Mari no Rio: o fascinante Museu do Amanhã e a descoberta da cozinha do Mironga

Rio de Janeiro amanheceu molhado, nublado e ventando. O sol vinha, espiava, voltava para trás das nuvens, vinha de novo…. Nada muito confiável. Otimistas, Mariana e seus queridos pais vestiram roupa de caminhada e saíram porta afora do hotel, após o café da manhã, decididos a fazer um mísero exercício que fosse, ainda que fosse caminhar a passos lentos. Quinze minutos de caminhada no calçadão e uma nuvem negra aproximou-se por trás pegando Mariana, seus queridos pais e todos os atletas de ocasião, que caminhavam do Leblon rumo a Ipanema, despercebidos. Chuáááááááááááá!!!

mulher-doidissima5-594x4991TOMAMOS UM BANHO

bento1121BEM FEITO

Eu estou preparada para lidar com o azedume do animal durante todo o período em que estiver aqui. Não se preocupem que estou psicologicamente preparada para isso. O mau humor da criatura por ter sido dos excluídos do programa não vai me abalar. Como contava, devidamente banhados de chuva, nos refugiamos embaixo de um quiosque e, dada a trégua, voltamos correndo para o hotel. Próxima parada: Museu do Amanhã. Não poderia vir ao Rio de Janeiro e não conhecer o Museu do Amanhã.

Olha!

img_5870_1280x800AQUI CHEGAMOS

Não tivemos o trabalho de olhar no site a programação. Me ative apenas ao horário, até às 17 horas, e para lá partimos. Ao chegar, qual não foi a surpresa: compra de ingressos apenas pela internet nos meses de agosto e setembro. Portanto, quem não tinha celular com internet podia tratar de dar meia volta e retornar em outro momento. Sorte que não era o nosso caso.

museu1CARTAZ COM A NOTÍCIA

Sentei num cantinho de uma mureta e tratei de fazer a compra de ingressos. Se vale o programa? Muito, muito, muito! Muito lindo, muito bacana. Vale, sim, a visita. Mas leve um casaquinho, viu? O ar condicionado congela os ossos.

museudoamanha_abriuÉ LINDO ESTE GLOBO LOGO NA ENTRADA

Trata-se de um museu bastante interativo. Uma vez de posse do nosso cartão magnético que funciona como ingresso, podemos nos cadastrar em qualquer um dos terminais dentro do museu e participar de várias enquetes divertidas sobre nossa personalidade. Fiz três joguinhos sobre minha percepção de futuro e onde imagino me encaixar.

Olha as respostas sobre minha personalidade!

museu4SOU UM CIBORGUE AMBICIOSO!

museu5SOU UM PLUGADO TOPA-TUDO

museu6SOU UM FILÓSOFO FOGO DE PALHA!

Há ainda uma exposição temporária sobre Santos Dumond com a exibição de um documentário maravilhoso sobre a vida e a obra do pai da aviação e mais uma sala mostrando todas as invencionices do brasileiro.

museu7OI, GURIAS!
Sim, esta sou eu voando em um balão de Santos Dumond. Trata-se de um painel onde podemos interagir e fazer fotos.

Mas o melhor não é isso. O melhor é o que ainda não posso mostrar. O melhor é que dentro da exposição do Santos Dumond há a réplica do Demoiselle, o primeiro protótipo de avião criado por ele que se mostrou capaz de voar com autonomia. E também havia um jogo. Se eu tivesse sorte, ganhava o direito de andar no Demoiselle. Obviamente, não tive sorte. Mas então…
– Mãe, tenta pra mim?!
– Quantos anos tu tem, Mariana?
– Por favor, mãe… Queria tanto andar no Demoiselle….

crying-baby2TANTO, TANTO…

crying2POR FAVOR…

E qual não foi a boa notícia? Mamãe ganhou o direito da filhinha subir no Demoiselle. Agora  a má notícia: eu não tenho foto para mostrar do mico, porque tenho um pai e uma mãe incompetentes que não foram capazes de fazer um único registro decente.

+MARI NO RIO: Almoço delícia no Bazzar e uma Adilettes para chamar de minha

Mas a melhor notícia de todas: o museu grava este voo, depois interage com imagens do Rio e sobe no Youtube. Então, logo logo postarei meu voo de Demoiselle sobre o Rio de Janeiro.

alto-la121ME AGUARDEM

A lojinha do Museu do Amanhã é outro caso de paixão à primeira vista. Fiz vários vídeos no Instagram (sigam-me os bons! @mari_kalil) e algumas fotinhos. Selecionei alguns itens que mais amei. Se comprei alguma coisa? Não. Nada. Saí de mãos abanando. Ando numa fase de pão-durismo sem precedentes na minha história recente.

Olha!

museu_lojaUM CHARME ESSAS BONECAS PARA ENFEITAR A CASA

museu_loja1UM CHARME ESSAS SANDÁLIAS E SAPATILHAS PARA ENFEITAR OS PÉS

museu_loja3UM CHARME ESSES COLARES DE FLORES PRA ENFEITAR O LOOK
Eu amei este modelo tipo gargantilha amarela. Mami comprou um para ela, só que vermelho. Se ela usar por aqui, tiro uma foto! Se ela não usar, vou pegar pra mim!

museu_loja2UM CHARME AS FRIDA KAHLO
Mami comprou uma Frida para enfeitar sua estante. Não, Mami não é pão dura como eu. Puxei mais o sangue libanês de papai.

museu_loja4UM CHARME ESSAS BLUSAS, SAIAS E VESTIDOS ESTAMPADOS

museu_loja5SIMPLESMENTE AMEI ESSE CASAQUINHO AMARELO
Cheguei a experimentar, fiquei naquele levo, não levo… E o pão durismo venceu. Custava R$ 198. Não achei caro, mas a turca que habita em mim não conseguiu puxar o cartão de crédito

A loja foi nossa última parada no museu. Já eram quase 5 horas da tarde, não havíamos almoçado e resolvemos procurar algum lugarzinho no Centro mesmo. Foi caminhando em direção à Rua do Ouvidor que topamos com um lugar bem charmoso, que logo me chamou atenção.
– Vamos aqui? – sugeri.
– Vamos! – responderam papai e mamãe esfomeados.

Olha!

cozinha-mirongaAQUI ADENTRAMOS

Chama-se Mironga e estava quaaaaaase fechando. Prometemos sentar e escolher os pratos, sem delongas. O cardápio é variado, de ceviche a entrecôt com batatas rústicas. Tudo muito rústico, simples, mas de extremo bom gosto. Bem no centro do Rio, no número 19 da Avenida Rio Branco. Tem cara de ser uma ótima opção de almoço para quem trabalha pelas redondezas.

restaurante-mirongaO SALÃO TEM MESAS INDIVIDUAIS, MESAS COMUNITÁRIAS E BALCÃO

restaurante2ADOREI O ESTILO DO BALCÃO!

restaurante1A CONCENTRAÇÃO DE MAMI ESCOLHENDO SEU PRATO!
Vai me matar quando ver que bati esta foto. A essas alturas, eu já tinha batido o olho numa entrada de sardinhas na brasa com maionese e não tive a MENOR dúvida de que seria este meu pedido. Pai foi de sardinhas também!

restaurante3DADINHOS DE TAPIOCA
Mami resolveu pedir essa entradinha para a gente dividir – e eu peço sinceras desculpas a vocês, queridas leitoras. É que, ao contrário de meu respectivo marido, que espera eu fazer a foto antes de partir para o ataque, papai e mamãe não têm este hábito. Ou seja: um dadinho já estava no prato de papai e o outro, como vocês podem ver, encaminhava-se para o garfo de mamãe na hora do clique. Tudo isso, detalhe, em frações de segundo.

restaurante4OOOOOOOOOOHHHHHHHHH!!!
Minhas amadas e idolatradas sardinhas na brasa com maionese e esse molho que era meio agridoce e picante! Nham Nham! Tirando as quinhentas espinhas próprias das sardinhas, uma delícia!

restaurante5PRATO DE MAMI: NAMORADO COM BATATA RÚSTICA E MOLHO DE ALCAPARRA
Mami disse que, com a fome que estava, morreria com as espinhas das sardinhas entaladas na garganta. Preferiu um peixe com menos risco de óbito!

Dei uma Googleada e encontrei outros pratos lindos do Mironga, que divido aqui com vocês! Porque o lugar me entusiasmou de verdade!

Nesta quinta-feira, o tempo promete melhorar. Mami já me fez prometer, quase ajoelhada no milho, que vou à praia com ela. A pergunta que não quer calar é de que maneira eu vou à praia com ela, visto que fui fazer a mala e onde estão meus maiôs e biquínis? Havia deixado em Punta del Este!

palmas-11AAAAAAAEEEEE, MARIANA!

Mariana fez uma mala para o Rio de Janeiro sem trajes de praia, o que acharam dessa? Mami, obviamente, achou de quinta categoria. “Vai já comprar um biquíni! Tem que pegar um sol! Tem que tirar essa cara de mofo! Tem que bronzear as pernas! Tem que, tem que, tem que, tem que, tem que…

moving-one-eye-at-a-time-oTEM QUE, TEM QUE, TEM QUE, TEM QUE…

bento1121BEM FEITO

Compartilhar
mariana

mariana

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é sócia-diretora de conteúdo do portal MK. É autora dos livros "Peregrina de Araque - Uma Jornada de Fé e Ataque de Nervos no Oriente Médio" (2011), "Vida Peregrina - Uma Jornada de Desequilíbrios, Tropeços e Aprendizado" (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona. Dona do Bento, da Papaqui e tia da Olivia, vive em Porto Alegre ao lado do marido e dos peludos. Escreve diariamente na seção Por Aí, que funciona como uma espécie de blog e diário do site, e também nas outras seções do portal MK.

2 Comentários
  1. Oi Mari. Estes posts dos Rio estão me lembrando aqueles “das antigas”, quando ainda tinhas o blog no ClicRbs..Tão bons. Estava com saudades. Beijos Mari G.

    1. Oi, Mariana. Fico feliz. Na verdade, o blog Por Aí continua como sempre foi. Agora ele fica dentro do site MK. Quando quiser ler, é ali que a gente se encontra nesta linguagem. Um grande beijo. Mari.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Vamos colocar as garras de fora ou descascar um abacaxi?
  • Muito honrada de ser case desta super profissional! ♥️Repost from @lubemfica @ Pessoas se identificam com... pessoas! E é por isso que humanizar a marca pessoal é uma estratégia poderosa: vida real faz sucesso. ✔️ Te convido a ler este texto no blog: www.lucianebemfica.com ✔️Este é um dos temas da aula de Personal Branding na Prática, dia 23/8, em Porto Alegre, no @padrechagascoworking. ✔️ Inscrições no link que está na minha bio.
  • Azul claro pra clarear as ideias! #segundafeira
  • Olivia ♥️
  • Ele é capa de revista! Parabéns @carloseduardosperotto! Sou testemunha diária da tua máxima dedicação à terra! Prêmio merecido! #gentedocampo #dalechiquinho #peludinhosorgulhososdopai 🔝🔝🔝
  • Um fim de semana de cuca fresca pra nós! ♥️👌🏻🐶🙏🏻