Camisa xadrez é peça versátil e atemporal. Amiga Mari mostra por que é o coringa necessário

Dia desses, abri o guarda roupa para pegar qualquer básico de sempre – me refiro a jeans e camiseta branca – e fiquei ali pensando: “Estou mais bem humorada do que isso”. Então, olhei para uma camisa xadrez pink com azul que comprei na loja Piece of Cake, em Punta del Este, e pensei: “É isso!”. Camisa xadrez tem o dom de levantar meu astral. Se ele já está alto, como era o caso daquele dia, tem o dom de estabilizá-lo ao longo da jornada de 24 horas (sabe como é… temos temos altos e baixos ao longo de um dia, vai dizer?).

Tenho quatro camisas xadrezes no armário – e acredito e defendo que todas as mulheres de todas as idades e silhuetas deveriam ter pelo menos uma camisa xadrez no guarda-roupa. Camisa xadrez é um clássico atemporal e pode ser usada de mil maneiras em mil ocasiões. É aquela peca coringa que confere graça ao look e fica linda aberta, fechada, como uma terceira peça, com vestido, amarrada na cintura…

É para mostrar a versatilidade da camisa xadrez que Amiga Mari entra agora em ação! Se você terminar de ler este post e ainda não estiver convencida, não me chamo mais Amiga Mari!

xadrez-vichyXADREZ VICHY
Esse tipo de xadrez mais miudinho, também chamado de Vichy, é muito elegante e um truque ótimo de estilo para mulheres que desejam disfarçar volumes. Pra não engordar, a dica é escolher sempre um
xadrez com os quadrados menores e menos variação de cor. Xadrez amplo com muito contraste dá o efeito contrário e engorda.

xadrez1ESTILO BÁSICO
Este é o jeito mais simples e mais básico de usar a camisa xadrez: fechada. Quanto mais estruturada, mais certinho fica o visual; quanto maiores e mais largas as camisas (tipo roubei do namorado), mais desestruturado fica o look – o que eu, particularmente, gosto muito também (veremos um exemplo mais abaixo). A ideia do máxi colar dá todo um charme a mais. Está permitido copiar!

xadrez10MÁXI CAMISA
Aqui, o exemplo da camisa oversized a que me referia. Neste caso, prefira sempre um jeans skinny (legging também fica bacana) e um sapato de personalidade, como uma bota ou, no caso do verão, anabela e flatforms, para ganhar mais altura e equilibrar o tamanho da camisa.

xadrez3TERCEIRA PEÇA
Ótima pedida na meia estação é usar a camisa xadrez fazendo as vezes de um casaquinho, como uma terceira peça. Protege do frio com muito charme. Sou suspeita, mas esta ideia de preto e branco é o suprassumo da elegância pro meu gosto.

xadrez-com-listraXADREZ COM LISTRA
Sim, podemos misturas listras e xadrezes. Sim, fica lindo, basta olhar a imagem! Qual é o segredo para não errar? Procurar combinar as cores das duas estampas. Na próxima ida ao shopping, entre em alguma loja de departamentos e tente sozinha fazer esse exercício. Depois que a gente começa e entende, pega um gosto danado por este mix!

xadrez7NA CINTURA
Típico look prático: deu calor? Amarra na cintura. Frio? Veste aberta sobre a camiseta ou com dois ou três botões fechados. Camisa xadrez amarrada na cintura é um baita truque de estilo.

camisa-e-vestdoTOP CROPPED
Agora, com essa moda forte do cropped, que deixa dois ou três dedos da barriga de fora, uma ideia boa para quem quer arriscar usar, mas ainda fica meio assim de se expor, é fazer uso da camisa xadrez como uma espécie de proteção, além de cumprir o papel de agasalhar. Outra dica, que pode ser usada com saias e vestidos, é atentar para o comprimento. Fica muito legal quando camisa, saia/vestido têm o mesmo comprimento. Tênis nos pés e seja feliz!

Montei uma galeria de atrizes, modelos e personalidades cheias de estilo, como Gisele, Jennifer Lawrence, Olivia Palermo e suas turmas para dar ainda mais inspiração e mostrar que o céu não é o limite na hora de investir e usar uma camisa xadrez. Convencida?

Compartilhar
mariana

mariana

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é sócia-diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

1 Comentário

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Faz cara de palestrante, Mariana! 😂😂 Repost from @assessoriafotografica Mariana Kalil durante  a #fbv17 – Feira Brasileira do Varejo
  • Vamos colocar as garras de fora ou descascar um abacaxi?
  • Muito honrada de ser case desta super profissional! ♥️Repost from @lubemfica @ Pessoas se identificam com... pessoas! E é por isso que humanizar a marca pessoal é uma estratégia poderosa: vida real faz sucesso. ✔️ Te convido a ler este texto no blog: www.lucianebemfica.com ✔️Este é um dos temas da aula de Personal Branding na Prática, dia 23/8, em Porto Alegre, no @padrechagascoworking. ✔️ Inscrições no link que está na minha bio.
  • Azul claro pra clarear as ideias! #segundafeira
  • Olivia ♥️
  • Ele é capa de revista! Parabéns @carloseduardosperotto! Sou testemunha diária da tua máxima dedicação à terra! Prêmio merecido! #gentedocampo #dalechiquinho #peludinhosorgulhososdopai 🔝🔝🔝