AMIGA MARI conta por que o boné ganhou sinal verde da moda e merece atenção

Pois então… Devo confessar: não foi nem resistência a usar boné. Foi sequer imaginar que ele poderia, sim, ser um acessório amigo nesta vida urbana da cidade bem longe da praia e das férias. No dia a dia cosmopolita, mesmo em passeios de fim de semana, sempre associei o boné à adolescência, à juventude de seus no máximo 20 anos. Foi então que comecei a perceber um movimento de ode ao boné entre as mulheres de seus 30, 40, 50 anos. O resultado: um visual cheio de personalidade e super versátil, que combina com jeans, vestidos e até alfaiataria, pode acreditar.

O boné feminino é uma peça que esteve em alta nos anos 80 e 90 (a moda atual anda revisitando essas décadas, também por isso essa avalanche de bonés!). Boné, tenha claro, não é tudo igual. Os modelos mais tradicionais são de aba reta e aba curva.

bone aba retaBONÉS DE ABA RETA
Ele são os preferidos da juventude muito em função de sua origem: popularizou-se nos Estados Unidos com os rappers e chegou por aqui na onda dos MCs.

cap-retoABA RETA SEM FRONTEIRAS
Repara só como ele cruzou as fronteiras desses dois universos e ganhou as ruas em produções super modernas e contemporâneas

bone-curvaBONÉ DE ABA CURVA
A modelagem com aba curva é uma opção mais esportiva e descontraída. Funciona mais para quem tem o rosto miudinho. Particularmente, eu acho mais feminino. Os meus bonés são de aba curva (tenho dois e estou apaixonada por este modelo rosé). O que devemos levar em conta na escolha é sempre a proporção do tamanho do boné com o tamanho do rosto, sem muito mistério.

chapeu-mari-capa1MARIANA E SEU BONÉ CAMUFLADO
Este é meu xodó de aba curva e que redescobri recentemente em uma limpeza no armário. Tem seus bons 10 anos e está mais atual do que nunca com essa tendência do camuflado e do militarismo na moda outono inverno. No verão, funciona como ótimo aliado para proteger a pele do sol. No inverno, pra proteger a cabeça do frio. Vocês sabem onde comprei? Não vão acreditar! Kkkkkk. Nova York? Londres, Paris? Que nada! Estava a caminho de uma palestra em uma escola na cidadezinha de Colorado, interior do Estado, quando o ônibus fez uma parada em um restaurante. Desci para tomar um café e o boné me acenava na estante! Feitos um para o outro!

cap-curva1ABA CURVA NAS RUAS
Se quiser experimentar esta moda, prefira modelos de cores discretas e sem símbolos e marcas em letras garrafais

Precisamos falar sobre boné preto. Eis o coringão master, o básico dos básicos e o chique dos chiques. Um boné de couro ecológico no inverno é um up em qualquer estilo. Acho lindo e tem muita personalidade, pois trata-se de um modelo versátil que fica lindo com uma produção preto total e também misturado a um visual com cores fortes. Ele passeia com jeans destroyed, saia rodada, legging, salto alto… Dá uma olhada no perfil camaleônico do boné preto!

cap-curva

pretopreto1preto2preto3preto4cap9

Antes que vocês me perguntem (porque sempre perguntam) se têm idade para usar boné, reitero: não existe idade certa quando estamos em paz com nosso estilo. Se você não se imagina de boné aos 20 anos, ok. Se você adora e faz sua cabeça aos 60, maravilhoso. O que a gente tem que levar em conta é o fato de estar confortável com aquilo que usamos. Ah, sem falar, claro que é um baita parceiro naqueles dias de bad hair day!

dsc066892OLHA ESSA IMAGEM QUE ENCONTREI DA GLORIA KALIL DE BONÉ!

giseleGISELE É OUTRA BRASILEIRA SUPER ENTUSIASTA DO BONÉ DESDE SEMPRE

Elaborei uma seleção de imagens super inspiradoras para você entender melhor como esta tendência anda apresentando-se por aí! Antes de me despedir, fica o convite pra me seguir no Instagram: @mari_kalil

cap25cap24cap23cap22cap20cap19cap18cap17cap16

NEW YORK, NY - SEPTEMBER 12: Model Sara Sampaio outside Jeremy Scott on September 12, 2016 in New York City. (Photo by Christian Vierig/Getty Images)

cap14cap13cap12cap11cap10cap8cap7cap6cap5

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

2 Comentários
  1. Oi Mari, amei o post sobre boné, mas sinto falta, de um modo geral, de fotos com mulheres de 50 ou 60 anos, ou essa moda é só pra mulheres mais jovens?

  2. Oi Mari, esta tendência do boné é só para mulheres mais jovens ou cabe também para mulheres de 60 anos? Sinto falta, de modo geral, de fotos sobre moda e tendências, com mulheres mais velhas. Tenho 60 anos e muito do que é tendência, gostaria de usar mas não sei se cabe pra minha idade. Obrigada.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻