Por que medito e por que cientistas recomendam a meditação contra o stress

Medito todos os dias. Não tenho horário fixo. Medito quando meu corpo e minha mente me chamam para o meu quarto de meditação. Isso acontece quase sempre quando estou ansiosa por algum motivo, estafada do trabalho ou perturbada com algo para o qual não encontro resposta. A meditação recarrega minhas baterias e elucida todas as questões que se apresentam. Vinte minutos são suficientes para sentir como se tivesse acabado de despertar de uma noite de sono profundo e restaurador.

bento1117ELA FICA OUTRA PESSOA

Aprendi a meditar sozinha e não há mistério algum na prática. A meditação entrou na minha vida como decorrência do ioga, que pratico há 15 anos. Ioga requer atenção na respiração, a respiração é fundamental para acalmar a mente e assim uma coisa foi levando à outra. Medito sentada, com as pernas cruzadas, uma vela acesa, música de fundo. Fecho os olhos, inspiro, expiro e fico concentrada na respiração até que chega o momento em que consigo me conectar com o maravilhoso mundo interior que existe dentro de nós. Nossa preciosa caixa preta. Nós, nosso Eu maior.

A meditação me torna um ser humano melhor e não há nada mais significativo e valioso para mim do que sentir que estou evoluindo na minha caminhada. A meditação acalma, acaricia, conforta e compreende o mundo e as pessoas. A meditação nos leva ao encontro da fé, e a fé nada mais é do que acreditar, e acreditar é querer, e querer é poder. A fé não é mental, ela é sentida. Ou se tem ou não se tem fé – e é possível alimentá-la através da meditação. A meditação permite que a gente dê aos problemas a devida proporção que eles merecem – e isso é libertador, porque a meditação mostra que, na grande parte das vezes, nossos problemas são menos reais e muito mais imaginários.

meditacaoESTA É MINHA POSTURA DURANTE A PRÁTICA
Mas cada um medita como se sente melhor. Há quem prefira meditar em pé

Toco neste assunto porque fiquei sabendo do resultado de estudo realizado com executivas de uma grande empresa, a Natura, envolvendo a meditação. Esse estudo foi conduzido por pesquisadores do Instituto do Cérebro do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, em parceria com a Associação Palas Athena. Durante oito semanas, 70 mulheres que ocupam cargos de liderança na Natura participaram do programa, que consistiu em encontros presenciais semanais com 1h30 de duração. Também foram orientadas a seguir a prática em casa pelo menos quatro vezes por semana, durante 15 minutos, guiando-se por áudios recebidos.

+MARI KALIL: O aperto no peito é ansiedade. Não sou a única. Somos muitas!

Os resultados, gerados a partir de questionários validados na literatura científica, mostraram que o stress, uma das principais queixas das mulheres, foi reduzido em 35,3% em relação ao mês anterior à pesquisa. Também houve melhora nos sintomas psiquiátricos, geralmente associados ao stress. Sensações de tristeza e preocupação, por exemplo, diminuíram em 27,84% dos casos. Também houve 14% de redução em emoções negativas, como medo e irritação. Exames de ressonância magnética funcional realizados nessas mulheres verificaram uma mudança no padrão de funcionamento do cérebro antes e depois da adoção das práticas.

benefits-of-medidationBENEFÍCIOS DA MEDITAÇÃO SÃO INCONTÁVEIS
Reduz dores, aumenta o sistema imunológico, diminui a depressão, ansiedade e confusão mental, promove calma e equilíbrio, ajuda em doenças do coração, aumenta a energia e reduz o estresse

Percebo que há muita curiosidade e busca das mulheres pela prática da meditação – e muita desinformação também. Quem me segue no Instagram e acompanha meu Instagram Stories acaba conhecendo um pouco deste hábito. Dia desses, comentei com minha terapeuta holística, a Eliane Dutra, a quem carinhosamente chamo de Nana, este desejo das minhas seguidoras em aprender a meditar, e a Nana comentou que pensava em colocar em prática um curso para principiantes. Bastou gravar um vídeo a respeito que recebi em menos de meia hora 25 mensagens de interessadas. Fico feliz. Incentivo demais a meditação para nossa saúde e bem-estar físico e mental.

Como diz uma frase hindu, “a ação perfeita é fruto da meditação perfeita”.

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

2 Comentários
  1. “A meditação acalma, conforta, acaricia…” q lindo Mari! Meditação tão acessível e tão curativo! Talvez só a indústria farmacêutica não fique feliz com a revolução q ela provoca na vida de quem pratica! Continue divulgando, pfv!

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Penteados e escovados para a primeira de muitas noites de autógrafos de Vida Peregrina, que me levaria à lista dos livros mais vendidos do país e confirmaria Bentolino como um dos personagens mais importantes da minha existência como escritora. Seis anos hoje. Saudade, Xerife. ❤️🐶📘 #tbt #2013 #vidaperegrina #livromarikalil
  • Éramos uma família de bageenses morando no Rio e nossa família multiplicava-se com mais bageenses que chegavam no Carnaval. Tudo começava ao cair do sol com um primeiro chope para brindar a união e terminava com corpos ao mar pra curar o ressacão. Lembrança do nosso primeiro bailinho em que eu me retorci para entrar em uma fantasia de odalisca tamanho 14 comprada em uma loja infantil de Ipanema. É que ainda estava borracha da noite anterior. Borrachos entendem. 🍺
Casa da @renatabrasilvidal e do @marcelogoskes; Rio de Janeiro, Carnaval 2006. #tbt
  • Ter o privilégio de passar horas e horas conhecendo muitas das minhas perseguidoras faz a gente mais feliz. Ser recebida com carinho pelo @centrocarinaborges, que abriu suas portas para este momento tão especial de beleza e amizade faz a gente mais feliz. Poder oferecer a excelência dos produtos da @farmathuia para as amigas da Mari faz a gente mais feliz. Servir os melhores quitutes fit da @feeljoy.com.br e a delícia do capuccino proteico do @mundoverdeiguatemipoa faz a gente mais feliz. Rodopiar com um vestido de seda floral da @boutiquemariahelena capaz de traduzir com maestria meu estado de espírito faz a gente mais feliz. Felicidade é encontrar alegria na alegria dos outros; felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente. Obrigada a todas que hoje fizeram meu dia muito, muito mais feliz! ✨🙏🏻❤️
  • Quem nunca aplicou uma dessas?! 👆🏻
  • Me diga se pode existir desgraceira maior do que chegar ao vestiário de natação molhada em cima de um par de chinelos molhados, com o cabelo todo desgrenhado, com o rosto todo marcado dos óculos e ainda ter que pegar a sacola, botar a sacola em cima de um banco, abrir a sacola, retirar os saquinhos plásticos para guardar o maiô encharcado junto com a touca e o óculos, pegar a nécessaire, sair equilibrando toalha, xampu, sabonete e condicionador até o box, sempre pisando naquele chinelo nojento molhado, tomar banho na companhia de fios de cabelos de terceiros, recolher sabonete, condicionador e xampu, secar um por um com a toalha, se enrolar na tolha, voltar pingando até o armário em cima daquele chinelo nojento molhado, abrir o armário, abrir a sacola, guardar o xampu, o condicionador e o sabonete dentro da nécessaire, retirar o pente, desembaraçar o cabelo cuidando para não deixar fios caírem no chão, passar hidratante na volta dos olhos, sérum facial, creme com proteção solar, hidratante corporal, vestir a roupa toda amassada dentro da sacola, sentar no banco com o pé ainda molhado em cima daquele chinelo nojento com fio de cabelo de terceiros grudados na sola, secar dedinho por dedinho, colocar o sapato, secar o chinelo, ensacar o chinelo e terminar a maratona botando os bofes para fora do calorão que sai daquela quantidade de chuveiros quentes e secadores ligados. 
Me diga: pode existir desgraceira maior?!
  • Tenha coragem para as grandes adversidades da vida e paciência para as pequenas, e quando tiver cumprido laboriosamente sua tarefa diária vá dormir em paz. Deus está acordado. (Victor Hugo).