O que aconteceu no fantástico mundo de Mariana durante as 48 horas sem internet

Oi, alô, câmbio… Alguém do outro lado da porta? Querem entrar? Bem-vindas! Mariana voltou para o encantado planeta virtual! Depois de 48 horas fora do ar, o site de Mariana vive! Oba! O que eu fiz nessas 48 horas em que fiquei impedida de postar qualquer coisa?

mulher-doidissima5-594x4991FORAM TANTAS EMOÇÕES

As emoções começaram com o suicídio de um ovo de micro-ondas. Sim, eu sei que para fazer ovo no micro-ondas precisamos, ao colocá-lo no potinho, furar a gema para que ela não exploda. Sim, eu aprendi isso na prática depois de explodir umas duas dúzias de gemas – e o pior não foram as gemas suicidas. O pior foi ter que limpar o micro-ondas.

bento1124ELA FALOU COISAS IMPUBLICÁVEIS

Desta vez, no entanto, eu juro: furei a gema. Peguei o garfo e fiz vários furinhos. Mesmo assim, POW!

ovoMOMENTO EM QUE MARIANA ABRIU O MICRO-ONDAS

Fazia um ovo de micro-ondas para comer com o pão da Vivi. A Vivi é prima do Chico e mora em Cruz Alta, cidade distante 380 quilômetros de Porto Alegre, onde mora Mariana. A Vivi tem feito cursos de gastronomia por este Brasil e mundo afora e aproveitou a passagem do Chico por Cruz Alta para presenteá-lo com um pão.

Olha!

IMG_0070OOOOOOOOHHHHHH!!!!

Estou para dizer às amigas que não lembro de ter comido um pão como o da Vivi. O pão da Vivi é de abobora, sem glúten, sem lactose e com uma finíssima fatia de copa (É copa, Vivi? Aquela coisa salgadinha nas entranhas do pão?)

manaELA ESCREVE SEM SABER

bento1124QUANDO EU DIGO QUE ESSE SITE É UM DESSERVIÇO, ELA BRIGA COMIGO

Logo, logo Vivi vai responder. Eu não sei se é copa. Eu só sei que o sabor meio doce da abóbora com o salgadinho da copa, o croc croc croc da casca do pão com a fofura do miolo tornaram Mariana uma dependente do pão da Vivi.

O ovo que Mariana explodiu no micro-ondas era para comer com a última fatia do pão da vivi + azeite de oliva + cottage. Óbvio que Mariana ressuscitou o ovo que jazia inerte no prato do micro-ondas, colocou-o de volta no copo e comeu mesmo assim. A questão agora é que o pão acabou. Pior não é isso. Pior é que o Chico esteve novamente em Cruz Alta, e eu encomendei a ele o pão da Vivi.

bento1124ELE NÃO TROUXE

manaA VIVI DISSE QUE NÃO ERA DIA DE PÃO

woman-feel-irritatedCOMO ASSIM?

Peço encarecidamente a você, querida amiga leitora, de Cruz Alta e arredores: poderia fazer o obséquio de colocar no ônibus um pão da Vivi pra mim? Eu compro a passagem do pão e envio os dados pela internet. Vocês só precisam dar uma carona para o pão até a rodoviária.

Crazy-Woman-1024x536PODE SER?

bento1124ELA É MUITO CARA DE PAU

Quando não estive comendo pão com ovo explodido, estive fazendo minha estréia à mesa da única boutique de pizzas de Porto Alegre, a Pot Porri. Havia hoooooras me ensaiava para ir até lá experimentar as pizzas de massa fininha e croc croc croc. Assim que, uma vez afastada durante 48 horas do mundo virtual por motivos de força maior, achei que era por bem cair nas tentações carnais do mundo real. Convidei meu respectivo marido para me fazer companhia.

bento1119FOMOS DOS EXCLUÍDOS

Cachorro não entra na Pot Porri, Xerife.

bento1124PISADA DAS MÉDIAS

Já eu e o Chico aqui adentramos!

pot porri
foto: fan page pot pourri/destemperados

BEM-VINDAS AO POT PORRI
Estão vendo aquela cadeira ali na varanda à esquerda com um pelego em cima? Pois ali eu sentei!

Optamos pela varanda. Sempre preferimos sentar ao ar livre, se o clima assim permite. Luz baixinha, plantas ao redor… Me senti em um recanto gastronômico em alguma viela parisiense. Pedimos uma cervejinha bem gelada e detalhes sobre o serviço da casa. Optamos em dividir uma pizza e, se fosse o caso (obviamente seria), pedir outra.
– Vamos na pizza de cogumelos? – perguntei ao Chico.
– Vamos! – ele consentiu.

Olha!

pizza cogumelosOOOOOOOOOHHHHHHHH!!!!!

Deliciosa! Recomendo muito pedir que ela venha cortadinha a xadrez para dividir e ficar aperitivando, sabe assim? Aprovadíssima! Muuuito croc, massa bem fininha e feita na própria pizzaria. Óbvio que uma pizza apenas foi pouco. Então, deixei que o Chico tomasse a dianteira para escolher o sabor seguinte.

Agora, me responda você, querida leitora, porque homens em geral têm mania de escolher pizza com lingüiça e outros embutidos?

– Vamos de Mafiosa? – ela perguntou.
– Mafiosa tem lingüiça – respondi.
– Sim, tem lingüiça – ele consentiu.
– Não pode ser algum outro sabor sem lingüiça?
– Tipo?
– Marguerita!
– Vamos experimentar a Mafiosa – ele decretou.

scared-womanPRA QUE COMER LINGUIÇA, ME DIZ?

Com tantos outros sabores, para que pedir uma pizza com lingüiça? Eu não tenho nada contra lingüiça em pizza ou fora da pizza. Como lingüiça apimentada no churrasco, gosto de arroz com lingüiça. Mas neste dia eu simplesmente não estava a fim de comer lingüiça.

manaELA SÓ QUER O QUE ELA QUER

bento1124ELA É MUITO EGOÍSTA

Bebemos mais uma cervejinha e então chegou la Mafiosa!
Olha!

pizza mafiosa valeOOOOOOOOOHHHHHHHHH!!!!

Estava beeeeem boa! Não existe pizza ruim quando a massa é deliciosa e fininha, quando os recheios combinam entre si como dá para perceber em todo o cardápio da Pot Porri. Só que da próxima vez eu vou comer a Marguerita (depois da de cogumelos, claro).

Olha!

pot porri margheritaME AGUARDE, QUERIDA

No maravilhoso mundo de Mariana desconectada durante 48 horas também foi possível descobrir a cura para as coceiras do animal. Eu juro por todos os santos que nunca pensei que isso fosse minimamente provável.

bento1124NEM EU

Aconteceu, no entanto, que mais uma vez Bento apareceu com um dos ouvidos muito feios, vermelhos, coçando e congestionados. Lá se foi o animal para mais uma consulta com a doutora Neusa Pacheco. E qual não foi a maravilhosa notícia: um novo medicamento que acaba de ser lançado substitui essas malditas injeções de corticoide que devemos sempre evitar ao máximo, pois acabam sobrecarregando outros órgãos do corpo.

Sempre procurei evitar ao máximo e espaçar ao máximo as tais injeções. Mas tinha vezes em que Bento entrava em crise, uma crise horrorosa de coceira que só aliviava com o corticoide na veia. Pois este problema acabou!

Woman-prayingOBRIGADA, SENHOR

Como muitas queridas leitoras me escrevem muuuito, mas muuuito mesmo, perguntando como eu faço para lidar com as coceiras do animal, já que muuuitos cães das raças Lhasa Apso e Shih Tzu padecem deste mal, venho por meio desta apresentar o novo tratamento do animal – que levou o animal, já há uma semana a nunca mais se coçar na vida!

Olha!

APOQUELMUITO PRAZER, APOQUEL

Não quero com isso estimular que você, querida leitora dona de lhasas e shih tzus com coceiras, vá até uma pet mais próxima comprar sem indicação de um profissional especializado, ok? Primeiro, por favor, consulte o veterinário e, caso ainda não conheça esse tratamento, converse a respeito com ele. O Bento está tomando um comprimido a cada doze horas nos primeiros quinze dias. Depois, passará a um comprimido por dia até fechar um mês.

bento1124ESTOU DOS MUITO ALIVIADOS

Nunca mais comeu a patinha, nunca mais coçou o lombo, nunca mais ficou resmungando, nunca mais! Parece um milagre. Dorme a noite inteira sem que eu precise grudar meia dúzia de travesseiros na testa dele para que, pelo amor de Deus, não destrua as patinhas.

Por falar em dormir, quem anda dormindo com os deuses nesta casa é uma Lhasa Apso que está cada dia mais folgada: Papaqui. Mês que vem completa-se um ano em que Zizi Papaqui chegou nesta residência vinda de um abandono na rua. Para comemorar antecipadamente, Madame Zizi Papaqui, a cachorrinha que está cada dia mais manheira e folgada, ganhou uma cama nova.

manaEU QUE ESCOLHI

Não é uma cama qualquer, ressalte-se. É uma cama King Size. Uma cama que combina com a pelagem de Zizi Papaqui. Uma cama em que Zizi Papaqui afunda-se e não levanta mais.

Reparem na pose da beldade!

papaquiNÃO QUER MAIS SABER DE LEVANTAR

Então, uma vez em que a escrava de lhasas Mariana acomodou seus dois patrões, uma vez que a tecnologia do site para sua volta ao ar estava quase solucionada, Mariana achou por bem dar-se o direito de um jantar. Sozinha em casa na noite da terça-feira, apos explodir o ovo no micro-ondas, Mariana serviu-se primeiro de uma salada de rúcula com tomate + azeite + gergelim + balsâmico glacê. Em seguida, ofereceu a si mesma o prato principal, receita de sobrecoxa de frango com tempero indiano.

Então, Mariana iniciou o processo de degustação de seu magnífico frango com tempero indiano. Uma garfada, duas garfadas, um cálice de vinho, Olimpíadas na tevê… Foi quando de repente, não mais que de repente…

bento1124UM OSSO ENTALOU NA GOELA DELA

mulher-hysteria3VOU MORRER!!!

Um ossinho daqueles finos e pontiagudos parou atravessado na minha garganta.

bento1124FOI UMA CENA HORRÍVEL

manaELA SAIU CORRENDO PELA CASA

bento1124E VOLTOU CORRENDO PARA A SALA

hysteria23VOU MORRER!!

Então, POW! Estourou um gerador de luz na esquina do prédio. E faltou luz. Então, Mariana, esta que vos escreve, com um osso pontiagudo de galinha atravessado na garganta, correndo pela casa sem luz com dois lhasas no encalço enxergou o seu trágico fim. Mas ele não veio. A energia voltou. O site também. E a certeza de que sempre haverá luz no fim do túnel.

praying-the-rosary-7246213AMÉM

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.