O Crocs com meias de colegial da marca nova-iorquina Alife é a polêmica da hora

Por si só, o Crocs é um calçado que divide opiniões – o tal “ame” ou “odeie”. Até mesmo os modelos criados por incensados designers, como Balenciaga e Christopher Kane não conseguem consenso. Muito provavelmente, a última invenção envolvendo o Crocs, agora da marca nova-iorquina Alife, também não conseguirá. A inovação desta vez foi incluir meias aos Crocs. Sim, meias que, no caso, não podem ser removidas.

crocs-with-socks-alife-1527777009CROCS SPORT COM MEIAS DE COLEGIAL: CRIAÇÃO DA MARCA ALIFE

Chama-se Sport a criação. Foi idealizada na cor branca, e as meias lembram as clássicas esportivas de colegial: brancas com duas listras em vermelho e azul. Faz parte de uma coleção cápsula que inclui mais dois modelos – o Art em tom cinzento e com aplicações removíveis de alguns dos monumentos mais icônicos de Nova Iorque, como a Brooklyn Bridge e o Empire State Building. Já o Classic, também em tom cinza, recebeu o  logo da Alife gravado em preto, recriando as t-shirts da marca.

alife_crocs_art1_printCROCS ART: ENFEITADO COM MONUMENTOS DE NY

alifeCROCS CLASSIC: LOGOMARCA DA GRIFE EM DESTAQUE

O crocs com meia reafirma o atual fascínio que designers e marcas voltaram a sentir pelas meias, que, nas últimas estações, saltaram do limbo para a glória em desfiles de marcas como a Gucci, ou nos pés de celebridades como Rihanna.

crocs-with-socks-1527782061VAI ENCARAR?

Compartilhar
Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻
  • Início de namoro no balanço. Fazenda Tapera, Santo Augusto, RS. Junho 2007. #tbt #valentinesday2019 ♥️
  • Uma tarde em família descobrindo @pueblogarzon e as maravilhas da cozinha do @restaurantegarzon do super chef @francismallmann 👌🏻🇺🇾🐶 #uruguay #poraí #francismallmann
  • “Não existe uma raça superior. Tem tanto valor um porteiro quanto um médico, porque cada um desempenha o seu trabalho com dignidade e cada um é importante para toda a sociedade. Nós não vamos acabar com os problemas sociais enquanto não mudarmos nossas cabeças e exigirmos dos que estão acima de nós o respeito que o povo tem que ter e merece ter. Tem que nos dar respeito, e não caridade pública, mas respeito”. Dona Mercedes, mãe de Ricardo Boechat. A fruta não cai longe do pé. 🖤 #rip #ricardoboechat