MARI KALIL: Não há mix de cores impossível para a dinamarquesa Jeanette Madsen

Tenho uma certa inveja branca de quem consegue tirar do armário um casaco azul, uma blusa amarela, uma bolsa berinjela e sair livre, leve e super colorida por aí. Combinar cores é dom, privilégio e estilo de poucas. Não é todo mundo que sabe, não é todo mundo que fica bem – e cabe a cada uma de nós saber se faz nosso estilo ou não. O meu, no caso, não faz. Sou uma pessoa de cores básicas e tons neutros. Mas não deixo de admirar o arco-íris do street style e entre minhas musas e fontes de inspiração está a dinamarquesa Jeanette Friis Madsen.

Editora de moda da revista Costume, Jeanette desenvolveu três talentos: combinar peças entre si, perceber uma tendência antes que ela se instale e incorporá-la antes que vire moda (chamamos essas pessoas de early adopters) e misturar cores aparentemente impossíveis de andar juntas.

Olha!

jeanete
JEANETTE NAS RUAS DE ESTOCOLMO DURANTE SEMANA DE MODA: MAXI TRICÔ VERMELHO COM MANGAS EXTRA LARGE USADO COM ALFAIATARIA ROSÉ

As combinações de Jeanette durante as semanas de moda europeias sinalizam uma teoria cromática bem interessante e confirmam duas tendências:
1) A combinação de vermelho e rosa veio para ficar e graças à combinação de texturas (tricô e alfaiataria) parece mais moderna e contemporânea do que nunca.
2) Dois tons que estão na moda esta estação – o rosa lavanda e o amarelo – são feitos um para o outro.

Almost eatable SFW Foto @thestylestalkercom

Uma publicação compartilhada por Jeanette Friis Madsen (@_jeanettemadsen_) em

Mais divertido do que os looks de Jeanette é a maneira como ela lida com essa capacidade singular: tirando onda das próprias combinações em seu perfil no Instagram. Afinal de contas, quem mais se atreveria a misturar uma blusa laranja com calça de alfaiataria verde e bolsa azul celeste? Só Jeanette.

This went viral Thank you so much Nabile @jaiperdumaveste

Uma publicação compartilhada por Jeanette Friis Madsen (@_jeanettemadsen_) em

Separei algumas imagens para que vocês conheçam melhor o estilo da dinamarquesa que é ícone atual e inspirem-se em suas combinações, sobretudo frente à estação fria e cinza que vem por aí! Porque cor é humor – e a gente precisa dele mais do que nunca no inverno!

jeanette2jeanette3jeanette4jeanette5jeanette6jeanette7jeanette9jeanette10jeanette11jeanette13 00jeanette100jeanette2Copenhague FashionWeek Fall Winter 201600jeanette400jeanette500jeanette600jeanette700jeanette800jeanette900jeanette10

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Três anos de adoção. Feliz Aniversário, minha Gorducha querida. Obrigada por este amor e este olhar ♥️🐶♥️ #18desetembro #adotaretudodebom
  • Né?! 🍫
  • Chipirones a la plancha ♥️ #puntadeleste #uruguay
  • Cumplicidade é saber que temos alguém pra dividir o que não podemos carregar sozinhos ♥️
  • O #tbt de hoje é pra lembrar que faltam três meses para voltar a usar biquíni 😳 #socorro #dietaja #adiosmedialunas 🥐 Praia do Rosa, março de 2009.
  • De pensar que há não muito tempo, Carlos Eduardo dizia que lugar de cachorro era na rua 🤣♥️🐶 #quemteviuquemtevê #chico #gorducha #amordepai