Gargantilha Metálica & Charlie Brownie: porque a sexta-feira merece ser doce!

Estava deitada dia desses fazendo o que não se faz: dando rolezinho no Instagram. Já era tarde, meus olhos estavam cansados, não estava a fim de ler nada nem de pensar em nada. Queria apenas me distrair olhando o que o mundo resolveu estampar nas redes sociais. Eis então que topo com uma postagem da Fatima Mello, a linda loja de acessórios que eu sigo, localizada ali numa galeria estreitinha da Padre Chagas. Trazia uma reprodução de uma matéria da revista Glamour sobre gargantilhas metálicas, já que a loja recebeu várias versões. Tirei uma foto da postagem para voltar ao assunto no blog em horário mais apropriado. Então cá estou.

Olha!

IMG_5811MARIANA DANDO ROLEZINHO ÀS 11H DA NOITE

Trata-se de algo que já vinha sendo usado aqui e ali por essa e outra famosa de plantão. Mas quem conseguiu fazer dela agora um acessório suuuper popular? Quem? Quem? Ela, sempre ela: Giovanna Antonelli

giovanna-antonelliA ATENA DA ATRIZ NOS BASTIDORES DE A REGRA DO JOGO COM GARGANTILHA METÁLICA

Minhas profecias, portanto, se concretizam. Lembram que eu havia falado, antes mesmo de a novela estrear, que Giovanna lançaria um sem número de tendências? Lembram? Lembram? Foi no post Giovanna Antonelli já lança moda antes de a Regra do Jogo Começar. O que eu acho dessas gargantilhas? Acho bonitas. Nos outros. Não faz meu estilo, mas tem muita presença e, claro, agora com esse modismo quicando, um sem número de interpretações.

juliana-paesJULIANA PAES MOSTRA A SUA NO INSTAGRAM
Prefiro gargantilhas sem penduricalhos!

Bom, daí continuei lendo a matéria da Glamour e encontrei trocentas marcas de joias e semijoias que produzem suas interpretações das gargantilhas. Mas não foi isso o que mais gostei. O que mais gostei foi topar com algumas que oferecem e-commerce de acessórios. Vamos combinar que tirando a Fatima Mello e outra meia dúzia de lojas, Porto Alegre não é o melhor lugar do mundo para a gente encontrar acessórios bacanas, vai dizer? Daí me encantamento de ficar viajando em sites de e-commerce com lindas criações. Uma das grifes que encontrei foi a Juliana Manzini.

colar103076-247x300Eis a versão de gargantilha metálica da Juliana!
Não consegui reproduzir a foto maior….

coleira-102849-247x300Achei linda essa coleira!
Tenho o dom de não gostar de tudo que vira moda. Sempre fui assim. Se uso algo e logo vira essas modas repetidas em todos os cantos, me canso e deixo de usar. Cada louca com suas manias…

Agora um assunto que não tem nada a ver, já que o que tinha para falar sobre gargantilhas metálicas está falado: ontem, fui a pé para o pilates desbravando novas ruazinhas onde não passo quando estou de carro. Eis que de repente, não mais que de repente… Surge uma casinha muito simpática na minha frente com um nome ainda mais simpático: Charlie Brownie. “Mas o que é isso”, pensei. Parei na frente, exatamente no número 1270 da Avenida Mariland, e fiquei olhando a decoração. Não entrei, já que tinha certa pressa, mas certamente vou voltar porque amo brownie e porque amo a turma do Snoopy – e também porque o produto é de encher os olhos.

Olha!

charlieOLHA ISSO, POR FAVOR!!!!!
O que é o amor dessa lata? E o que é a fofura desse brownie!?

Então, antes de voltar lá, dei uma busca por aqui e descobri que a casinha já existe pela volta da minha casa há mais de um ano – para vocês verem como eu tinha tempo de sair de casa no último ano…. Trata-se do negócio de um jornalista chamado Tiago Schmitz que usou como base para a receita dos doces as ideias da avó Mila, de São Sebastião do Caí, cidade natal de Tiago.

Olha a origem do negócio que graça!

experiencia-charlie-site

Olha o rol de produtos que existem na simpática casinha e tudo o que a empresa oferece!

07-06-site

Quando é que eu podia imaginar, voltando do meu pilates, que tropeçaria no paraíso dos brownies em Porto Alegre, me diz? É óbvio que vou voltar com mais calma – e logo.

bento1VAMOS AGORA?

crying4AGORA NÓS VAMOS CORRER NA ESTEIRA

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.