O querido retorno de quem lê

Tem vários aspectos muito bacanas e divertidos de ter este blog.
Alguns deles:
1) Rir de mim mesma
2) Rir dos outros
3) Contas histórias de vida real que fazem parte do cotidiano de gente como a gente
4) Receber o retorno de quem lê em emails e comentários.

HISTÓRIA DESTA MANHÃ: os e-mails e comentários de quem gosta do blog

Posso falar?

EU AMO RECEBER E-MAILS E COMENTÁRIOS!!

Por conta da coluna de ontem, na revista Donna, sobre meu prazer em beber vinho tinto gelado, recebi alguns e-mails muito, muito queridos e com dicas incríveis. E eu me acho no dever de compartilhar essas dicas para todo mundo que também curte um vinho tinto gelado. Este tema de beber vinho tinto gelado tinha sido assunto deste post EU BEBO VINHO TINTO GELADO aqui no blog.

SE NÃO ACOMPANHARAM A NOVELA, PODEM CLICAR ALI NO LINK ACIMA QUE EU ESPERO

Seguindo: ao expor meu prazer em beber vinho tinto gelado no verão, recebi algumas manifestações de apoio ao post. E ontem à noite, chegaram dois emails muito esclarecedores sobre o tema. Inclusive, com dicas geladíssimas!

OBA!!

A primeira veio da Dani.  Diz a Dani:

Mariana, Li o que escreveste sobre vinho gelado. Meu marido, que é italiano e toma diariamente, mesmo em dias quentes, não gela. Mas, graças a ele, anos atrás fui apresentada ao Lambrusco, um vinho frizante italiano, da região da Emilia Romagna. Não sei se conheces, mas nós gostamos muito. Tem tinto (nosso preferido) e branco. A marca que mais gostamos é Villa Fabrizia. No Zaffari, a garrafa custa menos de R$ 15.


ESTE, DANI?
É pra já!

Estava no meio do post, quando entrou outro email da Dani:

Oi,

Acabamos de experimentar o Anella, talvez seja até melhor. O teor de álcool desse tipo de vinho é menor. Ao contrário dos vinhos normais, devem ser consumidos quando “jovens”.

E mandou esta foto:

TAMBÉM VOU PROVAR!

UM BUQUÊ DE ASTROMÉLIAS EM AGRADECIMENTO, DANI!
MUITO OBRIGADA!

A segunda dica geladíssima veio do Robert:

Cara Mariana

É a 1º vez que leio tua coluna e fiquei agradavelmente impressionado. Tanto pelo bom humor quanto pelo tema: o vinho.Nao te preocupes, esta questão da temperatura é algo que, inevitavelmente, persegue as discussões. Mas com vinhos mais leves, tipo Pinot Noir, ela já está superada há algum tempo. Faço parte de uma confraria e temos um blog: www.wineignorants.zip.net, onde relatamos nossas experiências. Se puderes, dê uma passada lá. E salut!

SALUT, ROBERT!
O blog já está nos favoritos

Agora, se me permitem, vou procurar onde raios possa ter escondido no meu armário uma roupa ROXA! Não lembro de ter algo roxo, talvez uma blusinha…Uma calça de lã eu tenho com certeza. Seria a vingança da Gabi Chanas me ver com uma calça de lã roxa depois de ter se enrolado numa manta de lã amarela aos 35 graus Celsius só pra não perder pontos na brincadeira dos 50 Tons!

Olha!

HAHAHAHAHHAAHHAA!!!

Quem quiser aderir e mandar foto, vamos adorar! Né, gurias!?

SIIIIIMMM!!!!!

 

 

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

Sem comentários ainda.
  1. Mari, antes eu lia e ficava com vergonha de comentar…rsrsrs… agora eu e a minha filha de 9 anos fazemos até sonorização do teu OOOOOOOOOOOOHHHHHHHHHH lendo o teu blog. Hj não vim de roxo, pq só tenho roupa de academia roxa… mas vou com ela hj e te mando a foto, kkk…bjo!

  2. Mari, antes eu lia e ficava com vergonha de comentar…rsrsrs… agora eu e a minha filha de 9 anos fazemos até sonorização do teu OOOOOOOOOOOOHHHHHHHHHH lendo o teu blog. Hj não vim de roxo, pq só tenho roupa de academia roxa… mas vou com ela hj e te mando a foto, kkk…bjo!

  3. Bacana o blog (bacana é gíria de maiores de 40…). Mas sobre o vinho rosé. A imagem do rosé no Brasil é péssima, pois sempre foi associado a vinhos doces e ruins, daí a ressaca. Mas procura o rosé da Miguel Torres. É um chileno. Não é muito fácil de achar, mas na Sineriz normalmente tem. Talvez em alguma importadora também. Toma bem gelado. É um vinho para o verão. Talvez mudes de opinião.

  4. Bacana o blog (bacana é gíria de maiores de 40…). Mas sobre o vinho rosé. A imagem do rosé no Brasil é péssima, pois sempre foi associado a vinhos doces e ruins, daí a ressaca. Mas procura o rosé da Miguel Torres. É um chileno. Não é muito fácil de achar, mas na Sineriz normalmente tem. Talvez em alguma importadora também. Toma bem gelado. É um vinho para o verão. Talvez mudes de opinião.

  5. Eu A-D-O-R-O esses Lambruscos! tem de várias marcas mesmo… Foi meu marido quem descobriu, e depois disso, aderimos ao ritual no verão… É muito muito gostoso!!!

    Ai, pena que eu uso uniforme pra trabalhar… senão entrava no clima também!!! Adorei a ideia dos 50 tons!!!

  6. Eu A-D-O-R-O esses Lambruscos! tem de várias marcas mesmo… Foi meu marido quem descobriu, e depois disso, aderimos ao ritual no verão… É muito muito gostoso!!!

    Ai, pena que eu uso uniforme pra trabalhar… senão entrava no clima também!!! Adorei a ideia dos 50 tons!!!

  7. Oi Mari! Quando li o post de hoje quase tive um troço! Eu AMO um Lambrusco!!! Tem tudo a ver com o verão! Descobri esse vinho quando morei na Itália e sei que lá é um vinho bem popular, para consumir no dia-a-dia, especialemente no verão que costuma ser muuuuito quente e abafado na região da emilia-romagna (digo que os verões por lá são iguais aos de Porto Alegre). Não é um vinho doce, nem seco. Vai bem em qualquer refeição no verão, do aperitivo à sobremesa!
    E o melhor de tudo é que o Lambrusco é um vinho frizante, ou seja, com bolinhas lembrando um prosecco, só que tinto. E, em comparação aos preços dos vinhos italianos que chegam por aqui, o Lambrusco é bem baratinho. Já achei garrafa por 10 reais no Zaffari.
    Enfim, um brinde ao Lambrusco e ao teu blog! Saúde!!!
    beijo

  8. Oi Mari! Quando li o post de hoje quase tive um troço! Eu AMO um Lambrusco!!! Tem tudo a ver com o verão! Descobri esse vinho quando morei na Itália e sei que lá é um vinho bem popular, para consumir no dia-a-dia, especialemente no verão que costuma ser muuuuito quente e abafado na região da emilia-romagna (digo que os verões por lá são iguais aos de Porto Alegre). Não é um vinho doce, nem seco. Vai bem em qualquer refeição no verão, do aperitivo à sobremesa!
    E o melhor de tudo é que o Lambrusco é um vinho frizante, ou seja, com bolinhas lembrando um prosecco, só que tinto. E, em comparação aos preços dos vinhos italianos que chegam por aqui, o Lambrusco é bem baratinho. Já achei garrafa por 10 reais no Zaffari.
    Enfim, um brinde ao Lambrusco e ao teu blog! Saúde!!!
    beijo

  9. Eu tenho que estudar pra minha prova de Italiano de hoje e me peguei lendo sobre vinhos. Quem sabe na prova, na falta de alguma inspiração, eu nao escreva “Lambrusco”. O professor, que é Italiano, vai adorar!!!
    Meu pai, Mari, que faz vinho artesanalmente, aqui no interior do estado. Ele aprendeu com o pai dele, que aprendeu com o pai dele, que aprendeu com o pai dele, etc… toma todos os dias e gela sempre, eu não sou muito adepta.

    Beijos

    Reza por mim, na minha prova….ehehehe

  10. Eu tenho que estudar pra minha prova de Italiano de hoje e me peguei lendo sobre vinhos. Quem sabe na prova, na falta de alguma inspiração, eu nao escreva “Lambrusco”. O professor, que é Italiano, vai adorar!!!
    Meu pai, Mari, que faz vinho artesanalmente, aqui no interior do estado. Ele aprendeu com o pai dele, que aprendeu com o pai dele, que aprendeu com o pai dele, etc… toma todos os dias e gela sempre, eu não sou muito adepta.

    Beijos

    Reza por mim, na minha prova….ehehehe

  11. Amei as dicas de vinho, vou experimentar o tal Lambrusco, mas bem gelado! kkkk
    E é uma boa dica de presente chic e barato, não é!?
    Mariana, adoro sua coluna no ZH e agora não precisamos ficar com saudade o resto da semana , pois tem o blog . Ebaaa!

    Cristina

  12. Amei as dicas de vinho, vou experimentar o tal Lambrusco, mas bem gelado! kkkk
    E é uma boa dica de presente chic e barato, não é!?
    Mariana, adoro sua coluna no ZH e agora não precisamos ficar com saudade o resto da semana , pois tem o blog . Ebaaa!

    Cristina

  13. Oi Mari, eu adoroooooooooooo seu blog , minha diversão diária, nunca comentei pois ficava receosa(não me pergunte por que…..hahahhahahhahaha), mas sei que para um escritor a melhor maneira de saber se estar agradando ou não é através do feedback de seus leitores. Passarei a comentar sempre!!! Sucesso!!! E sobre o vinho….adoroooooooooooo também!! (sou espalpitefática igual a você…..ok, ok , espalpitefática é um termo que não existe no dicionário que meu namorado encontrou para minhas gargalhadas exageradas e textos tipo ” adoroooooooooooooooooooo” ” como aassiimmmoooooooo??” ” hahahahhahahahhahahhahahhahahahhahahhaha” …..sou eu, espalpitefática!!!! rsss)

  14. Oi Mari, eu adoroooooooooooo seu blog , minha diversão diária, nunca comentei pois ficava receosa(não me pergunte por que…..hahahhahahhahaha), mas sei que para um escritor a melhor maneira de saber se estar agradando ou não é através do feedback de seus leitores. Passarei a comentar sempre!!! Sucesso!!! E sobre o vinho….adoroooooooooooo também!! (sou espalpitefática igual a você…..ok, ok , espalpitefática é um termo que não existe no dicionário que meu namorado encontrou para minhas gargalhadas exageradas e textos tipo ” adoroooooooooooooooooooo” ” como aassiimmmoooooooo??” ” hahahahhahahahhahahhahahhahahahhahahhaha” …..sou eu, espalpitefática!!!! rsss)

  15. Oi Mariana. Li em algum lugar…pra conservar teu vinho geladinho, congela uva e coloca alguns gominhos no teu copo. De “inhapa” ainda tens um visual legal. Desconfio que inhapa é mais antigo que bacana do George. Beijos e boa semana.

  16. Oi Mariana. Li em algum lugar…pra conservar teu vinho geladinho, congela uva e coloca alguns gominhos no teu copo. De “inhapa” ainda tens um visual legal. Desconfio que inhapa é mais antigo que bacana do George. Beijos e boa semana.

  17. Cristina,
    Sobre o Lambrusco, mandei uma dica do meu marido por e-mail para a Mariana: nunca pode ir direto pare o freezer. Tem que gelar aos poucos pois, segundo ele, a mudança brusca de temperatura pode alterar o sabor.
    E aqui em casa jamais tomamos gelado demais pelo mesmo motivo.
    O que a Fernanda disse é a “cara” da família do meu marido na Toscana. No verão escaldante de lá o Lambrusco vai bem em diversos momentos.

    E uma pesquisa feita na Itália revelou que é o tipo de vinho mais comprado nos supermercados do país.

  18. Cristina,
    Sobre o Lambrusco, mandei uma dica do meu marido por e-mail para a Mariana: nunca pode ir direto pare o freezer. Tem que gelar aos poucos pois, segundo ele, a mudança brusca de temperatura pode alterar o sabor.
    E aqui em casa jamais tomamos gelado demais pelo mesmo motivo.
    O que a Fernanda disse é a “cara” da família do meu marido na Toscana. No verão escaldante de lá o Lambrusco vai bem em diversos momentos.

    E uma pesquisa feita na Itália revelou que é o tipo de vinho mais comprado nos supermercados do país.

  19. Oi! Também adoro que escrevas o blog e que eu possa ler, me divertir e conhecer tanta gente legal. Eu me libertei do vinho e assumi: meu negócio é cerveja. Isso para tristeza do meu marido que adoro vinho. Então, vou me abster de opinar sobre o assunto e compartilhar para as cervejeiras que talvez leiam os comentários minha nova preferida: Terezópolis Gold. Nham, nham.

  20. Oi! Também adoro que escrevas o blog e que eu possa ler, me divertir e conhecer tanta gente legal. Eu me libertei do vinho e assumi: meu negócio é cerveja. Isso para tristeza do meu marido que adoro vinho. Então, vou me abster de opinar sobre o assunto e compartilhar para as cervejeiras que talvez leiam os comentários minha nova preferida: Terezópolis Gold. Nham, nham.

  21. Oi Mari, como já te falei, lá em casa é prática vinho tinto no inverno e no verão, resfriado ou até gelado nos dias mais quentes. Pinot Noir é o campeão de dezembro a março. Vale dar uma coferida no Tierruca Pinot, pois foi o primeiro ano que encontramos no Zaffari e aprovamos. Já na serra gaúcha, a Dal Pizzou faz um Pinot maravilhoso, bem frutado, que considero uma super descoberta (pois preferimos os espumantes aos vinhos gaúchos).Beijo

  22. Oi Mari, como já te falei, lá em casa é prática vinho tinto no inverno e no verão, resfriado ou até gelado nos dias mais quentes. Pinot Noir é o campeão de dezembro a março. Vale dar uma coferida no Tierruca Pinot, pois foi o primeiro ano que encontramos no Zaffari e aprovamos. Já na serra gaúcha, a Dal Pizzou faz um Pinot maravilhoso, bem frutado, que considero uma super descoberta (pois preferimos os espumantes aos vinhos gaúchos).Beijo

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.