Mari Kalil: Bolsas, recomeços, desafios e a gratidão de ser sempre lembrada

Sempre que a gente ocupa um cargo de destaque em alguma grande empresa, como era o meu caso como editora da revista Donna do jornal Zero Hora, acha que é lembrada justamente por este cargo e não pela profissional por trás dele. Nunca me iludi quanto a isso, nunca deixei que cargos me subissem à cabeça, sempre aprendi que “rei morto, rei posto em grandes empresas”, sempre fui movida a grandes desafios, nunca temi os recomeços.

Dia desses, minha irmã me contou que, no ano passado, em uma conversa com nosso pai, admitiu temer um pouco por mim e pela iniciativa que tive de deixar meu último emprego pra trás para me jogar de cabeça no meu site e no empreendedorismo que ele exige. Ao que meu pai respondeu:

– Este é o modus operandi da Mariana e durante toda sua vida ela deixou isso muito claro com suas mudanças de emprego, de cidade, de país, de idas e vindas. A Mariana agarra um desafio, não sossega enquanto não vence e, então, deixa a estabilidade conquistada para começar tudo outra vez. Não te preocupa com ela. Ela sempre venceu e sempre vencerá.

crying2-425x499ACHEI TÃO LINDO….

Sabemos pouco sobre o que nossos pais pensam de nós, vai dizer? Eu menos ainda, já que meu pai fala o mínimo. Fiquei extremamente comovida com a confiança que ele tem em mim. E fiquei pensando também que deveria conversar mais com meu pai. Comecei a falar sobre este assunto porque me surpreende ainda, mesmo um ano após o lançamento do site MK, a quantidade de convites que recebo, a quantidade de profissionais que mandam seus produtos, dos mais variados tipos e mercados, para que eu conheça e emita minha opinião. Isso só me fez entender, e com muita felicidade e gratidão, que a Mariana de outrora não era procurada apenas por ser editora de Donna, mas por ser a Mariana.

woman-praying13-332x499FICO IMENSAMENTE COMOVIDA E FELIZ

bento1122ELA ESTÁ FALANDO A VERDADE

Muitas coisas incríveis têm chegado até mim e é sobre elas que gostaria de falar e compartilhar. Primeiro, a coleção da Voy assinada pela Lilian Maus. Lilian é uma artista plástica baiana radicada em Osório, no Rio Grande do Sul. A Voy é uma nova marca gaúcha de bolsas e acessórios, com showroom no número 185 da Rua Padre Chagas, no coração do bairro Moinhos de Vento. Pois a Voy convidou a Lilian para assinar uma coleção exclusiva de bolsas estampadas com o trabalho da artista. Eu morri de amores quando vi.

Olha!

bolsa-frenteFRENTE DO PORTA-MOEDAS

Para desenvolver a estampa exclusiva, Lilian inspirou-se na natureza da zona-da-mata do Morro da Borússia, em Osório, e nos banhados e lagoas ao redor, que compõem o entorno do litoral norte gaúcho. A partir da imagem feita em acrílico sobre papel, a equipe de design gerou duas bolsas – uma de praia em PVC com uma mochila em tecido estampado em seu interior e uma clutch em couro estampado e um porta-moedas.

bolsa-versoVERSO DO PORTA-MOEDAS

Outro trabalho querido que conheci foi das gurias da Gitana Bolsas. Descobri que elas me acompanham no Insta Stories (@mari_kalil) porque foi por meio dele que fizeram contato. Disseram que tinham visto um post que publiquei sobre bolsas de palha longe da praia, contaram que eram duas designers de Uruguaiana, radicadas em Porto Alegre, que faziam este trabalho e que gostariam muito de me enviar uma bolsa. Fiquei imensamente agradecida e passados alguns dias a bolsa bateu à porta.

Olha!

papaqui-na-bolsaCOLOQUEI A GORDA DENTRO DA BOLSA!!!

gargalhadasOLHA A CARA DA GORDA!

papaqui-na-bolsaNEM RESPIRA!!!

bento1122EU MORDI QUANDO ELA TENTOU ME PEGAR

woman-looking-crazy-feature-280x12531O ANIMAL TEM ZERO SENSO DE HUMOR

As bolsas podem ser feitas sob encomenda respeitando o estilo de cada uma de nós. Lembro que as gurias perguntaram se eu fazia mais o estilo colorido ou mais o estilo neutro. Respondi que meu estilo era neutro. Então, criaram para mim uma bolsa mais clássica e com pompons de cores sóbrias. Mas há para todos os gostos.

Olha!

nLINDAS, LINDAS!
Estão vendo na primeira foto aquela bolsa com alça preta bem à direita? É igual à minha, com a diferença de que a minha veio com as minhas iniciais: MK!

bento1122NÃO SÃO TUAS INICIAIS

São de quem, então, querido?

bento1122DO MICHAEL KORS

gargalhadaO ANIMAL FAZ-ME RIR!!!

bento1122TU TE ACHA MAIS FAMOSA QUE O MICHAEL KORS?

you_hair_mariana_cara3ÓBVIO, MON AMOUR!

bento1122É MUITA FLUOXETINA PRA UMA CABEÇA DOENTE

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Gorducha aderiu à moda da piranha 🐶♥️ Olha isso, @youhairstore! 🤣
  • As redes sociais hoje: DR até com a balança 🤣🤣🤣
  • O trio trabalhador deste feriado em que contamos para a @reginalimaoficial no Band Mulher nossas aventuras pelo Uruguai 🇺🇾♥️🐶 #porai #bandrs #bandemmovimento #turismoquatropatas #uruguay #uruguaynatural
  • Meu #tbt lembra minha primeira carteira de jornalista. Em uma época em que o jornalismo era imparcial, ouvia os dois lados e reportava a realidade dos fatos. Esta escola se perdeu, mas eu acredito que ela pode seguir viva entre aqueles que, como eu, fizeram o juramento pela verdade. Março de 1993
  • Três anos de adoção. Feliz Aniversário, minha Gorducha querida. Obrigada por este amor e este olhar ♥️🐶♥️ #18desetembro #adotaretudodebom
  • Né?! 🍫