Food Detective: você vai querer tirar sangue

Semana passada, tirei sangue para exatamente 15 exames. Sabe aqueles frasquinhos ajustados à agulha que vão enchendo e enchendo – e daí o enfermeiro tira um e coloca o outro, tira um e coloca o outro, tira um e coloca o outro,  enquanto a agulha segue enfiada na veia? Pois é. Eu vi ele tirar um e colocar o outro 15 vezes.

Minha sorte é que não tenho problema com isso. Eu vejo o técnico de enfermagem espetar a agulha, eu vejo a agulha ir chegando até a veia, eu vejo o sangue começar a aparecer e encher o frasquinho e fico vendo ele tirar um frasquinho e colocar o outro, tirar um e colocar o outro.

No meio do processo, perguntei ao enfermeiro:
– Quantos mililitros tem em cada frasco?
– Dois – ele respondeu.
– Hum.. Então, estou tirando 30ml de sangue.
– Exatamente

jeanne-coutureEQUIVALENTE AO CONTEÚDO DO FRASCO DA LANVIN

Tirei 30ml de sangue para 15 exames e não tirei uma mísera gota para um exame em especial que está dando o que falar – e que necessita exatamente desta quantidade: uma gota de sangue. Chama-se Food Detective e aponta, por meio de uma gota de sangue, 59 alimentos associados a intolerância alimentar, originando mais de 150 sintomas descritos na literatura médica que podem atrapalhar seus resultados.

O relatório de resultados é entregue em apenas 40 minutos. Com o novo recurso, é possível realizar uma dieta ainda mais personalizada. A partir do exame, que apresenta resultados imediatos, dá para  saber o que o organismo não tolera, com o objetivo de construir um plano alimentar único.

scared-woman2-267x300QUERO FAZER AGORA!

O exame foi desenvolvido em Cambridge, na Inglaterra, e a tecnologia chegou ao Brasil em outubro do ano passado. No Rio e em São Paulo já anda virando febre – principalmente entre elas, sempre elas, as celebridades. Ou seja: está instalado um novo modismo desencadeado pelo showbiz.

A carioca Andréa Santa Rosa Garcia, nutricionista funcional, foi a primeira a utilizar esse recurso no Brasil, em sua clínica no Leblon.

Fala, Andrea!

andrea-santa-rosa“Cada organismo tem uma individualidade bioquímica. Uma pessoa ansiosa, por exemplo, precisa ingerir mais zinco; já outra, com carência de selênio, pode desenvolver problemas na tireóide.  O Food Detective é fundamental nesse processo porque indica quais alimentos devem ser retirados da dieta e quais devem ser incluídos a fim de acelerar o metabolismo”

Obviamente, a novidade causou frenesi aqui na redação. Vi que um zum zum zum se formava em torno da mesa da Mel e da Mari Scholze e quis saber o que acontecia.
– É um exame novo que a gente precisa fazer agora – disse a Mari.
– Descobri um lugar que faz em Porto Alegre – avisou a Mel. – Custa R$ 650.

Screaming woman-time urgencyQUAL???!!!!

Foi então que a Mel falou a palavrinha mágica: Carina Borges – Centro Dermatofuncional e Nutrição.

bento1IMAGINA SE ELA JÁ NÃO ESTÁ LÁ NA PORTA

felizHE HE HE

Compartilhar
Sem comentários ainda.
  1. Oi Mari,
    Adorei a notícia! Estou suspeitando que tenho intolerância a alguns alimentos mas é difícil descobrir quais. Tu sabe quanto custa o exame?
    Abraços

    1. Existem exames que avaliam se tu tem intolerância a algum alimento e outros mais específicos para saber se é certo alimento como por exemplo amendoim ou corante vermelho.

  2. Adorei o exame, pena que ainda está meio caro.
    E corrigindo a correção (hahah)
    Para coletar sangue não precisa ser técnico em enfermagem, basta ter um curso (muitos coletadores nem isso tem) ou ser estagiário de cursos na área da saúde. Trabalhei em um laboratório como estagiária de biologia e coletava (mesmo sem poder) e a maioria dos coletadores eram só contratados e ensinados pelos antigos profissionais do laboratório. Infelizmente nem sempre as pessoas são preparadas para trabalhar na área da saúde.

    Parabéns pela matéria

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Uma irmã é mais do que uma amiga; um vínculo inquebrantável muito além do familiar; uma conexão emocional, biológica e de intimidade tão exclusiva. Aliada nas grandes e pequenas batalhas, o pilar do cotidiano. Para alguns, a metade do nosso coração. Para mim, meu coração inteiro. Minha irmã, minha cúmplice, fiel escudeira. Minha alma gêmea, minha companheira de tantas jornadas. Te amo, maninha @luciakalil #tbt #amordeirmã ♥️ Punta del Este, fevereiro de 2019.
  • “Amo as pessoas que me fazem rir. Sinceramente, acho que é a coisa que mais gosto: rir. Cura uma infinidade de males. É provavelmente a maior virtude de uma pessoa.” Audrey Hepburn ♥️ #FigurinoBandMulher #jeans #poatwentyforseven
  • A tenteada é livre. Tome café todas as manhãs com esse farol de raio laser de olho no seu pão. 🐶 #gorda #gorducha #fofolete
  • “Ninguém ainda sabe se tudo apenas vive para morrer ou se morre para renascer”. Marguerite Yourcenar, escritora francesa. #notredame #notredameparis #notredamecathedral 😢🙌🏻🙏🏻
  • Repost @tainavidal ♥️
No Band Mulher com @reginalimaoficial de hoje falando sobre nossa Campanha do Agasalho 2019. #esquentaportoalegre #campanhadoagasalhopoa2019
🧣🧤🧦
Com a meta de arrecadar 270 mil peças de roupas, a Campanha do Agasalho 2019 inicia o período de arrecadações um mês mais cedo e vai até 15 de agosto. O objetivo é não esperar o frio chegar para distribuir as roupas a quem precisa. O prefeito Nelson Marchezan Júnior destacou que realizar uma doação é também ajudar a cumprir o papel da máquina pública de proteger quem mais precisa. “A prefeitura não tem como realizar tudo que a população precisa todos os dias e que bom que podemos contar com pessoas solidárias para isso. Todo mundo pode ‘prefeitar’ no dia a dia. As pessoas são um pouco prefeito quando descartam de maneira correta o lixo, cuidam de suas calçadas ou ajudam a população mais vulnerável. Se cada um dos habitantes não ‘prefeitarem’ em algum momento do seu dia, não teremos uma cidade boa”.
🧤🧦🥾
A campanha deste ano conta com um projeto de comunicação para lembrar a cada dia a necessidade da doação dos agasalhos. A proposta é viabilizar, através de parceiros, uma “piscina gigante”, que será instalada na frente da prefeitura, e preenchê-la com bolas coloridas a cada doação para que as pessoas possam mensurar o volume de peças doadas. Também serão oferecidas recompensas para a população a cada etapa vencida. A primeira etapa, de 25 mil peças, já foi superada e o parceiro Coca-Cola/Femsa vai doar a pintura do muro de uma escola municipal Liberato Salzano. A ação será feita no dia 27 de abril. #vamosjuntos #euvistoestacausa
  • Transformação do dia para o Band Mulher ♥️ #camisadealfaiataria #calçacenoura #carrotpants #amigamari #poa.twentyfourseven #coisasdethayla