Mari Kalil: A receita de camarões salteados e batatas bravas que causou no meu Instagram

Perejil é uma palavra que entrou para o meu vocabulário espanhol quando morei em Barcelona. Tudo era perejil. Tudo tinha perejil – e aprendi a amar perejil. Perejil em tradução livre para o português é salsinha. Esta linda!

Olha!

19salsaUM DOS MEUS VASINHOS EM CASA

Desde então cultivo vasos e vasos de salsinha e coloco salsinha em tudo. Aqui em Punta del Este, onde me encontro até o fim do verão, a culinária também gira em torno do perejil, ingrediente onipresente em nossa cozinha. Dia desses, minha maninha Lulu atacou de chef 5 estrelas e disse que prepararia o jantar para nós – eu, ela e Alemoa. Fiquei incumbida de ir ao porto comprar lulas e camarões crus e descascados. Enquanto isso, elas foram ao supermercado providenciar o restante dos ingredientes. Postei toda a saga no Insta Stories (@mari_kalil) e foi tamanha comoção de seguidoras queridas pedindo a receita que achei mais prático e informativo avisar que faria um post.

apresentador-de-circo2SENHORAS E SENHORES

tamborBAM BAM BAM

apresentador-de-circo2A RECEITA DO PRATO CINCO ESTRELAS DA LULU

Olha!

img_3064OOOOOOOOOHHHHHHHHHHHH!!!!!!
Camarões e lulas com batatas bravas!

Com a palavra Lulu!

lulunOI, GURIAS! ANOTEM AÍ!

“Marinei o camarão com limão, pimenta do reino, alho e um pouquinho de sal. Deixei marinando durante uma hora. Peguei uma chapa bem quente, coloquei um fio de azeite de oliva e tisnei um por um, de um lado de outro, tipo bife, sabe? Tem que cuidar para não tisnar demais, ou o camarão em vez de ficar croc fica borrachudo. Algo muito importante: tem que ser camarão cru, aquele cinza. O pré-cozido não funciona neste prato. Com as lulas, o processo foi o mesmo. No final, salpiquei com bastante salsinha e servi com pedaços de limão para colocar em cima”.

woman-question18E AS BATATAS BRAVAS, LULU?

lulunOI, GURIAS, ANOTEM AÍ!

“Cozinhei as batatas e cortei em pedaços mais ou menos iguais com casca e tudo. Depois de cozidas e cortadas, coloquei em uma forma com um fio de azeite de oliva por cima delas, salpiquei sal grosso, pimenta do reino e finalizei com alecrim e levei ao forno bem quente. Uma dica importante: o melhor é só levar a batata ao forno quando ela tiver em temperatura ambiente, ou, melhor, ainda, deixar um tempo na geladeira depois de cortadas e cozidas. É que é justamente o choque da temperatura da batata gelada com o forno bem quente que dá aquele croc na casquinha”.

Palmas pra Lulu!

palmas-12

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Transformação do dia para o Band Mulher. Vivo uma certa afeição por conjuntinhos. Aquela coisa de não precisar pensar, sabe assim? 👌🏻 #twentyfourseven.poa
  • Pra quem conhece alguém precisando cair na real 👌🏻🍷
  • Bad hair day e antenas brancas a gente não vê por aqui! 👌🏻 #mariespertinha #truquedeestilo #turbante #veludo #youhairstore
  • Que Nossa Senhora Aparecida esteja sempre contigo, Bentolino. Feliz Dia da Criança, meu velho companheiro de jornada há 17 anos ♥️🙏🏻🐶 #bento #xerife
  • Transformação do dia para o Band Mulher #semfiltro #grupobandrs #twentyfourseven.poa
  • Né?! 👌🏻🤣