Madame Macron: o estilo de poucas cores de Brigitte, primeira-dama da França

Emmanuel Macron, o presidente da França, tornou-se o chefe de Estado mais jovem do país. Governa em favor de uma Europa unificada, estuda filosofia, é rico culturalmente, pertence a uma nova classe política e tem uma esposa 24 anos mais velha. Aliás, o assunto sobre a diferença de idade entre Macron, 39 anos e Brigitte, 64, povoou toda a eleição francesa. Agora, o país e os meios de comunicação franceses rendem-se a esta mulher cheia de estilo, bom gosto e bem viver. Brigitte Macron é a capa da Elle francesa deste mês –  e ofereceu uma entrevista exclusiva ao veículo europeu sobre sua vida, seu estilo e o casamento com Emmanuel Macron.

briCAPA DE REVISTA
Na capa, clicada no Palácio Élysée, Brigitte aparece com uma jaqueta creme da Dior e jeans da Saint Laurent

Se as primeiras-damas já são objeto de vigilância e análise exacerbadas em todo o mundo, que dirá uma primeira-dama 24 anos mais velha. No caso de Brigitte, o tema principal é a idade, e sua idade, por si só, já transforma Macron em um homem adorável para a imprensa francesa em geral e muitos veículos nacionais e internacionais em particular. O novo presidente francês ganhou cinco capas da revista Paris Match – sempre com manchetes simpáticas por formar par com uma mulher mais de duas dezenas de anos mais velha.

macronBRIGITTE E EMMANUEL MACRON: OS NOVOS INQUILINOS DO PALÁCIO DO ELISEU

macron7O CASAL EM UMA DAS CAPAS DA REVISTA PARIS MATCH

Na posse de Macron, no domingo 14 de maio, a primeira-dama vestiu um traje da Louis Vuitton. O conjunto azul de três peças foi concebido especialmente para ela pelo estilista Nicolas Ghesquière, diretor artístico da marca. A bolsa e os sapatos de Brigitte também foram fornecidos pela LV. Assessores do presidente garantem que tudo foi “emprestado” para a posse. Ela já tinha aparecido com roupas da Louis Vuitton quando o casal comemorou a vitória no Museu do Louvre.

briTRAJE DE PRIMEIRA-DAMA
No dia da posse, com roupa, sapatos e bolsa Louis Vuitton e a escolha do azul, sua cor preferida.

O casal se conheceu quando ela era professora de teatro, e Macron seu aluno. Na época, era casada com o banqueiro André Auzière e já tinha três filhos. Segundo a revista Vanity Fair, ela tem o crédito de ter influenciado a visão de Macron sobre mulheres na política. Na época das primárias, ele prometeu:

– Se eu for eleito… Não, desculpe, quando nós formos eleitos, ela vai estar lá, com um papel e um lugar para ocupar.

Brigitte não gosta do termo primeira-dama, traduzido para o francês como première-dame. “Sempre que eu ouço esse termo, me sinto inclinada a olhar sobre meu ombro e dizer: desculpe, com quem você está falando? Para mim, eu não sou a primeira nem última dama. Eu sou apenas Brigitte Macron.”

macron1DE EX-PROFESSORA A PRIMEIRA-DAMA: CONSELHEIRA DO PRESIDENTE

Segundo o jornal Le Monde, Brigitte é uma das pouquíssimas pessoas autorizadas a criticar Macron por alguma atitude errada ou discurso ruim. Às vezes ela faz isso uma maneira “brutal”, revelam amigos próximos do casal. Para Macron, “ela é um pouco de mim, e vice-versa”.

De acordo com a edição brasileira da revista Elle, nas dez páginas da entrevista exclusiva, ela aparece também com um vestido vermelho de inspiração biker criado por Nicolas Ghesquière, que, de acordo com ela, é seu amigo íntimo e está entre seus designers preferidos, assim como Karl Lagerfeld, Olivier Rousteing, Alexandre Vauthier e Alaïa.

brigitte-1EDITORIAL DA ELLE
Brigitte em outro momento da sessão de fotos, agora com jaqueta biker de Nicolas Ghesquière, seu íntimo amigo

Brigitte ama comprimentos curtos desde a adolescência. “Eu uso acima dos joelhos, não comprimento mini. Mas eu amava usar minis quando era mais nova, nós escondíamos as peças nas nossas bolsas quando íamos sair… E usávamos ceroulas por baixo para dançar rock ’n’ roll”, descreve Brigitte. “Fui do muito curto para o muito longo — isso até minha avó me ver em um longo e dizer: ‘meu Deus! Você parece uma avó mau-humorada.’ Depois disso, nunca mais!”, contou ela.

Quando perguntada se ela se incomoda com pessoas falando sobre o que ela veste, a professora que se auto-intitula feminista responde: apesar de se importar com estilo, ela não é a pessoa mais apaixonada por moda: “Porque não se interessar por moda, se faz alguma coisa pela indústria fashion francesa? Eu sempre me esforço na forma de me apresentar — é só perguntar para meus filhos ou meus alunos”, diz ela. “Eu nunca saio de casa sem escolher uma roupa e arrumar meu cabelo. Os resultados variam, mas não posso fazer diferente.”

Brigitte tem um jeito de vestir sóbrio e elegante. Nota-se preferência por uma mesma cartela de cores neutras, como preto, bege e azuis – do mais claro ao mais escuro. Conheça o estilo!

macron3
A PREDILEÇÃO PELO AZUL APARECE ATÉ NOS PESADOS CASACOS DE INVERNO
macron4
O COMPRIMENTO ACIMA DO JOELHO DO VESTIDO DE RENDA É EQUILIBRADO PELO CASACO LONGO E PELA ESCOLHA DA MEIA CALÇA ESCURA.
macron9
CASACÃO MARINHO DE OITO BOTÕES: O AGASALHO CLÁSSICO PREFERIDO DO CLOSET DE BRIGITTE
macron5
BLAZER + JEANS + TÊNIS. O ESPORTE CHIQUE ESTÁ PRESENTE NO VISUAL DA PRIMEIRA-DAMA FRANCESA
macron6
BRIGITTE CURTE PRETINHOS BÁSICOS E MODELOS DE COMPRIMENTO MAIS CURTOS E SEM MANGAS. SCARPIN TAMBÉM FIGURA ENTRE SEUS SAPATOS PREFERIDOS
macron8
DE NOVO APARECE A PREFERÊNCIA PELO PRETINHO CURTO E BÁSICO COM SCARPIN
macron10
CACHECOL DE CASHMERE AZUL CLARO: BRIGITTE SEMPRE ENCONTRA UMA FORMA DE CONTEMPLAR COM DESTAQUE A COR PREFERIDA
macron12
O MESMO AZUL APARECE NO CASACO DE LÃ, E AS LUVAS GANHAM TONALIDADE MARINHO
macron14_vale
ELA MANTÉM O ESTILO SEMPRE COM COMPRIMENTOS DE SAIAS E VESTIDOS CURTOS, SCARPIN E O AZUL ONIPRESENTE
405
MARINHO UMA VEZ MAIS NO CASACO LONGO DE SILHUETA SLIM E NA CALÇA DE COURO
macron15
VESTIDO TUBINHO AZUL CURTO E SEM MANGAS: NÃO PODE SER MAIS BRIGITTE TROGNEUX
Compartilhar
mariana

mariana

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é sócia-diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

5 Comentários
  1. Acho que como primeira dama da França ela devera aumentar um pouquinho o comprimento dos vestidos e saias, e as mangas também poderão fazer parte do novo vestuário.

  2. Sinceramente, nem vou entrar na questão da diferença de idade, porém com este corpo, embora magro já exibindo sinais de envelhecimento eu usaria saias mais longas, e também cobriria os braços. não vi nada de elegante nesta primeira dama. corte de cabelo inadequado para o visual, e falta total de cuidados diante do sol sobre a pele.

  3. Bom dia!

    A reportagem está excelente. Achei impressionante que o casal acerta o passo para caminhar. Na maioria das fotos existe uma sincronia das pernas ao caminharem.
    Penso que é um empoderamento das mulheres ela ser mais velha e estar ao lado de um homem mais novo. Atualmente, começando por nosso presidente Temer,ninguém estranha ele ser casado com uma mulher bem mais jovem que ele. Outras autoridades mundiais seguem a mesma linha de terem uma esposa mais jovens. Espero que mulheres mais velhas, que um dia também foram jovens,possam aparecer ao lado de homens mais jovens e não serem discriminadas.Afinal,a experiência são pontos positivos para uma mulher e a beleza é saber aceitar a idade com orgulho de ter vivido e estar viva para novas experiências.
    Abraços,

    Lislei Regina Arozi

  4. Esta mulher vai nos surpreender! Ela tem uma personalidade muito forte que vai transformar esta bobagem da idade em uma “bandeira” muito importante para as mulheres.
    Vamos só aguardar! Beijos Mariana, e sucesso sempre.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • É amanhã nossa palestra na @uniritterdesignweek! O tema: como construir uma marca com conteúdo, transparência e verdade. Obrigada pelo convite @uniritter! Dormindo cedo hoje, hein sócia @mairafranz 😜#implicandocomaloira #uniritter #uniritterdesignweek #9h #CampusdaFAPA
  • Kale Chips: folha de couve crespa, desidratada e temperada com pasta de castanha de caju, pimentão vermelho, suco de limão siciliano e pimenta caiena) 🌶Pensa numa coisa ardida e croc! #semfiltro #urbanfarmcy
  • Pipoca e altos papos ♥️#joãobenício #amordosdindos
  • Muito honrada com o convite da @uniritterdesignweek para ministrar a palestra "Conectando Marcas e Pessoas por meio de Conteúdo com Transparência e Verdade". É na próxima terça 17, às 9h, no Campus da FAPA que subo ao palco com a @mairafranz pra um papo sem fórmula mágica. Todos convidados!!! #uniritterdesignweek #uniritter
  • Então você foi a aluna eleita de hoje para posar no paredão anti-fashion. Motivo? Seu Crocs verde tartaruga 🐢🐢#yoga #sattvashala #aulaonoferiado
  • Super sócias ativando no editorial de moda para a @convexopoa. Moda para a vida real, para a mulher real. Moda para mulheres como a gente, que querem descomplicar a vida. Moda pra mulher que gosta de ser mulher. Vem ver no site MK! #talindo