Fale agora ou cale-se para sempre!

Pois é, tem gente que desconfia de mim. Tem gente que desconfia que eu elogio alguma coisa para ganhar alguma outra coisa em troca. A Evelyn desconfia de mim. A Evelyn me visitou aqui no blog, ontem, e desconfiou que eu elogiei o Pastifício Italiano para ficar beeeeem, mas beeeeeem gorda de tanto me entupir de sorrentinos.

Beeeeem fófis!

Eu expliquei para a Evelyn que eu só escrevo sobre aquilo que acredito (se estiverem curiosas sobre nosso papo, rolem o mouse e leiam os comentários do post anterior). Não sei se a Evelyn ficou convencida, espero que sim. Mas não posso pedir muito mais além de que acreditem em mim.

Estão vendo essa notícia?

TÔ FORA! Não faço parte dessa turma

Pois bem, vamos adiante: vou seguir falando sobre… sorrentinos e pastifícios!!Hahahaha!! Eu quero tchu, eu quero tcha! Eu quero tchu, tcha, tcha, tchu, tcha, tcha!

Mariana faz dancinha da vitória no meio da sala

Aconteceu que a querida Bete Duarte, editora do Caderno de Gastronomia da Zero Hora, me apresentou outro endereço de sorrentinos, molhos e maravilhas da cozinha italiana. Além dos deliciosos sorrentinos do Pastifício Italiano, a Bete disse que também há maravilhas no Pastifício Antoniazzi.

Olhem que linnnndo!

A Eliane, outra leitora do blog, também falou maravilhas do Pastifício Antoniazzi. E fui investigar. E fiquei com água na boca. E descobri que não é muito perto da minha casa, como o Pastifício Italiano, mas que vale a pena, num fim de semana, ir visitar, pois tem outras variedades de recheios. Tipo? Tipo sorrentino feito com massa de vinho tinto e recheio de queijo Grana Padano, ou sorrentino de espinafre, queijo brie e muzzarela.

Olhem que linnnndos!

E os Raviollones? De pernil de cordeiro com toque de curry, de javali marinado no alecrim, com gergelim negro, semente de linhaça e com massa de vinho.

E daí a querida Carmélia deixou um comentário dizendo que nenhum pastifício se compara ao Carcamano. E fui investigar. E perguntei para meu amigo Google e nada apareceu…

Nenhuma foto, nenhuma notícia, nada… Mas conta a Carmélia que fica na Avenida Azenha, 1256, loja B.

E daí, há minutinhos atrás, a Luciane comentou que a Gabi – A Arte da Massa tem os melhores sorrentinos na sua opinião.

Huuumm… Adoro produtos típicos uruguaios!

Estão dados todos os recados? Alguém tem algo mais a declarar sobre pastifícios e sorrentinos? Pois fale agora ou cale-se para sempre!

E vamos engordar juntas!

Eu quero tchu, eu quero tcha…

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

24 Comentários
  1. Mari querida! Amei o peregrina! Quando vem o peregrina 2: a missão?
    Quanto à tua querida fã, não liga não! Ela estava de TPM, o primeiro alvo que achou foi você.
    A totalmente culta e nada educada moradora do Rio de Janeiro, “estado de primeiro mundo”, não criticou só a tua posição, mas se mostrou preocupada com o teu casamento, com a tua profissão, teu blog, tua opinião, o estado que tu mora, a culinária do teu estado, teus fãs “louvadores compulsivos, gente semi-analfabeta ou vadios ressentidos e infelizes”…
    Acho que ela, como tua leitora, se enquadra na última categoria: vadia ressentida e infeliz, que te usou como escape pra frustração dela.
    Liga não! Os bons, cordiais, educados, alfabetizados, gaúchos ou não entendedores da proposta do blog, ainda são maioria por aqui! E quanto ao resto, é resto. E resto a gente joga fora…heheh
    Beijos

  2. Mari querida! Amei o peregrina! Quando vem o peregrina 2: a missão?
    Quanto à tua querida fã, não liga não! Ela estava de TPM, o primeiro alvo que achou foi você.
    A totalmente culta e nada educada moradora do Rio de Janeiro, “estado de primeiro mundo”, não criticou só a tua posição, mas se mostrou preocupada com o teu casamento, com a tua profissão, teu blog, tua opinião, o estado que tu mora, a culinária do teu estado, teus fãs “louvadores compulsivos, gente semi-analfabeta ou vadios ressentidos e infelizes”…
    Acho que ela, como tua leitora, se enquadra na última categoria: vadia ressentida e infeliz, que te usou como escape pra frustração dela.
    Liga não! Os bons, cordiais, educados, alfabetizados, gaúchos ou não entendedores da proposta do blog, ainda são maioria por aqui! E quanto ao resto, é resto. E resto a gente joga fora…heheh
    Beijos

  3. Eu tb não ganhei nenhum sorrentino pela indicação… ainda (rsrs) Bom, então vamos nos preparar p/o verão provando todos! Tenho até uma dica de sobremesa, não sei se vc conhece o mil folhas feito na hora da Confeitaria Streuselkuchen – confeitariastreuselkuchen.com

  4. Eu tb não ganhei nenhum sorrentino pela indicação… ainda (rsrs) Bom, então vamos nos preparar p/o verão provando todos! Tenho até uma dica de sobremesa, não sei se vc conhece o mil folhas feito na hora da Confeitaria Streuselkuchen – confeitariastreuselkuchen.com

  5. Mari, liga não! Vc é muito bem entendida pela graaaande maioria de seus seguidores. Não precisa ficar se explicando não! Sou de São Paulo e adoro seus posts.

  6. Mari, liga não! Vc é muito bem entendida pela graaaande maioria de seus seguidores. Não precisa ficar se explicando não! Sou de São Paulo e adoro seus posts.

  7. Que ótimo, MK! Que maravilha vc ñ fazer parte dos mensalões da internet! Assim, vc pode descansar a cabecinha em seus travesseiros e dormir…tranquila! Ñ sei se vc pesou o fato de, ao mostrar esta reportagem da Veja, vc justificou o motivo da minha dúvida qto ao seu “interesse” por pastifícios! Mas, nada que a comprometa. Eu já havia notado a tacanhez de suas leitoras habituais…Creia-me, eu ñ perco meu tempo desconfiando de vc, adorável e impoluta blogueira. Tenho mais o que fazer. Comentei no seu blog, por puro ócio criativo! Ñ paro de escrever! Depois descartei vc e aqui voltei para ver o resultado de minha presença.Como sempre, um sucesso! Virei assunto para um post seu e válvula de escape de suas leitoras complexadas…Um luxo só!

  8. Que ótimo, MK! Que maravilha vc ñ fazer parte dos mensalões da internet! Assim, vc pode descansar a cabecinha em seus travesseiros e dormir…tranquila! Ñ sei se vc pesou o fato de, ao mostrar esta reportagem da Veja, vc justificou o motivo da minha dúvida qto ao seu “interesse” por pastifícios! Mas, nada que a comprometa. Eu já havia notado a tacanhez de suas leitoras habituais…Creia-me, eu ñ perco meu tempo desconfiando de vc, adorável e impoluta blogueira. Tenho mais o que fazer. Comentei no seu blog, por puro ócio criativo! Ñ paro de escrever! Depois descartei vc e aqui voltei para ver o resultado de minha presença.Como sempre, um sucesso! Virei assunto para um post seu e válvula de escape de suas leitoras complexadas…Um luxo só!

  9. Mari, fiz uma coisa horrível. Eu dei um google no teu nome. E no nome da Evelyn. Espionei meeeesmo. Sabe qual foi o resultado? Mariana Kalil: 335.000 resultados em 0,24 segundos (Ungefähr 335.000 Ergebnisse (0,24 Sekunden) ) Claro que eu nao olhei todos. Mas os relevantes, das primeiras páginas, diziam, todos!, respeito a ti. É, a ti e a teu trabalho como jornalista, autora, etc.
    Já a outra era muitas. Realmente milhoes de Evelyn, desconhecidas, misturadas. Mas nenhuma, pelo menos nas páginas relevantes, era jornalista, carioca, sequer, brasileira!
    Das duas, uma: ou a amiga leitora nao é jornalista, ou ela trabalha com um “nome de guerra”.

    Tu tá ai, dá tua cara a tapa. E, mesmo dizendo tudo o que tu pensa, a grandessíssima maioria te adora. Isso é chaaaato ;-)

    Beijo, beijo.

  10. Mari, fiz uma coisa horrível. Eu dei um google no teu nome. E no nome da Evelyn. Espionei meeeesmo. Sabe qual foi o resultado? Mariana Kalil: 335.000 resultados em 0,24 segundos (Ungefähr 335.000 Ergebnisse (0,24 Sekunden) ) Claro que eu nao olhei todos. Mas os relevantes, das primeiras páginas, diziam, todos!, respeito a ti. É, a ti e a teu trabalho como jornalista, autora, etc.
    Já a outra era muitas. Realmente milhoes de Evelyn, desconhecidas, misturadas. Mas nenhuma, pelo menos nas páginas relevantes, era jornalista, carioca, sequer, brasileira!
    Das duas, uma: ou a amiga leitora nao é jornalista, ou ela trabalha com um “nome de guerra”.

    Tu tá ai, dá tua cara a tapa. E, mesmo dizendo tudo o que tu pensa, a grandessíssima maioria te adora. Isso é chaaaato ;-)

    Beijo, beijo.

  11. Oi, Mariana! Muito legais tuas dicas de pastifícios, estou ansiosa por conhecer o Antoniazzi. Porém havia uma ausência no post: faltou publicares a recentemente inaugurada Via Pallamolla, uma boutique de massas com a mesma proposta do pastifício. Tem baguetes, molhos, carnes e massas, frescas ou recheadas… fica na Anita Garibaldi 1650, vale a pena conferir. E, se queres minha opinião honesta, não perde o pesto deles: é de comer ajoelhada!!

  12. Oi, Mariana! Muito legais tuas dicas de pastifícios, estou ansiosa por conhecer o Antoniazzi. Porém havia uma ausência no post: faltou publicares a recentemente inaugurada Via Pallamolla, uma boutique de massas com a mesma proposta do pastifício. Tem baguetes, molhos, carnes e massas, frescas ou recheadas… fica na Anita Garibaldi 1650, vale a pena conferir. E, se queres minha opinião honesta, não perde o pesto deles: é de comer ajoelhada!!

  13. Boa tarde Mariana! Sou a guria que veio de São Paulo e está apresentando a cidade seus doces BRANQUINHO GOURMET. Meu nome é Belkis Giannetti Miceli e fiquei muito contente com os comentários feitos a respeito de meus doces. Além do telefone que você já possui, é possivel entrar em contato comigo na página de BRANQUINHO GOURMET no Face ou pelo e-mail, belkismiceli@gmail.com . Muito obrigado por prestigiar estes doces que são feitos com muito carinho, de forma artesanal, para serem degustados desde o visual. Beijossss Belkis.

  14. Boa tarde Mariana! Sou a guria que veio de São Paulo e está apresentando a cidade seus doces BRANQUINHO GOURMET. Meu nome é Belkis Giannetti Miceli e fiquei muito contente com os comentários feitos a respeito de meus doces. Além do telefone que você já possui, é possivel entrar em contato comigo na página de BRANQUINHO GOURMET no Face ou pelo e-mail, belkismiceli@gmail.com . Muito obrigado por prestigiar estes doces que são feitos com muito carinho, de forma artesanal, para serem degustados desde o visual. Beijossss Belkis.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.