Por que medito e por que cientistas recomendam a meditação contra o stress

Medito todos os dias. Não tenho horário fixo. Medito quando meu corpo e minha mente me chamam para o meu quarto de meditação. Isso acontece quase sempre quando estou ansiosa por algum motivo, estafada do trabalho ou perturbada com algo para o qual não encontro resposta. A meditação recarrega minhas baterias e elucida todas as questões que se apresentam. Vinte minutos são suficientes para sentir como se tivesse acabado de despertar de uma noite de sono profundo e restaurador.

bento1117ELA FICA OUTRA PESSOA

Aprendi a meditar sozinha e não há mistério algum na prática. A meditação entrou na minha vida como decorrência do ioga, que pratico há 15 anos. Ioga requer atenção na respiração, a respiração é fundamental para acalmar a mente e assim uma coisa foi levando à outra. Medito sentada, com as pernas cruzadas, uma vela acesa, música de fundo. Fecho os olhos, inspiro, expiro e fico concentrada na respiração até que chega o momento em que consigo me conectar com o maravilhoso mundo interior que existe dentro de nós. Nossa preciosa caixa preta. Nós, nosso Eu maior.

A meditação me torna um ser humano melhor e não há nada mais significativo e valioso para mim do que sentir que estou evoluindo na minha caminhada. A meditação acalma, acaricia, conforta e compreende o mundo e as pessoas. A meditação nos leva ao encontro da fé, e a fé nada mais é do que acreditar, e acreditar é querer, e querer é poder. A fé não é mental, ela é sentida. Ou se tem ou não se tem fé – e é possível alimentá-la através da meditação. A meditação permite que a gente dê aos problemas a devida proporção que eles merecem – e isso é libertador, porque a meditação mostra que, na grande parte das vezes, nossos problemas são menos reais e muito mais imaginários.

meditacaoESTA É MINHA POSTURA DURANTE A PRÁTICA
Mas cada um medita como se sente melhor. Há quem prefira meditar em pé

Toco neste assunto porque fiquei sabendo do resultado de estudo realizado com executivas de uma grande empresa, a Natura, envolvendo a meditação. Esse estudo foi conduzido por pesquisadores do Instituto do Cérebro do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, em parceria com a Associação Palas Athena. Durante oito semanas, 70 mulheres que ocupam cargos de liderança na Natura participaram do programa, que consistiu em encontros presenciais semanais com 1h30 de duração. Também foram orientadas a seguir a prática em casa pelo menos quatro vezes por semana, durante 15 minutos, guiando-se por áudios recebidos.

+MARI KALIL: O aperto no peito é ansiedade. Não sou a única. Somos muitas!

Os resultados, gerados a partir de questionários validados na literatura científica, mostraram que o stress, uma das principais queixas das mulheres, foi reduzido em 35,3% em relação ao mês anterior à pesquisa. Também houve melhora nos sintomas psiquiátricos, geralmente associados ao stress. Sensações de tristeza e preocupação, por exemplo, diminuíram em 27,84% dos casos. Também houve 14% de redução em emoções negativas, como medo e irritação. Exames de ressonância magnética funcional realizados nessas mulheres verificaram uma mudança no padrão de funcionamento do cérebro antes e depois da adoção das práticas.

benefits-of-medidationBENEFÍCIOS DA MEDITAÇÃO SÃO INCONTÁVEIS
Reduz dores, aumenta o sistema imunológico, diminui a depressão, ansiedade e confusão mental, promove calma e equilíbrio, ajuda em doenças do coração, aumenta a energia e reduz o estresse

Percebo que há muita curiosidade e busca das mulheres pela prática da meditação – e muita desinformação também. Quem me segue no Instagram e acompanha meu Instagram Stories acaba conhecendo um pouco deste hábito. Dia desses, comentei com minha terapeuta holística, a Eliane Dutra, a quem carinhosamente chamo de Nana, este desejo das minhas seguidoras em aprender a meditar, e a Nana comentou que pensava em colocar em prática um curso para principiantes. Bastou gravar um vídeo a respeito que recebi em menos de meia hora 25 mensagens de interessadas. Fico feliz. Incentivo demais a meditação para nossa saúde e bem-estar físico e mental.

Como diz uma frase hindu, “a ação perfeita é fruto da meditação perfeita”.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

2 Comentários
  1. “A meditação acalma, conforta, acaricia…” q lindo Mari! Meditação tão acessível e tão curativo! Talvez só a indústria farmacêutica não fique feliz com a revolução q ela provoca na vida de quem pratica! Continue divulgando, pfv!

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Repost @vitalvetpoa “Desejamos que todos os nossos amigos e clientes tenham uma segunda-feira igual à do Bento: agarradinho na sua almofada enquanto curte sua sessão de acupuntura naquela sonequinha gostosa com a língua de fora”. Meu agradecimento eterno. Quem ama cuida. 🐶♥️
  • Que o vento leve o necessário e nos traga o suficiente. ♥️🐶🙌🏻 #bento #xerife #companheirodejornada
  • Figos de Elsa! 👌🏻
• Seleciona lindos figos
• Corta a tampa rente ao talo
• Retira um pouco da polpa, coloca em um pratinho fundo, acrescenta queijo gorgonzola, amassa e mistura bem os dois
• Retorna com esse recheio para dentro do figo
• Pouco antes de servir, leva ao forno para gratinar rapidinho
• Na hora de levar à mesa, escolhe um prato bonito, faz algumas ranhuras com mel, polvilha flor de sal e voilà! Bon appétit! #entradinhadofindi #dicadamari #coisasdeelsa
  • Patricia foi minha boxer dos cinco meses de vida aos 12 anos de idade. Ganhei a Patricia de presente e fiquei muito incomodada. Cachorros têm sentimento, coração, pulmão. Cachorros não são vasos, lustres, sabonetes. Cachorros não são presentes que devemos ganhar sem o nosso consentimento. E a Patricia entrou na minha vida sem o meu consentimento. Eu não estava disponível para cuidar da Patricia naquele momento, eu estava com passagem comprada para São Paulo, contratada para um novo emprego, para um outro estilo de vida que exigia demais da minha capacidade profissional. Então, curti a Patricia por alguns meses, mas precisei ir embora. Durante anos, ela viveu na casa dos meus pais, e eu pedia notícias diárias por telefone. Voltava a Porto Alegre sempre que podia para que ela soubesse que meu comportamento não significava abandono, apenas nos encontramos em circunstâncias desfavoráveis. Pra mim; pra ti; pra nós duas, Patricia. Quando regressei definitivamente a Porto Alegre, Patricia havia acabado de completar 12 anos de idade. Ela sabia desde sempre, por mais de uma década, que pertencia a mim, e eu a ela. Aproveitamos nosso último ano com passeios em ritmo lento, com suas bochechas esbranquiçadas, com a fidelidade rara que só os animais conhecem. Ela partiu pouco tempo depois. Comemos um cheeseburger juntas no nosso último dia sentadas na grama do parque - e o bafo do queijo com mollho de catchup com maionese naquele pão ela sopra de quando em vez no meu nariz, durante a madrugada. Patricia desapareceu dos meus olhos, mas segue onipresente em cada minuto da minha vida. E eu tenho certeza que quando for a minha hora de cruzar a porta que leva para o outro lado da vida, ela estará lá, abanando o rabo e com o focinho rosinha para me buscar. #tbt. Porto Alegre, março de 1999
  • Minha irmã que criou. Minha irmã que me deu. Chato ter uma irmã assim, vai dizer?! 😜#convexoshoes #lojaconvexo #convexopoa #slipon #trendalert #animalprint
  • A vida é uma via de mão dupla. Durante anos, Bento deitou aos meus pés esperando, companheiro e paciencioso, o final de uma jornada extenuante de trabalho. Agora, chegou a minha vez de adequar o meu trabalho ao seu tempo, ao seu espaço, ao seu ritmo. ♥️🐶 #bento #xerife #18anosjuntos #companheirodejornada