Fotoprotetor solar oral: o grande aliado dos filtros solares contra os raios UV

Não há quem nunca tenha tomado aquele torrão no sol (e até mesmo em dias nublados) que possa contestar a seguinte afirmação: a radiação ultravioleta é muito nociva à pele. Com o avanço da ciência, descobriu-se que a exposição excessiva ao sol é um dos principais agentes de envelhecimento cutâneo e de câncer. Por isso, todo aliado no combate aos raios UV deve ser tratado como um fiel escudeiro imprescindível para todos os dias. E quando escrevo “todos os dias”, estou falando sério. Faça sol ou não, o uso do protetor solar é indispensável para quem quer manter a pele livre de manchas e evitar o envelhecimento precoce.

protetor_solarPROTETOR SOLAR: SEMPRE – E NO CORPO INTEIRO

Para evitar as queimaduras, produtos inovadores chegam para conceder ainda mais proteção, complementando o que já conhecemos. O fotoprotetor oral contém substâncias que refletem ou absorvem a radiação solar. Importante dizer, antes de tudo, que se trata de um benefício complementar, que adiciona proteção, mas não substitui a importância do protetor solar tradicional. Portanto, deve ser usado como aliado para potencializar a ação do filtro solar de uso tópico, que nunca devemos deixar de lado.

fotoprotetorFOTOPROTETOR ORAL: ALIADO DO FILTRO SOLAR

No mínimo, 50% dos danos induzidos por UV na pele são atribuídos à formação de radicais livres no organismo. Os radicais livres são moléculas altamente reativas que danificam diversas estruturas celulares, desencadeando um processo inflamatório que também acelera o envelhecimento.

O primeiro foto protetor oral referido na literatura foi o betacaroteno: um carotenoide precursor da vitamina A, que é um potente antioxidante, isto é, uma excelente arma contra os radicais livres. Assim, ele atua na proteção da pele e favorece a obtenção daquele bronze saudável.

beta_carotenoCENOURA: EXCELENTE FONTE NATURAL DE BETACAROTENO

Outros agentes antioxidantes podem ser associados ao protetor solar oral, como o acetato de tocoferol (vitamina E), combinado ao ácido ascórbico (vitamina C). Essa aliança possui um papel importantíssimo na síntese de colágeno e elastina, melhora a absorção de ferro e contribui nos processos de cicatrização. O licopeno e a luteína foram avaliados e também apresentam resultados positivos no controle da produção de radicais livres, desencadeados pela exposição solar.

MARI KALIL: Um ano depois do 31 de janeiro

Mas o destaque vai para o Polypodium leucotomos (PL) – muito utilizada para a fotoproteção oral, prevenção de melanoma e também para tratamento do vitiligo. É extraído de um tipo de samambaia nativa das regiões tropicais e subtropicais das Américas e rica em compostos polifenólicos com propriedades antioxidantes muito potentes. Estudos demonstraram que, na composição desse extrato seco, estão presentes os ácidos ferúlico, caféico, vanilico, p-cumárico e clorogênico. Essa fantástica composição explica os seus benefícios.

farmatuiaCÁPSULAS DE POLYPODIUM LEUCOTOMOS QUE MANDEI MANIPULAR: Poderosa proteção contra a mutação do DNA celular provocada pelos efeitos nocivos dos raios do sol

Quando administrado via oral na forma de cápsulas, ele protege o DNA celular e a sua mutação contra os efeitos danosos do sol, reduzindo o eritema, a ação dos radicais livres, o número de células queimadas pelo sol, além de proteger contra manchas escuras e apresentar efeitos antiaging, inibindo a expressão de colagenases (enzimas que quebram o colágeno) o que contribui para a prevenção de rugas e aspereza cutânea.

O que jamais deveríamos colocar na boca em prol da saúde física e mental

Finalmente, é importante destacar que os fotoprotetores orais devem ser usados como aliados para potencializar a ação da proteção e que, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, além do filtro solar, no verão é importante usar chapéu e roupas de algodão nas atividades ao ar livre, pois elas retêm cerca de 90% da radiação UV. Tecidos sintéticos, como o náilon, retêm apenas 30%. Também é importante evitar a exposição solar entre 10h e 16h (horário de verão).

Compartilhar
Carina Borges

Carina Borges

Nutricionista e Fisioterapeuta Dermatofuncional formada pelo Centro Universitário Metodista (IPA/RS), Carina Borges proporciona, a união entre a prevenção da saúde através da qualidade na alimentação e o bem-estar por meio da base científica de tratamentos eficazes para o corpo e a pele. O objetivo principal de seu trabalho é restaurar a saúde funcional e qualidade de vida das pessoas, para, então, seguir a busca incessante pela longevidade por meio da nutrição preventiva. Tudo por uma vida recheada de sabor e autoestima.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Né?!👌🏻#simplesassim #bekind
  • “Nunca mais me convida pra pegar praia em José Ignacio.” #gorda #reportergorducha
  • Dia de praia no @lachozademarparador. Viaja até José Ignacio, caminha na areia quente, procura guarda-sol, carrega geleira, sacola, mochila, faz reportagem para o Band Mulher e sorri pra foto! 🤣🐶
  • Bento envelheceu. Não foi do dia para a noite. Trata-se de um envelhecimento gradativo. Uma enfermidade aqui, uma coisinha crônica acolá – e há uns bons cinco anos vamos levando esses percalços da velhice com acompanhamento veterinário, exames de rotina, troca de medicações, mas sobretudo, com amor, cuidado, amizade, lealdade e fé. Neste último ano, mais precisamente nos últimos meses, Bento deixou de ser um cachorrinho vivaz, de olhos espertos e comportamento ágil para se transformar em um senhor de seus lá 95 anos (equivalente à idade humana) que requer uma série de cuidados e a minha presença e atenção 24 horas por dia. O diagnóstico complicou, como costumam complicar os diagnósticos à medida que a idade avança, e através do olhar do Bento eu enxergo diariamente o reflexo da finitude da vida. Não pode existir sofrimento maior para um dono de cachorro do que essa despedida diária. A cada dia, menos um dia. A cada dia, também uma surpresa. Um dia feliz, caminhando melhor, disposto, com apetite e sorrisos. No dia seguinte, sono, muito sono, xixi nas calças, olhar distante, cabecinha para o lado e alheio ao mundo ao redor. Um dia vivaz; noutro, senil. Deveria ser proibido pela natureza vivermos tal experiência. Bento significa para mim muito mais do que um dos meus grandes melhores amigos.
É meu companheiro de jornada por uma vida de altos e baixos, cheia de mudanças e reinvenções – e da qual foi testemunha ocular e grande conselheiro. Nos conhecemos quando ele tinha 30 dias de vida e desde então cruzamos oceanos até. O que eu quero que ele saiba – e o que eu sei que ele sabe – é que estarei sempre aqui. E hoje estamos aqui. E assim seguiremos juntos. Com sorrisos e mãos dadas. Até o fim. Porque a única certeza que temos é a de que o fim chega para todos nós. E com ele um novo renascer.🐶♥️🙏🏻 #bento #xerife #18anos #companheirodejornada
  • Muito havia ouvido falar de que filhos de nossas irmãs são nossos filhos também. Mas a teoria sempre só faz sentido quando a realidade se confirma. Quando João Benício nasceu, me tornei tia – e ser tia é o maior presente que um irmão e uma irmã podem nos dar. Ser tia é descobrir a maternidade de outra forma, é descobrir um amor que não sabíamos que existia. Quando me tornei tia, passei a enxergar as crianças sob outra ótica, com mais ternura e paciência. Passei a entender também a falta de paciência das mães em muitos momentos. Quando me tornei tia, passei a sentir mais saudade, passei a beijar e a abraçar mais. Passei a me preocupar mais com a humanidade, com o futuro, com o legado das pessoas e das coisas. Quando João nasceu, me tornei um ser humano melhor. Ser tia é amar profundamente uma pessoa que parece ter saído de dentro de nós. É encontrar tempo onde antes só havia falta de tempo. É segurar no colo, é não sentir dor no braço, é aguentar sem reclamar a dor nas costas. É deixar a garrafa de vinho e o Netflix de lado numa sexta-feira à noite para deitar ao lado de quem insiste em se manter acordado. Tias também são mães, são capazes de amar como mães. Tias são a segurança das mães de que, em qualquer ausência delas, amor é o que jamais faltará. Porto Alegre, agosto de 2015. #joãobenicio #amordatia #amordadinda
  • Gula é o desejo insaciável, além do necessário, em geral por comida, bebida. Pecado capital, viu Gorda?