Etiqueta do Chapéu: AMIGA MARI explica como, quando e onde usar (e evitar!) o acessório

Recentemente, reunimos 200 mulheres em Santa Rosa, no interior do Rio Grande do Sul, para o Chá das 5, evento sobre moda, estilo e comportamento. O Chá das 5 acabou estendendo-se 8h da noite adentro – e nem vimos o tempo passar porque o bate papo estava pra lá de descontraído. Na plateia, uma das participantes levantou a mão e direcionou a mim a seguinte pergunta:

– Quando eu vou a um restaurante de chapéu, preciso retirá-lo na hora de sentar à mesa? Pergunto isso porque o cabelo fica todo desarrumado e nunca sei como agir.

Sim, precisa. Chapéus só estão permitidos se você estiver ao ar livre. Chapéu é um acessório funcional, que serve para proteger a cabeça do frio ou o rosto do sol. Em lugares onde não há serviço de chapelaria (na Europa este serviço é bastante comum), o ideal é que você acomode o acessório no colo ou pendurado na cadeira. Jamais em cima da mesa. Ah, mas e o cabelo? Uma passadinha antes no toilette para arrumá-lo é sempre uma boa dica.

A partir desta pergunta em Santa Rosa, percebi o quanto este tema ainda gera dúvida em muitas mulheres. Preparei então um Amiga Mari com um guia de Etiqueta do Chapéu. Espia só!

chapeuCHAPÉU EM CASAMENTOS
É correto apenas se a cerimônia for durante o dia – e tirá-lo não faz o menor sentido, uma vez que o chapéu foi pensado como parte integrante do figurino. Em cerimônias pela manhã, indica-se modelos de abas pequenas. A partir do meio dia e no final de tarde, está permitida a aba mais larga. Em cerimônias à noite, invista em fascinators, tão popularizados por Kate Middleton.

hatCHAPÉU NO AMBIENTE PROFISSIONAL
Depende muito do ambiente e da atividade profissional. Em lugares mais formais, como escritórios de advocacia, por exemplo, o melhor é evitar o uso, pois pode passar uma impressão de descontração que não combina com o lugar. Já em uma produtora de vídeo, agência de publicidade ou outro ambiente mais informal, está permitido. Mas lembro: vale sempre o bom senso e a observação de como funciona o dress code ao redor. Neste caso, não vejo nenhum problema de suar na rua, mas não indicaria dentro do escritório, pois pede a funcionalidade.

Mari, se eu for convidada para um almoço ao ar livre? Posso sentar à mesa de chapéu?
Sim, mas só se estiver ao ar livre e o acessório for imprescindível na produção.

Mari, posso usar chapéu dentro da igreja?
Até os casamentos de Kate Middleton e Meghan Markle, eu diria “nem pensar!”. Porém, o que se viu dentro da igreja foram mulheres e seus chapéus de todos os formatos e tamanhos. Até onde havia aprendido em matéria de etiqueta, com exceção dos modelos pequenos, tipo fascinator, todos os chapéus devem ser retirados em ambientes fechados. Sobretudo, na igreja, ambiente de máximo respeito. Portanto, em cerimônias que incluam a igreja, prefira arranjos de cabelo ou fascinator. Mas agora, confesso que já não sei mais nada. Sim, Amiga Mari também tem dúvidas e estudará mais a respeito.

+MODA: Qual é o estilo de chapéu que combina com você? Amiga Mari responde

Mari, se eu for jantar na casa de uma amiga íntima, ainda assim preciso tirar o chapéu ou a boina?
Chapéu e boina são acessórios de proteção que você utilizou para locomover-se até a casa de sua amiga, certo? Assim como você vai tirar o casaco quando chegar, faça o mesmo com o chapéu ou a boina. Por falar em boinas, elas podem ser mantidas em shows, exposições e festas.

Mari, mulheres de todas as idades podem usar chapéu?
Sim, todas as mulheres podem usar chapéu, independentemente da idade. Depende do estilo de cada uma e de sentir-se bem com o acessório. Se a ideia é começar a usar, indico sempre  chapéus e boinas de cores neutras para familiarizar-se com a peça.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

4 Comentários
  1. Bruno Astuto foi ao programa da Ana Maria Braga de chapéu, sentou-se á mesa e assim ficou até o final do programa.
    Achei o fim, logo ele que fala inclusive de etiqueta.

  2. Olá, Mariana.
    Acabo de ler seu post sobre chapéus e, como chapeleira há mais de 20 anos, gostaria de fazer algumas correções:
    Mulheres não tiram os chapéus em nenhuma situação. Elas permanecem de chapéu nas igrejas, nas recepções e nos almoços, ao ar livre ou “indoor”.
    Procure fotos dos casamentos das monarquias, nas catedrais e abadias, e veja que as mulheres estão com seus chapéus durante as celebrações.
    Somente os homens devem retirar os chapéus nas igrejas e recintos fechados.
    As brasileiras têm muitas dúvidas e inseguranças qto ao uso do chapéu e precisam receber informações corretas.
    Um abraço.
    Angélica – Marry Chapéus.

  3. Mariana, Bom dia!
    Sou o pai da noiva. Irei de terno e gravata, claro.
    A cerimônia será realizada em ambiente fechado, numa
    capela, à noite.
    Como sou habituado a usar boné, ajude-me:
    Posso usar algo adequado, como por exemplo uma boina?
    Obrigado pela resposta.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Hello, doctor Renato! Good morning and good news! Doctor Guy can receive us the coming monday at Sheba Medical Center. The cells grew very well, they are approved for protocol in Israel”. ✨✨✨
Não perca, nunca perca, jamais perca tua força, tua coragem, tua fé.
  • O amor e o carinho de todos vocês, perseguidoras e perseguidores, me impulsiona como uma malabarista que voa pelo céu encantado em seu trapézio mágico. O amor e o carinho da minha família e amigos é o que me mantém firme e forte até aqui, com desequilíbrios e tropeços, sim. Mas com muito aprendizado. Não foram dias fáceis, não tem sido nada fácil e tampouco será daqui por diante. Mas, com fé, força e coragem, chegará o dia em que vamos emergir juntos lá do fundo desta tempestade - e então bastarão algumas braçadas e já estaremos do outro lado da margem deste mar revolto. O lado da cura. Amanhã, já posso voltar a comer batatinha em casa. E vamos em frente. 💪🏻 #bepositive
  • A dinda vai cair e levantar quantas vezes forem necessárias para te ver crescer e florescer em um mundo lindo de rosas amarelas, meu pequeno Johnny. 💛
  • Mais uma etapa vencida; mais três corações explodindo de felicidade de voltar pra casa. Em frente. 👊🏻 #bepositive
  • Uma ideia criativa de servir pão (vou imitar) y otras delícias do Bell Café: couve-flor, kebab e húmus (sempre ele!). #telavivfood 😋
  • Se você não vem comigo, nada disso tem valor. De que vale o paraíso sem amor? Se você não vem comigo, tudo isso vai ficar. No horizonte esperando por nós dois.