessoa está sob luz intensa e clareia quando ela está na sombra; lentes de policarbonato são mais resistentes e recomendadas para quem faz esportes, pois há risco maior de queda; as espelhados refletem mais a luz, diminuindo a intensidade de luz visível; a lente degradê é recomendada para quem dirige bastante; o duplo degradê, que é escuro em cima, claro no meio, escuro em baixo de novo, indica-se para praticantes de esporte aquáticos. Não é uma lente boa para dirigir, pois confunde um pouco o usuário.

kid1CRIANÇAS DE ÓCULOS? SIM, MAS NUNCA ESCURA DEMAIS

Crianças devem usar óculos de sol?
Recomenda-se que a criança proteja os olhos dos raios UV, sim. Mas há que fazer o alerta: com menos de sete anos, a criança ainda está em fase de desenvolvimento da visão. Nasce enxergando vultos e amadurece o sistema visual até mais ou menos esta idade. Justamente por isso, não pode usar lente muito escura, que bloqueie, de alguma forma, a visão. Também não deve ficar longos períodos com o óculos. Somente durante a exposição ao sol.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

8 Comentários
  1. Palmas! Muitas pessoas não tem o conhecimento desses detalhes, que nós profissionais temos. Obrigada por emprestar sua credibilidade para um assunto tão importante! Um beijo!

  2. Gente…amei seu trabalho Mariana!Nunca tinha lido nada seu;não fique desapontada com isso kkk; mas li agora e adorei.Seu jeito é descontraído e engraçado,bom de se ler, mas traz a informação de verdade;então;juntou o útil ao agradável que é o que o bom jornalista faz.Ah…só pra te contar,tenho uma filha jornalista e também escritora,ela tem um blog muuito legal.Não acesso meu e mail,pois consegui perder a senha.Se você realmente lê esses comentários retorne algo pra mim;seria muito legal.Bjos de uma nova fã!

    1. Oi, Rosane! Que adorável teu comentário! não imagina como fico feliz de saber que estou conseguindo entregar o que me proponho: jornalismo com entretenimento. Vou adorar tua companhia daqui pra frente. Me manda, por favor, o endereço do site da tua filha! Bjo grande. MK

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻