O que mais gostei nos dois primeiros dias de SPFW

Fiz um top 5 do que mais gostei nesses dois primeiros dias de SPFW:

A DIVERSÁO DOS 80’S

Quer se divertir? Então bem-vinda ao túnel do tempo de Alexandre Herchcovitch. O estilista que é uma das maiores expressões da moda nacional viajou lá pra trás, até os anos 1980, enxergou nas cores e no estilo do cantor Boy George, ex-vocalista da banda Couture Club,  sua maior inspiração e de lá trouxe as referências que traduzem seu verão 2013. E como este verão se apresenta? Com muita cor, com muita alegria, com muitos sapatos de salto fino.

O que é o verão de Herchcovitch:

1)   Cores explosivas (amarelo, cereja, laranja, roxo, pink) misturadas em muitas peças quadriculadas (preto e branco continuam o feliz casamento que começou neste inverno).

2)   Looks versáteis, como vestidos-camiseta (delícia pós-praia), macacão com shape de smoking, os bermudões estilo boxeadores que mais uma vez comprovam a influência do esporte na moda (se você pensou que a tendência não é pra qualquer uma, pensou certo, mas um salto sempre ajuda).

3)   Carteiras cravejadas de joaninhas (aquele tipo de alfinete) e carinhas Smile (quer mais anos 1980??). De suspirar.


A BOTÂNICA

Surpreendente, delicada, feminina, linda, linda, linda. Foi linda a coleção de Eduardo Pombal para a Tufi Duek – como têm sido lindas as coleções que ele vem apresentando nas últimas temporadas. Eduardo baseou-se nas formas das flores e isso ficou muito evidente nas jaquetas e vestidos (as pétalas feitas com babados aplicados nos vestidos de ombro só são delicadeza pura, são puro romance).

Assim como no inverno, Pombal elegeu o branco para abrir o desfile – e as formas, texturas e as cores das plantas foram transportadas para os tecidos em tons verde limão, amarelo e rosa.

Podem escrever: a jaqueta Perfecto de renda guipure será a mais querida e desejada da estação.


O FUNDO DO MAR

Mais do que as coleções em si, o que gostei muito, muuuito dos desfiles da Ellus e da Iodice foi a inspiração: a água, o mar. Isso é muuuuito verão. Iodice abusou das estampas inspiradas no fundo do mar. Trabalhou muito essas estampas no couro (as sandálias também são de couro estampado!). Além do azul, rosa e amarelo apareceram muito – e sempre em peças naquele estilo Iodice de ser: com a sexualidade à flor da pele. Vestidos curtos e esvoaçantes, ombros à mostra. O cabelo é liso, a pele é bronzeada, o olho é nada – e a boca, pink é tudo. O que promete pegar? O que já pegou no inverno: o paetê fosco que dá uma espécie de efeito molhado.

Já a Ellus, além do mar, trouxe o conceito Sport deluxe e apresentou o oceano como cenário. Os shapes das peças eram inspirados em equipamentos antigos de mergulho. Azul marinho, preto e branco aparecem em tecidos tecnológicos (que a Ellus adora!), como Leather Denim, Denim Neoprene e Leather Denim Metallic. Ou seja: a Ellus sabe criar jeans como ninguém.


SEMPRE RONALDO FRAGA

Sou suspeita pra falar, mas é que Ronaldo Fraga sempre me emociona e sempre derrubo uma lagrimazinha no final do desfile, sabe assim? Porque Ronaldo conta histórias com suas coleções – e elas são sempre histórias lúdicas, bem embasadas, enriquecedoras. Desta vez, escolheu o Pará para homenagear e fez um mix que sabe fazer como ninguém: o do artesanal com o tecnológico.

Sempre acho as peças de Ronaldo infantilizadas (não, isso não é uma crítica, apenas uma característica que percebo do seu trabalho), tipo gola fechadinha, shape bonequinha, mas dessa vez foi diferente, ele decotou as costas, recortou os ombros, mostrou uma mulher e não mais uma menina. E gostei mais ainda.

O que gostei também foram dos acessórios, todos feitos por 40 artesãs de Tucumã, município do interior do Pará, que desenvolveram “biojoias”. Máxi colares? Sim, sim, sim: estão e continuarão em alta.


CORES DA ÁFRICA

Sou fãzona da Animale porque acho que é uma grife que sabe mostrar como nenhuma outra uma capacidade de apresentar a moda de um jeito fácil e muito, muito usável. Sempre acho tudo prático, cheio de estilo e tudo ótimo para quem gosta de abrir o armário, pegar uma calça, uma blusa, uma jaqueta e sair impecável. Roupra pra mulher moderna que trabalha e não tem tempo de pensar muito, sabe assim?

A marca escolheu a África como tema, mas não, não caiu na mesmice do animal print, oba! A idéia maior foram os looks esportivos, como as calcas justas, aliadas a materiais finos, como blusas de seda em tons naturais, como mate e eucalipto. Faltou a alegria das cores? Na Animale, sim.Mas eu gosto dessa coisa mais sóbria, mais terrosa, mesmo no verão.

Imagens: Agência Fotosite

Compartilhar
Sem comentários ainda.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Faz cara de palestrante, Mariana! 😂😂 Repost from @assessoriafotografica Mariana Kalil durante  a #fbv17 – Feira Brasileira do Varejo
  • Vamos colocar as garras de fora ou descascar um abacaxi?
  • Muito honrada de ser case desta super profissional! ♥️Repost from @lubemfica @ Pessoas se identificam com... pessoas! E é por isso que humanizar a marca pessoal é uma estratégia poderosa: vida real faz sucesso. ✔️ Te convido a ler este texto no blog: www.lucianebemfica.com ✔️Este é um dos temas da aula de Personal Branding na Prática, dia 23/8, em Porto Alegre, no @padrechagascoworking. ✔️ Inscrições no link que está na minha bio.
  • Azul claro pra clarear as ideias! #segundafeira
  • Olivia ♥️
  • Ele é capa de revista! Parabéns @carloseduardosperotto! Sou testemunha diária da tua máxima dedicação à terra! Prêmio merecido! #gentedocampo #dalechiquinho #peludinhosorgulhososdopai 🔝🔝🔝