Escalda-pés caseiro é vida! Aprenda como fazer e seja (mais) feliz!

Instituí na minha casa que sábado será meu dia de noiva. Quem gostar gostou; quem não gostar não gostou. Prometi que cumprirei todos meus compromissos antes de dar início ao meu dia de noiva, como o passeio de sábado com o animal, claro. Mas a partir das 13h, eu sou minha e de mais ninguém. Meu primeiro dia de noiva teve início sábado passado, quando adentrei no meu templo de beleza no Centro para uma massagem com drenagem com a super Ana Maria.

Até então, eu tinha ido apenas fazer a massagem. Mas daí fiquei pensando: “Puxa vida, é sábado, tenho todos os tratamentos à minha disposição, acho que mereço me dar mais um pouco de cuidado de presente. Assim, sem planejamento, nasceu o dia de noiva. Porque então decidi lavar e secar o cabelo e fazer a mão. Voltei para casa pronta apenas para o banho sem precisar lavar a cabeça (quer coisa mais libertadora do que não precisar lavar o cabelo?).

Woman-confused3NÃO, NÉ?

Ando com uma dor latente na sola dos dois pés, bem na lateral externa de cada pé. E ando com uma dor também no dedo médio da mão esquerda. Estou desconfiada que possa ser alguma coisa a ver com cálcio, sei lá, preciso investigar. Conversava sobre essa dor com a Ana Maria quando ela me perguntou se costumo fazer escalda-pés em casa. Nunca fiz. Deveria fazer. Imagina, chegar em casa, colocar o pijama e se dar de presente 15 minutinhos que seja de escalda pés? Não é nada e é tudo!

pésELES MERECEM

Ana deu a dica de colocar na bacia de água morna sal grosso e vinagre de maçã. A acidez do vinagre restaura o equilíbrio do pH das unhas e é excelente para a pele. A verdade é que a gente esquece que os pés são a base de sustentação do corpo, carregam a gente pra lá e pra cá e tem em sua sola todos os nossos órgãos internos representados. Essências de eucalipto e menta são bastante indicadas para um escalda-pés, pois combatem cansaço e livram as pernas da sensação de peso. A lavanda é ótimo relaxante.

Quanto ao sal, duas colheres de sopa na água quente proporcionam sensação de leveza. Isso acontece porque o sal contribui para drenar o excesso de líquidos e reduzir o inchaço (a sensação de emagrecimento depois de um banho de mar não é loucura da cabeça da gente!).

Pela solidariedade que tenho aos meus queridos pezinhos, quero dizer que vou comprar uma bacia para eles, sal grosso e vinagre de maçã. E também vou atrás de otras cositas más, vide que pesquisei e divido com vocês, queridas, amadas e fiéis leitoras desse blog.

Olha!

bola_gude_neptune_634998222775647985BOLINHAS DE GUDE!
Colocar no fundo do recipiente onde será realizado o escalda-pés algumas bolinhas de gude ou pedras. Proporcionam uma boa massagem na planta dos pés. Basta pressioná-los sobre elas. Ajuda a aliviar a pressão dos pés, descansar as pernas, reduzir calos e aliviar o stress do dia a dia. De acordo com a técnica chinesa da acupuntura, nos pés estão cerca de 70 mil terminações ou pontos nervosos que estão associados aos diversos órgãos do corpo humano. A pressão e o aquecimento desses pontos causam um reflexo imediato no equilíbrio energético de todo o corpo.

No livro Alimentação Desintoxicante – Para Ativar o Sistema Imunológico, a química Conceição Trucom ensina uma receita muito eficaz de escalda-pés. Detalhe: no lugar do sal, ela utiliza sulfato de magnésio. Escreve Conceição: “Use uma bacia, balde ou similar (de preferência não de plástico) grande o suficiente para conter os pés de modo confortável. Encha o recipiente com água quente (sem exceder os 40ºC) na quantidade certa para cobrir por completo os tornozelos e dissolva de três a cinco colheres (sopa) de sulfato de magnésio. Sente confortavelmente, usando roupas folgadas e joelhos cobertos; mergulhe aos poucos os pés na água e cubra as pernas com uma toalha. Coloque um agasalho ou manta nas costas. Ao final, enxague os pés com água fria e pura, para interromper o processo de corrosão das toxinas. Seque bem os pés, calce meias e vá direto para a cama, cobrindo-se adequadamente.”

mulher-felizVAMOS COMEÇAR HOJE QUANDO VOLTARMOS PRA CASA?

Compartilhar
mariana

mariana

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é sócia-diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Chegam a deixar a gente tonta, vai dizer? 😂😂 Mas vambora! 💪🏻👊🏻 Que venha a quinta-feira! Boa noite! ♥️
  • Ô, mãe! Por que tu deixava eu me apresentar assim, mãe?! Por quê!? 😂😩🔫 #leoparda #auladedança #fundodobau
  • Sim, adoro exibir meus máxi brincos 👯#marianasincera
  • Está dada a largada para a #fashionrevolutionweek2017 e para refletir sobre quem faz nossas roupas e a forma como consumimos moda! Visita de hoje: fábrica da @ralabela_oficial. Foi divertido, né @mairafranz? #fashionrevolution #quemfezminhasroupas #fashionrevolutionbrasil
  • Vitamina D é vida! 🌞🙌🏻🐶 #gorda #papaqui #emcasa #lardocelar #fimdedomingo
  • A gente briga, discute, discorda. Mas quando tem amor envolvido, ele sempre prevalece. #bento #companheirodejornada