Pele seca x pele ressecada: especialista ensina a diferença que impacta na escolha de cosméticos

Principalmente no inverno, os cuidados com a hidratação facial devem ser prioridade na rotina de beleza. Como a escolha dos produtos é pautada pelo tipo de pele, é necessário entender uma diferença: pele seca não é o mesmo que pele ressecada (ou desidratada). Quem explica é Silvana Masiero, farmacêutica e gerente de desenvolvimento da Under Skin:

– Existe a denominação quanto ao tipo de pele, ou seja, se é seca, normal, mista ou oleosa; e também há condições, internas e externas, que fazem com que até mesmo a pele oleosa possa ficar desidratada ou ressecada. Entender essa diferença impacta na escolha dos produtos.

De acordo com a farmacêutica, o tipo é a característica natural da pele, enquanto a condição é algo que pode causar a experiência de outros problemas.

– E isso pode acontecer a qualquer um, tanto de forma breve e temporária quanto, em alguns casos, de maneira mais longa e persistente – comenta.

A baixa ingestão de água, a poluição, o vento, o clima seco e até hobbies, como a natação,  estão entre os principais fatores que demandam cuidados especiais com a pele.

– Em resumo, pele seca representa um tipo específico de pele, enquanto a ressecada é uma preocupação – sintetiza Silvana.

DRY-SKINPELE SECA X PELE RESSECADA: UMA É UM TIPO DE PELE; A OUTRA, PROBLEMA

Nossa pele conta com uma membrana hidrolipídica, que é um filme natural de gordura (óleo) e água, com função de proteger a pele. Se você tem pele seca, isso significa uma carência de óleo. É uma característica que também é comum a outras áreas do corpo, como mãos, couro cabeludo e pernas. Já no caso da pele desidratada, ela está carente de água e isso pode ser proveniente de vários fatores, desde dieta até uso incorreto de cosméticos, que podem ser agressivos e irritantes.

+BELEZA: Shark Sauce, o sérum para o rosto criado por uma sul-coreana que virou febre mundial

Quando a pele está desidratada, ela cria mais óleo para compensar a falta de água. Isto pode causar produção exacerbada de sebo, irritação, manchas e espinhas. Para resolver esse problema, a farmacêutica ressalta a importância da ingestão de água, mas enfatiza que isso não é o bastante:

– É necessário fazer a hidratação facial de preferência com séruns, já que eles têm textura fluida e não deixam a pele oleosa ou “pesada” e com aspecto brilhante em excesso. O sérum é uma forma de apresentação, como o próprio nome o designa, com a aparência, textura e penetração semelhante a um soro. É um produto desenvolvido para atuar de forma mais concentrada, pois devido a sua rápida absorção e por ter a forma de um gel seroso ou um líquido mais viscoso, leva para dentro da pele ativos de maneira mais eficaz. O gel também é indicado, mas atenção: cremes mais pesados devem ser evitados.

ace-serum.previewSÉRUM: RÁPIDA ABSORÇÃO DE ATIVOS

No hidratante em sérum, Silvana destaca o uso de produtos que contenham ácido hialurônico e sugere, na rotina de limpeza, as seguintes dicas:

• Usar sabonetes de limpeza suaves, mas eficazes. De preferência que contenham extratos botânicos como o de hamamélis, calêndula e camomila.
• Evitar esfoliantes agressivos e escovas de limpeza ásperos; no caso dos esfoliantes, buscar ativos como seda de arroz e aveia coloidal.
• Usar tônicos que contenham ação hidratante e, no caso da pele oleosa, buscar produtos com álcool em pequena quantidade na formulação.
• Ignorar produtos altamente perfumados e observar se eles usam fragrâncias sintéticas ou naturais.
• Usar produtos de tratamento à base de ácidos e retinoides.

Veja uma galeria com opções de séruns das mais diversas marcas que contribuem para a hidratação da pele!

serum9serum8serum6_valeserum5serum4serum3serum2serum1

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • “Sonhos todos nós temos. Mas o sonho requer trabalho, dedicação, metas, foco e deadline”. O #tbt desta quinta é a lembrança de uma palestra em 2016 na Confraria da Mulher, em Gramado, e serve como Save the Date para Bagé na próxima sexta 29.3. Vai ser um prazer conversar sobre “mudanças” no Auditório Luiz Coronel da Biblioteca Municipal. ♥️
  • Repórter Gorducha em sua primeira participação no estúdio do Happy Hour na @radiobandnewsfm trazendo dicas de leituras sobre comportamento animal. Aprovada na equipe @icothomaz @fzaffari ? 🐶
  • Né?! 🤣
E toca o barco, como dizia meu amigo @boechatreal ♥️
  • Repost @vitalvetpoa “Desejamos que todos os nossos amigos e clientes tenham uma segunda-feira igual à do Bento: agarradinho na sua almofada enquanto curte sua sessão de acupuntura naquela sonequinha gostosa com a língua de fora”. Meu agradecimento eterno. Quem ama cuida. 🐶♥️
  • Que o vento leve o necessário e nos traga o suficiente. ♥️🐶🙌🏻 #bento #xerife #companheirodejornada
  • Figos de Elsa! 👌🏻
• Seleciona lindos figos
• Corta a tampa rente ao talo
• Retira um pouco da polpa, coloca em um pratinho fundo, acrescenta queijo gorgonzola, amassa e mistura bem os dois
• Retorna com esse recheio para dentro do figo
• Pouco antes de servir, leva ao forno para gratinar rapidinho
• Na hora de levar à mesa, escolhe um prato bonito, faz algumas ranhuras com mel, polvilha flor de sal e voilà! Bon appétit! #entradinhadofindi #dicadamari #coisasdeelsa