Mari Kalil: Vou conhecer a Casa Rio Branco e a OAK e o Bento não está convidado

Tem coisas que a gente deveria saber e não sabe; conhecer e não conhece. Uma delas é a Casa Rio Branco. Eu, uma moradora de Porto Alegre, confesso que já deveria ter ficado sabendo da existência deste lugar. Mas nunca é tarde. Saber, agora, já sei. Resta conhecer.

papa-leguas-250508CASA RIO BRANCO, AÍ VOU EU

Como praticante de ioga e amante dessa filosofia de vida, me identifiquei no ato. A Casa Rio Branco se auto denomina um “ambiente para despertar o que há de melhor em nós através da filosofia do Yôga. Um espaço para convívio, cursos, palestras e práticas”. A proposta é ensinar o ioga antigo (tããããooooo perdido com esses modismos de chamar de ioga tanta coisa errada que a gente vê por aí). Há aulas para os mais variados perfis de praticantes, desde quem deseja começar até os avançados.

croaciaESTA SOU SOU PRATICANDO NO PÔR DO SOL DE DUBROVNIK, NA CROÁCIA

bento1122ELA PODIA USAR BIQUÍNI BRANCO NAQUELA ÉPOCA

mulher-blusa-vermelha-nao-quero-ver2ERA FELIZ E NÃO SABIA

Outra das coisas que a gente devia saber e não sabe; conhecer e não conhece é a OAK – One of a Kind. Pois ainda dá tempo, já que inaugura seu espaço físico de showroom nesta sexta-feira, 7 de outubro, na Rua Francisco Ferrer, 441/204, em Porto Alegre. Mas o que é a OAK, Mariana? A OAK é um portal que leva moda para a vida das pessoas de forma mais consciente, oferecendo duas alternativas para consumir com propósito: comprando de quem produz ou dando vida a novas peças que procuram novos closets.

fc4648295f144be12e2c38d09e06737e

A MARCA PREZA, DE ÓCULOS DE MADEIRA, ESTÁ À VENDA NA OAK

oculosESTA SOU EU COM MEU AMADO ÓCULOS DE MADEIRA

bento1122SE ACHANDO LINDA

you_hair_mariana_cara3MUSA

bento1122ELA É MUITO SEM NOÇÃO

O site da OAK possui a sessão Brechó e a seção Marcas OAK – duas partes que se complementam para quem quer fugir do fast sem abrir mão do fashion. Após alguns meses com presença apenas no universo online, nesta sexta-feira o portal inaugura um ponto físico, com as duas sessões do site em um lugar só, com peças únicas de brechó e acervo de grifes autorais.

bento1122VAMOS?

screaming-woman11CLARO!!

Vamos marcar hora, porque o showroom conta com atendimento personalizado e só atende com hora marcada. Basta ligar ou mandar email. Porque daí o que acontece: quando chegarmos ao showroom, depois de termos respondido a um questionário, já estarão separadas as peças 38 que servem na gente.

bento1122QUE SERVEM EM QUEM?

Que servem em mim, em quem mais vai ser?

bento1122TRINTA E OITO?

Sim.

bento1122ELA PAROU NO TEMPO DA CROÁCIA

O legal de um trabalho como o da OAK é a busca incessante por novas marcas de perfil sustentável, que tenham produção local e trabalhem com tiragens menores de peças com design autoral. Algumas que já fazem parte do time: ADA, ASAP, Côté, Céu Handmade, Envido, Mutta Shoes, PAT, Preza, QR Shirts, Rouge Concept, Saúde Criança, Shieldman.

bento1122LIGA AGORA PRA GENTE IR LOGO

A gente quem, cara pálida?

bento1122EU E TU

shouting-woman1VAI SONHANDO

olivia10-350x499BENTO É DESAFORADO E DEPOIS NÃO QUER FICAR DE CASTIGO

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

1 Comentário
  1. menina!
    me deu até um desanimo te ver naquela pose, naquele pôr-do-sol, com aquele corpo! ainda bem que o animal já te botou mais perto das mortais, tipo eu kkkk

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.