Havia um vestiário entre nós

Venho por meio desta agradecer as inúmeras manifestações de solidariedade pelo meu desespero em correr na esteira. Nunca pensei que pudesse ser tão compreendida. O desespero? Piorou. Porque agora eu corro lembrando que todo mês, pelos próximos 10 meses, meu cartão de crédito está comprometido com as 10 suaves prestações que resolvi fazer para ter uma esteira em casa.

UMA ESTEIRA QUE NÃO VAI VIRAR CABIDE, EU JÁ AVISEI PRA NÃO TOCAR NESSE ASSUNTO


Solidários ao meu desespero, alguns amigos, incluindo meus familiares mais chegados (reparem que apenas homens), sugeriram que eu deveria alternar a corrida com a natação. “A natação é um esporte completo, não tem impacto, trabalha todos os músculos do corpo e a gente sai da água se sentindo em outra dimensão”.

VAI FUNDO, MARIANA!

Comprei maiô, touca e óculos e fingi que não vi a desgraceira no espelho. Devia ser proibido uma mulher ser obrigada a colocar maiô, touca de látex e óculos e ainda topar com um espelho pela frente.

UUUUUUUAAAAAA!!!!!

Eu confesso que não sou lá muito chegada a piscina, tanque, banheira, jacuzzi, essas coisas de água meio parada. Sobretudo quando tem muita gente dentro. Mas se nadar seria o caminho para conhecer a outra dimensão, denegri minha própria imagem com maiô, touca e óculos, sublimei que havia mais de 10 pessoas batendo pé dentro d’água e me atirei na piscina. Foram 50 minutos – e confesso que saí de lá realmente me sentindo em outra dimensão. Só que entre eu e a piscina havia um vestiário.

NÃÃÃÃOOOO!!!

Imediatamente lembrei do porquê eu havia deletado a natação da minha vida. Me diga se pode existir viagem para outra dimensão que dure mais tempo do que o caminho de volta ao vestiário. Me diga se pode existir desgraceira maior do que chegar ao vestiário molhada, em cima de um par de chinelos molhados, com o cabelo todo desgrenhado, com o rosto todo marcado do óculos e ainda ter que abrir a mochila, procurar os saquinhos plásticos para ensacar o maiô molhado, a touca e o óculos, pegar a nécessaire, levar o xampú, o sabonete e o condicionador para dentro do box do chuveiro, sempre pisando naquele chinelo nojento e molhado, tomar banho com alguns fios de cabelos que restaram do banho anterior, recolher sabonete, xampú e condicionador, secar um por um na toalha, se enrolar na mesma toalha, voltar pingando até o armário em cima daquele chinelo nojento e molhado, abrir a mochila, guardar a nécessaire, pegar o pente, cuidar para não cair cabelo no chão, passar hidratante na volta dos olhos, no rosto, no corpo, vestir a roupa que amassou dentro do armário, sentar no banco com o pé ainda molhado em cima daquele chinelo nojento, secar o pé, colocar o sapato, secar o chinelo, ensacar o chinelo e terminar a maratona suando, porque todos o bafo de todos os banhos quentes do vestiário se misturam ao barulho de todos os secadores quentes ligados no vestiário.

ME DIZ SE TEM ALGUMA SENSAÇÃO DE PLENITUDE NISSO?!

MAS ME DIZ AGORA!!


PÁRA DE CHORAR E ME DIZ!!
AGORA, CESAR CIELO!!




Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

27 Comentários
  1. Mariana! Adorei! Eu nado e nunca vi uma descrição tão perfeita do outro lado da natação, fora de nos sentirmos noutra dimensão, mas realmente o vestiário é uma tortura, calor, bafo quente de todos os outros banhos, secador, etc,etc,hahahahha. adorei! bjss Gabi Henriques

  2. Mariana! Adorei! Eu nado e nunca vi uma descrição tão perfeita do outro lado da natação, fora de nos sentirmos noutra dimensão, mas realmente o vestiário é uma tortura, calor, bafo quente de todos os outros banhos, secador, etc,etc,hahahahha. adorei! bjss Gabi Henriques

  3. Perfeito, concordo 100%! E aqui na Alemanha, acredite, consegue ser pior pois o frio do lado de fora causa um choque térmico violento!!!! Detesto! Bjs

  4. Perfeito, concordo 100%! E aqui na Alemanha, acredite, consegue ser pior pois o frio do lado de fora causa um choque térmico violento!!!! Detesto! Bjs

  5. Aiii Mariana! Se tu soubesse o quanto tu me faz rir com este teu blog…
    Eu já saio do serviço pensando: tenho que chegar em casa, não importa a hora, e ler aquele blog da Mariana que deve ter alguma coisa engraçada pra me fazer rir haha
    E além disso gostaria de te dizer que embora não te conheça pessoalmente eu já te adoro demais!
    Um beijão e sucesso sempre!

  6. Aiii Mariana! Se tu soubesse o quanto tu me faz rir com este teu blog…
    Eu já saio do serviço pensando: tenho que chegar em casa, não importa a hora, e ler aquele blog da Mariana que deve ter alguma coisa engraçada pra me fazer rir haha
    E além disso gostaria de te dizer que embora não te conheça pessoalmente eu já te adoro demais!
    Um beijão e sucesso sempre!

  7. Oi, Mariana!
    É a primeira vez que venho no teu blog, mas tenho acompanhado as tuas colunas no caderno Donna. Todas ÓTIMAS e muito divertidas! Me identifico com elas, hehehhe.
    Eu sou a mesma coisa com natação, só de pensar na trabalheira toda, desanimo total. Tu não mencionaste a hora que a gente chega em casa e tem que tirar logo toda a tranqueira molhada da mochila e pendurar para secar. E os saquinhos molhados? Bem, na época em que eu fazia natação, acabei tendo um varal para saquinhos (afinal, e a ecologia?). Fora que tem que cuidar para os saquinhos não estarem furados, se não molha toda a mochila por dentro.
    Para amenizar esse sofrimento todo, o ideal seria nem tomar banho no clube, e sim se secar, vestir uma roupa, voltar para casa e tomar banho lá. Já me animo bem mais!
    Beijocas

  8. Oi, Mariana!
    É a primeira vez que venho no teu blog, mas tenho acompanhado as tuas colunas no caderno Donna. Todas ÓTIMAS e muito divertidas! Me identifico com elas, hehehhe.
    Eu sou a mesma coisa com natação, só de pensar na trabalheira toda, desanimo total. Tu não mencionaste a hora que a gente chega em casa e tem que tirar logo toda a tranqueira molhada da mochila e pendurar para secar. E os saquinhos molhados? Bem, na época em que eu fazia natação, acabei tendo um varal para saquinhos (afinal, e a ecologia?). Fora que tem que cuidar para os saquinhos não estarem furados, se não molha toda a mochila por dentro.
    Para amenizar esse sofrimento todo, o ideal seria nem tomar banho no clube, e sim se secar, vestir uma roupa, voltar para casa e tomar banho lá. Já me animo bem mais!
    Beijocas

  9. Claudia! Pois eu tinha começado a pensar exatamente nisso: vestir qualquer coisa por cima e vir tomar banho em casa. Também me animo bem mais. Bem-vinda por aqui!! Bjo. MK

  10. Claudia! Pois eu tinha começado a pensar exatamente nisso: vestir qualquer coisa por cima e vir tomar banho em casa. Também me animo bem mais. Bem-vinda por aqui!! Bjo. MK

  11. Te dou toda razão Mari, essa é a pior parte da natação! Pratiquei durante longos 7 anos, naquele período adolescente em que teus pais querem que tu seja uma atleta completa… Detalhe, isso foi quando morava ainda em Passo Fundo, as aulas eram no campus da universidade de lá, eu pegava ônibus para voltar para casa, toda desgrenhada, voltava como diz minha mãe, parecendo um “pintinho molhado”, credo! Mas o incrível é que os homens não enxergam inconveniente algum nisso tudo, meu marido nadou anos e disse que nunca teve problemas… Que é frescura minha! Menos mal que não é só minha né Mari? Beijos!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  12. Te dou toda razão Mari, essa é a pior parte da natação! Pratiquei durante longos 7 anos, naquele período adolescente em que teus pais querem que tu seja uma atleta completa… Detalhe, isso foi quando morava ainda em Passo Fundo, as aulas eram no campus da universidade de lá, eu pegava ônibus para voltar para casa, toda desgrenhada, voltava como diz minha mãe, parecendo um “pintinho molhado”, credo! Mas o incrível é que os homens não enxergam inconveniente algum nisso tudo, meu marido nadou anos e disse que nunca teve problemas… Que é frescura minha! Menos mal que não é só minha né Mari? Beijos!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. Pois é Mari, além de tudo que comentaste acima e que concordo com cada palavrinha, eu ainda tinha que dar banho na minha filha que fazia natação no mesmo horário que o meu. Aff!!!Mas a pior parte ainda estava por vir! descobri que a natação me deixava com muita fome!!aí ninguém merece! não era para ajudar a emagrecer??? tive que parar….

  14. Pois é Mari, além de tudo que comentaste acima e que concordo com cada palavrinha, eu ainda tinha que dar banho na minha filha que fazia natação no mesmo horário que o meu. Aff!!!Mas a pior parte ainda estava por vir! descobri que a natação me deixava com muita fome!!aí ninguém merece! não era para ajudar a emagrecer??? tive que parar….

  15. Maravilhosa descrição de como EU me sinto em um vestiário depois da natação! Comecei a rir enquanto lia e meu marido que já tinha lido disse que achava que tu me conhecia. Parecia que tu tava descrevendo as razões que eu uso p/ não retomar a natação ou hidroginástica cada vez que minha amiga tenta me convencer a voltar. Parabéns e muito sucesso!

  16. Maravilhosa descrição de como EU me sinto em um vestiário depois da natação! Comecei a rir enquanto lia e meu marido que já tinha lido disse que achava que tu me conhecia. Parecia que tu tava descrevendo as razões que eu uso p/ não retomar a natação ou hidroginástica cada vez que minha amiga tenta me convencer a voltar. Parabéns e muito sucesso!

  17. Querida, concordo absolutamente contigo.Também tenho horror a essa função do vestiário. Agora sabe o que pode ser pior? Fazer tudo isso em dobro. Com um filho. Dá banho nele (aiii mãããe, tem shampoo no meu olho!), seca o guri encarangado, veste o guri (enquanto tu continua de maiô pingando) tentando não molhar as roupas dele, deixa o guri sentadinho num banco em frente ao teu box, vestido e dá um lanchinho pra ele comer enquanto tu toma o teu banho, aí a maçã cai no chão ensopado e nojento do vestiário… Aí tu faz tudo aquilo que tu descreveu para o teu banho, só que na velocidade do Flash. Isso tudo 2 x por semana, pro guri aprender a nadar. Realmente amor de mãe nos dá uma paciência que não sei nem de onde sai…

  18. Querida, concordo absolutamente contigo.Também tenho horror a essa função do vestiário. Agora sabe o que pode ser pior? Fazer tudo isso em dobro. Com um filho. Dá banho nele (aiii mãããe, tem shampoo no meu olho!), seca o guri encarangado, veste o guri (enquanto tu continua de maiô pingando) tentando não molhar as roupas dele, deixa o guri sentadinho num banco em frente ao teu box, vestido e dá um lanchinho pra ele comer enquanto tu toma o teu banho, aí a maçã cai no chão ensopado e nojento do vestiário… Aí tu faz tudo aquilo que tu descreveu para o teu banho, só que na velocidade do Flash. Isso tudo 2 x por semana, pro guri aprender a nadar. Realmente amor de mãe nos dá uma paciência que não sei nem de onde sai…

  19. Mariana!!!
    Eu recebi um email de um colega da natação que mandou para toda nossa turma, que nadamos a 18 anos diariamente, em torno de 2.000 m por dia.
    Com uma alegria infinita,.. nossa turma se reune após as aulas para um café e bate papo isso tudo inicia as 7:00 hs da manhã faça chuva, sol ou geada… la estamos,..
    A touca virou diversão escolhemos de cores exóticas, de motivos infantis e todos estamos na faixa dos “enta…”
    Chinelo molhado é gostoso,… e no inverno, enquanto todos se encolhem e reclamam do frio estamos seminus… nos movimentando, com o corpo aquecido pela circulação do sangue,…
    Posso te afiurmar que o sentimento após aula é de que estamos com o dia ganho, o o corpo em dia,… pois coluna e musculos agradecem….
    Atualmente nosso grupo intercala a Natação com academia, e nos encontramos na PUC diariamente, e temos uma alegria de viver muito grande que supera qualquer incômodo citado no teu depoimento, posso te afirmar, vale superar essa impressão inicial,…
    Te convido a nadar na PUC, a piscina é arejada, e os vestiários também além de espaçosos…..
    Os benefícios logo aparecem…
    Abraço…

  20. Mariana!!!
    Eu recebi um email de um colega da natação que mandou para toda nossa turma, que nadamos a 18 anos diariamente, em torno de 2.000 m por dia.
    Com uma alegria infinita,.. nossa turma se reune após as aulas para um café e bate papo isso tudo inicia as 7:00 hs da manhã faça chuva, sol ou geada… la estamos,..
    A touca virou diversão escolhemos de cores exóticas, de motivos infantis e todos estamos na faixa dos “enta…”
    Chinelo molhado é gostoso,… e no inverno, enquanto todos se encolhem e reclamam do frio estamos seminus… nos movimentando, com o corpo aquecido pela circulação do sangue,…
    Posso te afiurmar que o sentimento após aula é de que estamos com o dia ganho, o o corpo em dia,… pois coluna e musculos agradecem….
    Atualmente nosso grupo intercala a Natação com academia, e nos encontramos na PUC diariamente, e temos uma alegria de viver muito grande que supera qualquer incômodo citado no teu depoimento, posso te afirmar, vale superar essa impressão inicial,…
    Te convido a nadar na PUC, a piscina é arejada, e os vestiários também além de espaçosos…..
    Os benefícios logo aparecem…
    Abraço…

  21. Mari, tbém to fazendo natação. Nem cogito a possibilidade de ficar mais de 5min no vestiário. Apenas me seco coloco a roupa e vou pra minha casa tomar banho, daí acabo nem sentindo essa parte ‘nojinho’…..Já vi que uma amiga acima te sugeriu isso…..assino em baixo….beijão aquático

  22. Mari, tbém to fazendo natação. Nem cogito a possibilidade de ficar mais de 5min no vestiário. Apenas me seco coloco a roupa e vou pra minha casa tomar banho, daí acabo nem sentindo essa parte ‘nojinho’…..Já vi que uma amiga acima te sugeriu isso…..assino em baixo….beijão aquático

Deixar uma resposta Cancelar Resposta

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Penteados e escovados para a primeira de muitas noites de autógrafos de Vida Peregrina, que me levaria à lista dos livros mais vendidos do país e confirmaria Bentolino como um dos personagens mais importantes da minha existência como escritora. Seis anos hoje. Saudade, Xerife. ❤️🐶📘 #tbt #2013 #vidaperegrina #livromarikalil
  • Éramos uma família de bageenses morando no Rio e nossa família multiplicava-se com mais bageenses que chegavam no Carnaval. Tudo começava ao cair do sol com um primeiro chope para brindar a união e terminava com corpos ao mar pra curar o ressacão. Lembrança do nosso primeiro bailinho em que eu me retorci para entrar em uma fantasia de odalisca tamanho 14 comprada em uma loja infantil de Ipanema. É que ainda estava borracha da noite anterior. Borrachos entendem. 🍺
Casa da @renatabrasilvidal e do @marcelogoskes; Rio de Janeiro, Carnaval 2006. #tbt
  • Ter o privilégio de passar horas e horas conhecendo muitas das minhas perseguidoras faz a gente mais feliz. Ser recebida com carinho pelo @centrocarinaborges, que abriu suas portas para este momento tão especial de beleza e amizade faz a gente mais feliz. Poder oferecer a excelência dos produtos da @farmathuia para as amigas da Mari faz a gente mais feliz. Servir os melhores quitutes fit da @feeljoy.com.br e a delícia do capuccino proteico do @mundoverdeiguatemipoa faz a gente mais feliz. Rodopiar com um vestido de seda floral da @boutiquemariahelena capaz de traduzir com maestria meu estado de espírito faz a gente mais feliz. Felicidade é encontrar alegria na alegria dos outros; felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente. Obrigada a todas que hoje fizeram meu dia muito, muito mais feliz! ✨🙏🏻❤️
  • Quem nunca aplicou uma dessas?! 👆🏻
  • Me diga se pode existir desgraceira maior do que chegar ao vestiário de natação molhada em cima de um par de chinelos molhados, com o cabelo todo desgrenhado, com o rosto todo marcado dos óculos e ainda ter que pegar a sacola, botar a sacola em cima de um banco, abrir a sacola, retirar os saquinhos plásticos para guardar o maiô encharcado junto com a touca e o óculos, pegar a nécessaire, sair equilibrando toalha, xampu, sabonete e condicionador até o box, sempre pisando naquele chinelo nojento molhado, tomar banho na companhia de fios de cabelos de terceiros, recolher sabonete, condicionador e xampu, secar um por um com a toalha, se enrolar na tolha, voltar pingando até o armário em cima daquele chinelo nojento molhado, abrir o armário, abrir a sacola, guardar o xampu, o condicionador e o sabonete dentro da nécessaire, retirar o pente, desembaraçar o cabelo cuidando para não deixar fios caírem no chão, passar hidratante na volta dos olhos, sérum facial, creme com proteção solar, hidratante corporal, vestir a roupa toda amassada dentro da sacola, sentar no banco com o pé ainda molhado em cima daquele chinelo nojento com fio de cabelo de terceiros grudados na sola, secar dedinho por dedinho, colocar o sapato, secar o chinelo, ensacar o chinelo e terminar a maratona botando os bofes para fora do calorão que sai daquela quantidade de chuveiros quentes e secadores ligados. 
Me diga: pode existir desgraceira maior?!
  • Tenha coragem para as grandes adversidades da vida e paciência para as pequenas, e quando tiver cumprido laboriosamente sua tarefa diária vá dormir em paz. Deus está acordado. (Victor Hugo).