Mari Kalil: Regrinhas de etiqueta para levar (muito!) a sério no Whats App

São poucas as pessoas que se preocupam com a forma de usar o WhatsApp. Ando ouvindo cada história envolvendo grupos de WhatsApp capaz deixar qualquer cidadão que goze de boa saúde mental de queixo caído. Em primeiro lugar, o que este aplicativo significa para mim: uma ferramenta de comunicação rápida e eficiente para enviar ou receber recados de amigos, familiares ou colegas de trabalho. Ponto. Talvez venha daí todo meu espanto com alguns casos que vivencio e outros me chegam aos ouvidos.

scared-woman-679x4991VERDADEIRAS ABERRAÇÕES!

Digamos que você faz parte de um grupo de mães que foi criado para falar algo pontual sobre a escola do seu filho. Então, você abre os olhos de manhã e tem 85 mensagens não lidas de “bom dia” na tela do seu celular. Elas apresentam as mais criativas variações de escrita e entusiasmo: “Bom diaaaaa!!”, “Bom dia, mamães!!!!”, “Bom dia, vidaaaaa!!”. Minha pergunta é: você ligaria à 7h da manhã para alguém para dar “bom dia?”.

woman confusedNÃO, NÉ?

whatsapp-640A MESMA REGRA VALE PARA O WHATS APP!

Outro caso recorrente e abominável é o tricô entre duas amigas em pleno grupo. Aconteceu com uma amiga minha. O grupo havia sido criado para servir de ponto de encontro com o propósito de organizar happy hour da turma e, de repente, transformou-se num ti-ti-ti sem fim entre duas delas. Resultado: celular abarrotado de mimimi. O que fez a pobre infeliz que não tinha nada a ver com aquela história? Saiu do grupo – e ainda pagou de malcriada. Deseja conversar com sua amiga? Simples! Manda um mensagem para o perfil pessoal dela.

Woman-Asking-Question-20-749x4991NÃO PARECE ÓBVIO?

Outra dica que considero relevante diz respeito à exigência do imediatismo nas respostas. O que precisa ficar claro é que nem sempre aquele que visualizou e leu a mensagem está disponível para respondê-la na hora. O óbvio seria pedir a compreensão de quem enviou para este fato, mas não. Sabe o que as pessoas estão fazendo para evitar que o ansioso do outro lado fique cobrando a resposta? Colocando o celular no modo avião.

chocada61HÃ?
mulher-chocada2
COMO ASSIM, MARIANA?

É mais fácil sair do ar e abrir mão do acesso à internet do que enfiar na cabeça dos agoniados de plantão que a resposta não virá um segundo depois como eles esperam.

olivia10CONTA DOS BARULHOS NOTURNOS

enxaqueca115TEM MAIS ESSA…

Até pouco tempo atrás, esquecia de silenciar o telefone antes de dormir e era acordada no meio da madrugada pelo maldito assobio do WhatsApp (e aqui entram episódios de mensagens via Facebook também).

bento1125IMAGINA O HUMOR DELA

O que tenho a dizer é simples: respeite o horário de descanso dos outros. Se você estiver sofrendo de insônia, substitua o desejo incontrolável por uma companhia e vá beber um chá de camomila, algumas doses de Maracugina, meditar, rezar, tomar um banho, pensar na vida…

mulher-doidissima5-594x4994MAS NÃO INTERROMPA O SONO DE QUEM NÃO TEM NADA A VER COM ISSO!!!

Neste link, você pode assistir a entrevista que concedi ao programa Jornal do Almoço, da RBS TV, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul, sobre etiqueta digital.

http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/jornal-do-almoco/videos/t/edicoes/v/etiqueta-digital-saiba-como-se-comportar-nas-redes-sociais/5904781/

Compartilhar
mariana

mariana

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é sócia-diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

8 Comentários
  1. E o que dizer de quem é medico e precisa deixar o celular ligado 24 h enquanto pessoas ansiosas nao param de enviar msgs completamente nao urgentes em horarios inadequados?
    Compromete o sono e o humor…

  2. Em tudo haverá pontos com os qusistemas concordamos ou não. Por exemplo, dar bom dia de madrugada para qualquer grupo fará com que os membros ,quando acordarem e virem ,tenham um cumprimento já bem desejado. Se não desligaram o aparelho ou não dormiram, aí é outra história. Bom dia!

  3. Sem esquecer daquelas pessoas que diariamente mandam mensagens morais, espirituais ou religiosas longas e chatas que nada tem a ver com a minha crença ou momento de vida!

  4. Olá, Mariana….sempre iniciava a leitura do caderno Donna pela sua coluna…. Simplesmente perdi o interesse pelo caderno, com sua saída….vou te acompanhar por aqui…. Compartilho de suas opiniões e posições, além de te achar hilária…. Teus peludos dão um toque “familiar” ao texto…um abraço

  5. Acrescento uma coisa:
    Aquela pessoas amiga e próxima que chega no whatsapp é apenas diz:
    “Oi! Tudo bem?” e mais nada! Horas depois, ativa está o “oi! Tudo bem?”
    Gente, o whatsapp é um instrumento para comunicação rápida e prática.
    Você já pode introduzir o assunto. Não é falta de educação.
    A pessoa visualiza o que você tem para comunicar e responde assim que possível.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Abençoando Manu & Pedro 🙏🏻🙌🏻♥️ #casamentomanuepedro
  • O primeiro boomerang pedido por uma fãzona no meio do shopping a gente nunca esquece! Obrigada por tanto carinho, Gabi @conselheiraliteraria ♥️
  • Faz cara de palestrante, Mariana! 😂😂 Repost from @assessoriafotografica Mariana Kalil durante  a #fbv17 – Feira Brasileira do Varejo
  • Vamos colocar as garras de fora ou descascar um abacaxi?
  • Muito honrada de ser case desta super profissional! ♥️Repost from @lubemfica @ Pessoas se identificam com... pessoas! E é por isso que humanizar a marca pessoal é uma estratégia poderosa: vida real faz sucesso. ✔️ Te convido a ler este texto no blog: www.lucianebemfica.com ✔️Este é um dos temas da aula de Personal Branding na Prática, dia 23/8, em Porto Alegre, no @padrechagascoworking. ✔️ Inscrições no link que está na minha bio.
  • Azul claro pra clarear as ideias! #segundafeira