Padaria de bairro! Pãozeiro abre sua primeira loja em Porto Alegre. Nham Nham!

No mercado de Porto Alegre há cinco anos, o Pãozeiro Pães Artesanais abre sua primeira loja de rua com foco no público final. Com a intenção de ser uma típica padaria de bairro, a loja fica na divisa dos bairros Rio Branco e Bom Fim, na rua Giordano Bruno, 13. No próximo sábado, 27, acontecerá o evento de inauguração Choripan no Pãozeiro, das 13h às 19h. Da série imperdível!

– Será um evento aberto ao público, de boas-vindas à vizinhança e para quem já acompanha o trabalho do Pãozeiro – comemora a proprietária Maria Luisa Puig Belan.

Neste dia de festa, além do choripan (feito com com linguiça artesanal da Charcutaria Ferrer), também estará à venda chope artesanal Solerun – e a padaria funcionará normalmente, das 10h às 19h. Em caso de chuva, o evento fica transferido para o sábado 10 de junho.

paozeiro3PÃOZEIRO EM CASA PRÓPRIA: ÓTIMA NOTÍCIA GASTRONÔMICA PARA A CAPITAL

Com uma lista de clientes formada, principalmente, por restaurantes da capital, os três sócios da padaria viram a necessidade de voltar a atender o mercado de varejo.

– O público final foi nosso primeiro cliente. Até hoje, recebemos pedidos de pessoas que nos conheceram quando ainda trabalhávamos numa sala de 2×5 metros quadrados – lembra o padeiro chefe, Fabiano Soares.

A loja revenderá produtos feitos na fábrica e terá fornadas de pães durante o dia. No cardápio tem baguetes, pão australiano, focaccia, muffins e bolos, além de bebidas como café (do delicioso Café do Mercado), cerveja artesanal e produtos orgânicos.

focaccia-485x400FOCACCIA
Pão artesanal com azeite extravirgem, nas versões tomates cerejas assados, alecrim fresco e azeitonas pretas cobertos com flor de sal.

baguettes-485x400BAGUETES
Com fermentação natural, acidez média e casca crocante

pao-australiano-485x400PÃO AUSTRALIANO
Pão artesanal semi doce com mix de farinha de centeio, açúcar mascavo, manteiga, cacau e mel

Com inspiração na cozinha brasileira, o Pãozeiro tem como carro chefe o pão de abóbora e na loja retomará um hábito antigo das padarias: vender pão de meio e de quarto (ou seja, pães de um quilo divididos em dois ou em quatro).

– Quando começamos a pensar como seria nossa padaria, o primeiro impulso foi buscar referências internacionais, como a francesa e a italiana, mas vimos que o Brasil tem uma tradição forte na padaria como o pão de milho, de aipim e de batata-doce e apostamos nisso – conta a jornalista Marlise Mattos, sócia da padaria. – Mas também trabalhamos com receitas francesas, italianas, americanas

pao-de-aboboraPAO DE ABÓBORA
Um dos best seller da padaria

A fábrica do Pãozeiro fica na zona norte de Porto Alegre e dos minúsculos  2×5 metros quadrados passou para 300m, e hoje tem três sócios, Leonir Martello, Marlise Mattos e Fabiano.

– Mesmo com o crescimento, a artesania continua a mesma de cinco anos atrás – garante o padeiro.

Para se ter ideia da diferença entre pães artesanais e industriais, enquanto no primeiro vão apenas quatro ingredientes, no outro são mais de 20, entre corantes e aromatizantes artificiais, estabilizantes e conservantes.

paozeiro2PARTIU FESTEJAR E SABOREAR ESSA NOVIDADE?!

Pãozeiro Pães Artesanais
Rua Giordano Bruno, 13
Rio Branco, Porto Alegre
FB: paozeiropaesartesanais

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Sou escritora, jornalista, colunista da Band TV e Band News FM e autora dos livros "Peregrina de araque", "Vida peregrina" e "Tudo tem uma primeira vez". Sou gaúcha, nasci em Porto Alegre, vivo em Porto Alegre, mas com os olhos voltados para o mundo. Já morei em São Paulo, no Rio de Janeiro e em Barcelona. Já fui repórter, editora, colunista. Trabalhei nos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil; nas revistas Época e IstoÉ e fui correspondente da BBC na Espanha, onde cursei pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. O blog Mari Kalil Por Aí é direcionado a todas as mulheres que, como eu, querem descomplicar a vida e ficar por dentro de tudo aquilo que possa trazer bem-estar, felicidade e paz interior. É para se divertir, para entender de moda, de beleza, para conhecer lugares, deliciar-se com boa gastronomia, mas, acima de tudo, para valorizar as pequenas grandes coisas que estão disponíveis ao redor: as coisas simples e boas.

4 Comentários

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

InstagramInstagram did not return a 200.