La Caracola, para sempre na memória!

Chove, venta, relampeja, faz um pouco de frio aqui em Punta del Este nesta terça-feira. Eu agradeço de joelhos. Tenho pouca tolerância para sol e calor e acho que não existe nada mais relaxante em umas férias na praia do que um dia de trégua do bom tempo. O animal lambe as patinhas aqui embaixo da mesa, só pra variar. Está deitado em seu tapete de xerife, já deu sua volta na quadra quando acordou e agora exibe uma cara de mais preguiça do que a minha e a do Chico juntas. Sorte dele que tomou banho ontem e pode ficar em casa sem intoxicar os outros residentes com sua fedentina de gambá atropelado na estrada.

bento1ELA PEGA PESADO

Postei umas fotos na página do blog no FB sobre o passeio ao La Caracola e agora venho por meio desta postar as mesmas fotos, mas falar sobre um dia de praia para guardar pra sempre na memória. Explico primeiro do que se trata: O LA CARACOLA é um parador localizado em Laguna Garzón, em Jose Ignacio. Do centro de Punta até lá leva-se aproximadamente 40 minutos de carro ou táxi. É preciso fazer reserva, pois, durante a temporada, só abre até o dia 31 de janeiro e vive lotado. Nós, por exemplo, telefonamos na quarta-feira e só conseguimos reserva para domingo.

Uma diária no La Caracola custa US$ 180 por pessoa. Contando a taxa de serviço, essa diária sai por US$ 200 (cerca de R$ 600). Não é barato, mas, para quem gosta de investir em experiências em lugares bacanas e exclusivos, vale cada centavo (está tudo incluído). Vou falando mais sobre valores, serviços e experiências no decorrer das fotos que tiramos. Antes disso, mais algumas informações: o La Caracola pertence aos mesmos donos de outro parador muito falado, frequentado e delicioso aqui de Punta, o LA HUELLA, na praia de Jose Ignacio.

h3MUITO PRAZER, SOU O LA HUELLA!
O la Huella é considerado pelas publicações especializadas como um dos melhores paradores do mundo

Parador-La-HuellaA IDENTIFICAÇÃO EM FRENTE AO PARADOR
Ele está aberto o ano inteiro, sempre com boa lotação

la-huella-2VISTA DE UMA DAS MESAS DO PARADOR
Ao fundo, a praia de Jose Ignacio, frequentada por todos os perfis – de famílias com crianças, que alugam casas por ali, a modelos e celebridades (sobretudo argentinas)

Feita a devida apresentação, volto para o La Caracola. Fizemos a reserva e foi preciso pagar 30% para garanti-la. O La Caracola só aceita American Express e dinheiro. Aqui em Punta, há uma guerrinha de cartões. Alguns restaurantes, por exemplo, dão descontos de 25% a 30% a proprietários de cartões Santander. Outros beneficiam titulares do Itaú. No caso do La Caracola, o eleito é o American Express. Nós não temos American Express, mas como a Ju e o Lamacchia iam conosco – e passariam lá por perto – acabaram indo ao La Caracola e dando este sinal para todos.

CARACOLA13 1601593_772465596175605_369444935507195325_nSELFIE (SEM PAU DE SELFIE) DE NÓS QUATRO AO CHEGAR AO LA CARACOLA

O parador abre das 13h30min até o cair do sol, que acontece por volta de 9h da noite. O ideal é chegar no horário para aproveitar cada minuto e fazer valer o investimento. Quando postei as fotos do nosso lindo dia na página do blog no Facebook, recebi um comentário da Maria Angélica Aires, que eu não conheço, mas que reproduzo aqui até como serviço de utilidade pública. Escreveu a Maria Angélica:

“Grande bosta uma praia onde o melhor da praia não dá pra fazer, ou seja tomar banho de mar, se for pra se espojar na areia a pracinha do bairro é mais perto e não tem um bando de pedante dando pinta de rico. Se tem lugarejo detestável é essa tal de Punta, o Uruguai e os Uruguaios são tudo de bom mas esta cidade é um nojo”.

utilidade-publica11VAMOS A ELA!

1) O La Caracola é um parador localizado em uma praia de propriedade privada (no caso, o dono do parador). Como toda a praia, permite banhos de mar. Tomamos vááááários. Uma delícia.
2) A pracinha do bairro é um ótimo lugar para se espojar. No meu caso, me espojo bastante no Parcão, perto da minha casa, em Porto Alegre. Indico muito! Também ando me espojando bastante nas areias gratuitas aqui de Punta, nas mais diversas praias que essa linda cidade oferece a quem vem disposta a curti-la sem mágoa e de coração aberto.
3) Pessoas pedantes existem em todos os lugares do mundo. No caso do La Caracola, eu não vi. Até porque cada turma de amigos fica em seu próprio acampamento armado e pouco contato tem com a vizinhança – apenas na hora do almoço, servido no parador.

bento1FALA SOBRE AS MASCOTAS

Existe um único porém no La Caracola: cachorro não entra. Sinceramente, não entendo e não concordo. Mas, como já disse, a praia tem um proprietário e ele coloca em sua propriedade as regras que bem entender. Quem quiser, vai; quem não quiser, não vai. A Nádia Albuquerque comentou nas fotos da página do blog que há uns anos atrás eles aceitavam animais de pequeno porte. Eu pretendo voltar ao La Caracola e pretendo questionar essa decisão junto ao dono. Até para entender melhor o porquê da negativa e para tentar negociar a entrada do animal. Assim sendo, não foi desta vez que Bento se espojou nas areias do La Caracola.

bento1PISADA DAS GRANDES

Vamos às fotos e aos comentários, explicações, dicas e afins?

CARACOLA20 10520650_772364039519094_1105267301142378062_nEsta sou eu esperando a balsa!
Ao chegar pela estrada, estacionamos e deixamos o carro. Então, esperamos uma pequena balsa que atravessa a lagoa e nos leva ao parador!

CARACOLA17 10406974_772364096185755_8843443823521834539_nSelfie (sem pau de selfie!!) minha e do Chico esperando a balsa. Foi antes de eu descer para tirar a foto ali de cima. Lá ao fundo desta selfie dá pra ver o parador. Tiramos com este intuito. Detalhe que acho importante: que roupa vestir. Biquíni ou maiô, claro, para aproveitar o banho de mar. Aconselho também a levar uma saída de praia, ou um cáftã, ou um shortinho e camisetinha pra usar na hora de subir para o parador para almoçar. Há banheiros e chuveiros na parte externa para se trocar. Eu preferi ir com maiô e shortinho jeans. Na bolsa, levei uma camisetinha.

LaCaracola_JoseIgnacioAqui, a entrada do parador. Quando a travessia termina (leva 5 minutinhos), chegamos a esta casa, com a praia ao fundo). Esta foto eu peguei da internet porque acabei não fazendo. Dá pra ver que no dia desta foto o céu estava mais azul. Fomos num dia nublado, porém quente, que não prejudica em nada o passeio

CARACOLA6 10403355_772465379508960_7126513675845237656_nCabanas na praia: cada turma ou casal tem sua própria cabana. Trata-se de um grande guarda-sol e até uma tenda para tirar uma siesta, além de cadeiras, mesinha, esteiras, mantas e travesseiros na areia. O La Caracola também disponibiliza toalhas. Não precisa se preocupar com isso!

CARACOLA10 10801838_772465512842280_4298600449487208161_nA tenda para la siesta…

CARACOLA 4 10420258_772465352842296_1585547735086169701_nA esteira na areia com travesseiro e manta para o banho de sol ou para la siesta…

CARACOLA7 10917035_772465416175623_1638618321394350443_nA Mariana tirando la siesta…. Ju tirou a foto e quis me fazer chantagem. Mas como eu sou uma pessoa que acabo com minha própria reputação, aproveitei o registro de barriga pra baixo para mostrar que vivi, literalmente, um dia de muitos sonhos no La Caracola!

CARACOLA12 10930869_772465579508940_2713075161331465682_nEste rapaz muito simpático de camiseta azul e de costas é o Santiago. Santiago foi o uruguaio torcedor do Peñarol destinado a servir nossa barraca. Ali, apareço eu com alguns dos Aperol que bebi. No La Caracola, o sistema é o seguinte: a gente chega, larga as coisas no acampamento e somos servidos a todo instante. Bebe-se o quanto e o que quiser. Antes do almoço, servido por volta de 3h30min/4h, Santiago fica passando com aperitivos. Comemos ceviche, espetinhos com chipirones na plancha e camarões, milho verde, pasteizinhos de carne, minipizzas… Tudo de um sabor inigualável! Diferenciado mesmo.

CARACOLA11 10917311_772465552842276_9148140123411102729_nCLOSE NO MEU PRIMEIRO APEROL!

CARACOLA14 16214_772465616175603_5850999133418193498_nClose no baldinho de cerveja dos guris. Yes, nós somos COXINHAS!

CARACOLA8 10923290_772465466175618_5874775793966757545_nClose no meu prato! Seguinte: lá pelas 3h30min/4h, como já disse, nos chamam para o almoço no parador. É servido o bufê. Eu não quis tirar fotos do bufê porque entendi que havia mais pessoas se servindo e ponderei que elas poderiam não gostar e tal. Se tem algo que respeito é a privacidade dos outros porque entendo que é um bem precioso. na Mesa de bufê, há uma variedade maravilhosa de saladas – tomatinhos, folhas verdes, além de tabules, pães, batatas, purê de mandioquinha e outros acompanhamentos. No dia em que estivemos lá, havia como escolha de carne a merluza assada em sal grosso e carré de cordeiro na parrilla. Difícil escolher. Estavam ambos lindos. Eu fui de merluza. Um dos pratos mais deliciosos que já comi na minha vida, sem força de expressão.

CARACOLA9 10930154_772465492842282_8541219265750431966_nSobremesa servida à francesa: brownie com calda de frutas vermelhas (me perdoem, mas não registrei o que era essa caldinha branquinha). tudo incrivelmente saboroso. Havia também uma mesa de doces, que passei longe. Terminado o almoço, voltamos para nossas cabanas. Santiago avisou que mais tarde seriam servidas tostadas de jamón e queso. Não me imaginei comendo ainda mais. Quando Santiago chegou com as tostadas, cerca de duas horas depois, olhei de longe, estavam um escândalo, tostadinhas, rellenas e feitas com pão de pita. Dei apenas uma dentada na do Chico e agradeci o restante.

CARACOLA 5 10906310_772465309508967_8350689064078669491_nPassado todo o serviço impecável, as comidinhas e drinques deliciosos, os muitos banhos de mar revitalizantes, o sol começou a se pôr no horizonte avisando que um dia incrível e para lembrar para sempre começava a chegar ao fim

CARACOLA15 10915260_772465136175651_3559046850560447971_nHora de levantar o acampamento, recolher jornais e revistas e pegar a balsa de volta. Hora do Chico fazer mais uma selfie (estava inspiradíssimo para selfies….)

CARACOLA16 10444349_772465156175649_2119077394347290832_nHora da Ju fazer uma selfie con la puesta del sol ao fundo…

CARACOLA 2 10311360_772465236175641_7785020849516280174_nE mais uma selfie cheia de animação…

CARACOLA1 10928850_772465189508979_1140717342228258485_nE mais uma última selfie voltando na balsa!

E assim termina essa história de oito horas vividas ao lado de amigos queridos no La Caracola, com um serviço de primeira, com sabores incríveis, com uma experiência que levarei para sempre na memória e no coração. Da próxima vez, juro que acharemos um jeito de o animal ser dos incluídos.

bento1QUERO ME ESPOJAR NAS AREIAS DO LA CARACOLA

olivia10EU TAMBÉM

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻