Etiqueta do Chapéu: AMIGA MARI explica como, quando e onde usar (e evitar!) o acessório

Recentemente, reunimos 200 mulheres em Santa Rosa, no interior do Rio Grande do Sul, para o Chá das 5, evento sobre moda, estilo e comportamento. O Chá das 5 acabou estendendo-se 8h da noite adentro – e nem vimos o tempo passar porque o bate papo estava pra lá de descontraído. Na plateia, uma das participantes levantou a mão e direcionou a mim a seguinte pergunta:

– Quando eu vou a um restaurante de chapéu, preciso retirá-lo na hora de sentar à mesa? Pergunto isso porque o cabelo fica todo desarrumado e nunca sei como agir.

Sim, precisa. Chapéus só estão permitidos se você estiver ao ar livre. Chapéu é um acessório funcional, que serve para proteger a cabeça do frio ou o rosto do sol. Em lugares onde não há serviço de chapelaria (na Europa este serviço é bastante comum), o ideal é que você acomode o acessório no colo ou pendurado na cadeira. Jamais em cima da mesa. Ah, mas e o cabelo? Uma passadinha antes no toilette para arrumá-lo é sempre uma boa dica.

A partir desta pergunta em Santa Rosa, percebi o quanto este tema ainda gera dúvida em muitas mulheres. Preparei então um Amiga Mari com um guia de Etiqueta do Chapéu. Espia só!

chapeuCHAPÉU EM CASAMENTOS
É correto apenas se a cerimônia for durante o dia – e tirá-lo não faz o menor sentido, uma vez que o chapéu foi pensado como parte integrante do figurino. Em cerimônias pela manhã, indica-se modelos de abas pequenas. A partir do meio dia e no final de tarde, está permitida a aba mais larga. Em cerimônias à noite, invista em fascinators, tão popularizados por Kate Middleton.

hatCHAPÉU NO AMBIENTE PROFISSIONAL
Depende muito do ambiente e da atividade profissional. Em lugares mais formais, como escritórios de advocacia, por exemplo, o melhor é evitar o uso, pois pode passar uma impressão de descontração que não combina com o lugar. Já em uma produtora de vídeo, agência de publicidade ou outro ambiente mais informal, está permitido. Mas lembro: vale sempre o bom senso e a observação de como funciona o dress code ao redor. Neste caso, não vejo nenhum problema de suar na rua, mas não indicaria dentro do escritório, pois pede a funcionalidade.

Mari, se eu for convidada para um almoço ao ar livre? Posso sentar à mesa de chapéu?
Sim, mas só se estiver ao ar livre e o acessório for imprescindível na produção.

Mari, posso usar chapéu dentro da igreja?
Até os casamentos de Kate Middleton e Meghan Markle, eu diria “nem pensar!”. Porém, o que se viu dentro da igreja foram mulheres e seus chapéus de todos os formatos e tamanhos. Até onde havia aprendido em matéria de etiqueta, com exceção dos modelos pequenos, tipo fascinator, todos os chapéus devem ser retirados em ambientes fechados. Sobretudo, na igreja, ambiente de máximo respeito. Portanto, em cerimônias que incluam a igreja, prefira arranjos de cabelo ou fascinator. Mas agora, confesso que já não sei mais nada. Sim, Amiga Mari também tem dúvidas e estudará mais a respeito.

+MODA: Qual é o estilo de chapéu que combina com você? Amiga Mari responde

Mari, se eu for jantar na casa de uma amiga íntima, ainda assim preciso tirar o chapéu ou a boina?
Chapéu e boina são acessórios de proteção que você utilizou para locomover-se até a casa de sua amiga, certo? Assim como você vai tirar o casaco quando chegar, faça o mesmo com o chapéu ou a boina. Por falar em boinas, elas podem ser mantidas em shows, exposições e festas.

Mari, mulheres de todas as idades podem usar chapéu?
Sim, todas as mulheres podem usar chapéu, independentemente da idade. Depende do estilo de cada uma e de sentir-se bem com o acessório. Se a ideia é começar a usar, indico sempre  chapéus e boinas de cores neutras para familiarizar-se com a peça.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

4 Comentários
  1. Bruno Astuto foi ao programa da Ana Maria Braga de chapéu, sentou-se á mesa e assim ficou até o final do programa.
    Achei o fim, logo ele que fala inclusive de etiqueta.

  2. Olá, Mariana.
    Acabo de ler seu post sobre chapéus e, como chapeleira há mais de 20 anos, gostaria de fazer algumas correções:
    Mulheres não tiram os chapéus em nenhuma situação. Elas permanecem de chapéu nas igrejas, nas recepções e nos almoços, ao ar livre ou “indoor”.
    Procure fotos dos casamentos das monarquias, nas catedrais e abadias, e veja que as mulheres estão com seus chapéus durante as celebrações.
    Somente os homens devem retirar os chapéus nas igrejas e recintos fechados.
    As brasileiras têm muitas dúvidas e inseguranças qto ao uso do chapéu e precisam receber informações corretas.
    Um abraço.
    Angélica – Marry Chapéus.

  3. Mariana, Bom dia!
    Sou o pai da noiva. Irei de terno e gravata, claro.
    A cerimônia será realizada em ambiente fechado, numa
    capela, à noite.
    Como sou habituado a usar boné, ajude-me:
    Posso usar algo adequado, como por exemplo uma boina?
    Obrigado pela resposta.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Blindagem & Proteção ✨🙌🏻🙏🏻
  • Uma irmã é mais do que uma amiga; um vínculo inquebrantável muito além do familiar; uma conexão emocional, biológica e de intimidade tão exclusiva. Aliada nas grandes e pequenas batalhas, o pilar do cotidiano. Para alguns, a metade do nosso coração. Para mim, meu coração inteiro. Minha irmã, minha cúmplice, fiel escudeira. Minha alma gêmea, minha companheira de tantas jornadas. Te amo, maninha @luciakalil #tbt #amordeirmã ♥️ Punta del Este, fevereiro de 2019.
  • “Amo as pessoas que me fazem rir. Sinceramente, acho que é a coisa que mais gosto: rir. Cura uma infinidade de males. É provavelmente a maior virtude de uma pessoa.” Audrey Hepburn ♥️ #FigurinoBandMulher #jeans #poatwentyforseven
  • A tenteada é livre. Tome café todas as manhãs com esse farol de raio laser de olho no seu pão. 🐶 #gorda #gorducha #fofolete
  • “Ninguém ainda sabe se tudo apenas vive para morrer ou se morre para renascer”. Marguerite Yourcenar, escritora francesa. #notredame #notredameparis #notredamecathedral 😢🙌🏻🙏🏻
  • Repost @tainavidal ♥️
No Band Mulher com @reginalimaoficial de hoje falando sobre nossa Campanha do Agasalho 2019. #esquentaportoalegre #campanhadoagasalhopoa2019
🧣🧤🧦
Com a meta de arrecadar 270 mil peças de roupas, a Campanha do Agasalho 2019 inicia o período de arrecadações um mês mais cedo e vai até 15 de agosto. O objetivo é não esperar o frio chegar para distribuir as roupas a quem precisa. O prefeito Nelson Marchezan Júnior destacou que realizar uma doação é também ajudar a cumprir o papel da máquina pública de proteger quem mais precisa. “A prefeitura não tem como realizar tudo que a população precisa todos os dias e que bom que podemos contar com pessoas solidárias para isso. Todo mundo pode ‘prefeitar’ no dia a dia. As pessoas são um pouco prefeito quando descartam de maneira correta o lixo, cuidam de suas calçadas ou ajudam a população mais vulnerável. Se cada um dos habitantes não ‘prefeitarem’ em algum momento do seu dia, não teremos uma cidade boa”.
🧤🧦🥾
A campanha deste ano conta com um projeto de comunicação para lembrar a cada dia a necessidade da doação dos agasalhos. A proposta é viabilizar, através de parceiros, uma “piscina gigante”, que será instalada na frente da prefeitura, e preenchê-la com bolas coloridas a cada doação para que as pessoas possam mensurar o volume de peças doadas. Também serão oferecidas recompensas para a população a cada etapa vencida. A primeira etapa, de 25 mil peças, já foi superada e o parceiro Coca-Cola/Femsa vai doar a pintura do muro de uma escola municipal Liberato Salzano. A ação será feita no dia 27 de abril. #vamosjuntos #euvistoestacausa