O pub da Horst & Biermann é um recanto para comer e beber bem com jogos e amigos na volta!

Quem segue o curso da margem do Guaíba, em direção ao extremo sul de Porto Alegre, nem repara no portão simples, que mais parece uma garagem, em uma das casas da rua. A não ser por uma placa esculpida em madeira, nada indicaria que ali dentro está um dos bares mais bacanas e divertidos de Porto Alegre. Esse local quase escondido é um paraíso para quem curte cervejas artesanais e uma comidinha caprichada em um local aconchegante para reunir os amigos.

O recanto secreto é o brew pub da cervejaria Horst & Biermann, aberto desde fevereiro de 2015 e que recebe o público de quinta a sábado, das 18h à meia noite. O salão de um antigo depósito abriga a fábrica, que produz cerca de quatro mil litros de cerveja por mês, e o bar, que recebe os clientes para degustar ali mesmo os 12 tipos da bebida feitos na casa.

cervejaria-fachadaA PLACA ESCULPIDA EM MADEIRA: LÁ DENTRO, UMA GRATA SURPRESA

Do salão se pode observar toda a estrutura da cervejaria, com seus barris e fogões para a cocção e a fermentação dos ingredientes. Também se vê a cozinha de onde saem delícias de comer de joelhos, como a pizza caseira cujo pão é feito com malte de cerveja. Sobre o pão fresquinho e saboroso vão coberturas como a marguerita (com manjericão fresco da horta da casa) e carne de panela, preparada pelo próprio dono do bar.

cervejaria-geralSALÃO PRINCIPAL: TODO O MOVIMENTO DE BASTIDORES REVELADOS PARA O CLIENTE

cervejaria-pizza-valePIZZA MEZZO MARGHERITA MEZZO CARNE DE PANELA: DELÍCIAS QUE SAEM DO FORNO

É da paixão de Sandro Biermann e de sua esposa, Carin Horst, ambos de 49 anos, que nasceu este projeto encantador. Quando se conheceram, o gosto pela cerveja foi um dos tantos interesses em comum. Não demorou muito para que Sandro começasse a fabricar a sua própria cerveja. Depois de se desligar de um emprego formal, não teve dúvida: queria investir na sua própria cervejaria.

– Eu queria ter um negócio, e a cerveja artesanal estava ganhando espaço. Como beber cerveja é a nossa paixão, achei que nada poderia ser melhor. E estava certo – comenta Sandro.

Em meados de 2010 ele já fabricava a bebida batizada com os sobrenomes dele e de Carin e vendia em bares da Capital. Sem nunca ter feito grandes cursos e aprendendo tudo pela internet, Sandro foi aprimorando a técnica e o paladar. A comparação com os concorrentes e as suas próprias impressões sobre as qualidades da bebida que fabricava foram tornando o mestre cervejeiro autodidata cada vez mais exigente. Apesar dos elogios do público que conhecia o produto, a confirmação da qualidade veio quando um de seus rótulos, a Stout, ganhou medalha de prata no Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau.

cervejaria-ambienteBREW PUB: DECORAÇÃO COM MOBILIÁRIO ANTIGO TEM MEMÓRIA E AFETO

Em 2015, com o desejo de aproveitar o espaço ocioso no grande depósito às margens do Guaíba onde já funcionava a fábrica, Sandro e Carin apostaram no bar. Depois de juntar peças antigas, reformar outras, planejar e testar fórmulas, o brew pub abriu as portas – que permanecem abertas até hoje. O espaço é uma extensão da personalidade de Sandro, apaixonado por decoração, mobiliário antigo e por peças que possam construir uma relação de afeto e memória entre ele e seus clientes e amigos.

cervejaria-mascoteO ESQUELETO MASCOTE FAZ PARTE DO CLIMA

– Tudo que está aqui tem uma história e significa muito pra mim – afirma Sandro, contando em detalhes a trajetória de cada mesa, cada objeto, cada peça que orna o seu pub.

O resultado é um lugar extremamente aconchegante, onde é impossível não se sentir em casa. Por entre as mesas, jogos de todos os tipos estão disponíveis para a diversão dos convivas: tem xadrez, dama, ioiô, pebolim, futebol de botão, sinuca e até as antigas três marias.

cervejaria-jogos1CARDÁPIO DE JOGOS A ESCOLHER

cervejaria-jogos2MESA DE SINUCA: A TRADIÇÃO DA CERVEJINHA COM O JOGO

cervejaria-tres-mariasTRÊS MARIAS NA MESA PARA QUEM QUISER

Na área externa, perfeita nas noites quentes de verão, um pergolado abriga poucas mesinhas, ao lado da horta e do jardim. Quem fica do lado de fora ganha a dócil e amorosa companhia do mascote da casa, o pastor alemão Tião.

cervejaria-externaÁREA EXTERNA: AMBIENTE CHARMOSO E AGRADÁVEL SOB O PERGOLADO

Para acompanhar todo esse astral, é claro, nada melhor do que as cervejas da casa, servidas em copos de 300ml, 500ml ou em jarras de 1,3 litro. O local também oferece tábuas de degustação com cinco cervejas, normalmente com as variedades menos comuns e que não estão sempre disponíveis no cardápio.

cervejaria-cervejasCOPOS AO GOSTO SO FREGUÊS

cervejaria-copo1OPÇÕES PARA DEGUSTAR SÃO MUITAS

cervejaria-pretaPRETA PARA QUEM CURTE

Ah, mas você é aquela ovelha negra da turma dos cervejeiros que prefere vinho? Tudo bem. Percebendo essa demanda, Sandro incluiu dois rótulos – um tinto e um branco – na carta. E já anunciou a novidade: adaptou uma chopeira para servir espumante. Tudo para agradar a todos os gostos e dividir com os amigos e clientes a sua grande paixão.

cervejaria-espumanteA CHOPEIRA QUE SERVE ESPUMANTE

cervejaria-vinhoCASA SILVA É O BRANCO DO CARDÁPIO DE VINHOS

Cervejaria Horst & Biermann
Rua Orleans, 255, Guarujá, Porto Alegre.
Tel. (51) 9341-7885
www.cervejariahorstbiermann.com.br
@cervejariahorstbiermann

Compartilhar
1 Comentário
  1. Conheci o lugar no ano passado através de uns amigos e hoje é nosso local preferido para reunir a turma, tomar uma excelente cerveja, conversar e se divertir aqui na zona sul.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro. Estaremos te esperando, Chiquinho! Repost @chico_sperotto ♥️🐶🌞
  • • KARL LAGERFELD
10.09.1933 - 19.02.2019 🖤
•”Pense rosa. Mas não use".
•”Calça de moletom é sinal de fracasso. Você perdeu o controle sobre sua própria vida e comprou um moletom".
•”Eu acho tatuagem uma coisa horrorosa. É como viver o tempo todo em um vestido Pucci".
•”Meu maior luxo é não precisar me justificar para nenhuma pessoa.”
•”Gosto que tudo seja lavável. Eu mesmo, inclusive.”
•”Personalidade começa onde a comparação termina.”
•”As melhores coisas que fiz na minha vida, as vi nos meus sonhos. É por isso que tenho um caderno de rascunhos na minha cama.”
•”O politicamente correto, a preservação. Eu acho tudo isso extremamente chato.”
•”Coco Chanel jamais teria feito o que eu fiz. Ela teria odiado.”
•”Sou uma pessoa da moda e a moda não é somente sobre roupas. É sobre todos os tipos de mudança.”
•”Eu amo estar de passagem. Nasci em um porto, em Hamburgo. Então minha mãe disse: ‘É a porta do mundo, mas não é mais do que a porta. Portanto, já pra fora!’”.
#ripkarllagerfeld
  • - Dinda, entra no mar comigo?
- A dinda não gosta de mar gelado.
- Eu queria mergulhar com a dinda.
- Então a dinda vai te dar a maior prova de amor do mundo. E tu vai lembrar pra sempre, promete?
- Prometo, dinda.
E assim foi, e a lembrança eterna será de nós dois. #joaobenicio #amordadinda
  • Ensalada de Durazno: pêssego queimado, folhas verdes, queijo de cabra, pistache, cebola roxa e um molho vinagrete indescritível. Autor: @francismallmann @restaurantegarzon 👌🏻♥️🇺🇾 Detalhes no destaque do Stories
  • Leva um tempo até a gente perceber que por trás da figura de mãe existe também uma mulher como nós. Com gostos, desejos, anseios, vontades, expectativas, decepções. Não dizem que são nas viagens que a gente conhece profundamente a essência dos amores e amigos? Pois viagens também contribuem para aproximar mães e filhas no papel de duas mulheres adultas e companheiras. Em nossas viagens, mãe e eu convivemos com nossas imperfeições e fizemos mútuas descobertas – das profundas às mais comezinhas. Ela bebe pouca água; eu vivo com uma garrafa na mão. Ela critica a minha garrafa; eu critico a falta de água no organismo dela. Ela já planeja a Páscoa do ano que vem; eu ainda nem cheguei no próximo Natal. Ela não compreende a minha falta de planos; eu não entendo a ansiedade dela. Ela pensa em voz alta; eu reflito em silêncio. Ela diz pra eu falar alguma coisa; eu suplico que ela cale a boca por cinco minutos. Ela prefere o sol do meio-dia; eu prefiro o ar-condicionado. Ela diz que estou branca feito um bicho da goiaba; eu respondo que ela está laranja feito um nacho de Doritos. Agora estamos de novo aqui, juntas, em viagem, sentadas na grama da praça de José Ignacio. Que bom, né, mãe? Que bom que a vida nos concedeu este prazo para descobrir ainda a tempo o privilégio de passearmos juntas por aí e explorar como adultas esta delicada amizade — e o que existe de melhor em cada uma de nós. ♥️ #amordemãe #amordefilha #viajecomsuamãe
  • Né?! 👌🏻