Terapeutas recomendam horta caseira contra a tensão

Da série eu já sabia, já havia falado sobre o assunto e pratico em casa, venho por meio desta dizer que terapeutas ocupacionais passaram a recomendar a horta caseira para afastar o estresse. Pelo menos 15 milhões de pessoas vivem a experiência do cultivo em casa, sabia dessa? Depois do lindo Globo Repórter que a querida Rosane Marchetti fez sobre os benefícios dos temperos, acredito que esse número deve ter dobrado. Sabe aquele ditado “está estressado? Vai pescar!”? Pois agora a frase mudou para “está estressado? Vai plantar!”.

: Está comprovado: plantas trazem felicidade!

Cada vez mais as pessoas estão recorrendo às hortas caseiras para esquecer os problemas do dia a dia. Seja com finalidade de buscar uma alimentação mais saudável, relaxar depois do trabalho, ter mais contato com a natureza ou até mesmo para desenvolver práticas pedagógicas com crianças, homens e mulheres têm procurado na terra uma forma de terapia.

bento1MENOS OS LHASAS

olivia10NEM ISSO O BENTO QUER FAZER

Para os profissionais de saúde, a prática é mais que recomendada. Conta Clarissa Ruback, terapeuta ocupacional da UFRJ: “Durante uma oficina de horta caseira aplicada no Centro de Atenção Psicossocial do município de Picuí, na Paraíba, vários usuários, muitos com transtornos, com crises de choros constantes, se envolveram tanto com o projeto que passaram aproximadamente uma hora longe das crises incômodas”. Ela indica o cultivo de hortas para crianças e até casais: “Além de levar estímulo e incentivar a terapia, cuidar da terra, plantar sementes, acompanhar o crescimento faz as pessoas trabalhem melhor a ansiedade, ficando mais alegres e com um melhor convívio entre si, levando-os a um melhor relacionamento social”, afirma.

shouting-womanMELHOR QUE TERAPIA DE CASAL

Os produtores de sementes também andam percebendo um crescimento na procura de materiais específicos para hortas caseiras. Diz o diretor de planejamento estratégico da Isla Sementes, Andrei Santos: “Os consumidores procuram alimentos saudáveis, frescor, aroma, bem-estar e bom exemplo. Ao instalar uma horta, as pessoas melhoram a alimentação e recuperam o prazer de produzir seus próprios alimentos, além de ter uma atividade física e de lazer”.

: Receitinha básica de pesto para comer com tudo que a gente desejar

Com a grande demanda, a empresa criou a websérie “#minhahorta”, veiculada no Youtube. Os cinco episódios tiveram mais de 54 mil visualizações. “Através do contato com o público percebemos que 7 em cada 10 pessoas gostariam de ter uma horta em casa, porém identificamos que apenas 1 destas 7 transformavam o desejo em realidade. As justificativas para as que querem mas não tentavam em geral eram a falta de espaço, de tempo, a demora para crescer, além do trabalho. Assim surgiu o projeto ‘Minha Horta’ para desmistificar todas estas desculpas. A gente mostrou que que para ter um cultivo basta ter vontade e atitude”, explica Andrei.

23hortaUM PEDACINHO DA MINHA!

Para quem quiser começar a se aventurar no cultivo, Andrei dá dicas sobre o local: “A escolha do lugar é o pontapé inicial para quem gostaria de ter uma horta. Indicamos que explore cada canto da sua casa, observando onde pega sol e por quanto tempo, se os locais são pouco ou muito ventilados. Também é importante garantir uma fonte de água (torneira) perto da horta, pois é necessário regar diariamente. A partir da escolha e das características do local fica mais fácil acertar na escolha do que será cultivado”.

woman-yelling-istock-de20FALA DA WEBSÉRIE “#MINHAHORTA”, MARIANA

Os vídeos estão disponíveis no canal “Isla Sementes” do Youtube e também no Instagram. Usando a hashtag #minhahorta, os seguidores da Isla no Instagram também podem enviar imagens que mostrem como está ficando o seu cantinho verde.

19manjericaoOLHA MAIS UM CANTINHO AQUI DE CASA, ISLA!

bento-pelotas-1OLHA O MEU CANTINHO, ISLA!

Agora olha o primeiro capítulo da websérie e aprenda de uma vez por todas a ter plantinhas em casa. Vai por mim! A vida muda para muito melhor!

Compartilhar
Mari Kalil

Mari Kalil

Jornalista e escritora, Mariana Kalil é diretora de conteúdo do site MK e colunista do programa Band Mulher e da rádio Band News FM. É também autora dos livros "Peregrina de Araque (2011), "Vida Peregrina (2013) e "Tudo tem uma Primeira Vez" (2015), todos publicados pela editora Dublinense. Trabalhou das redações das revistas Época e IstoÉ Gente, dos jornais Zero Hora, O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil e foi correspondente da BBC na Espanha, onde cursou pós-graduação em roteiro, edição e direção de cinema na Escuela Superior de Imagen y Diseño de Barcelona.

1 Comentário
  1. Amo minha horta. Gosto tanto, que fiz com meu colegas de trabalho uma composteira com os resíduos orgânicos da cozinha. Este composto foi utilizado na horta, e muitas saladinhas na hora do almoço foram com rúculas e alfaces cultivadas por nós mesmo.

Comentar

Seu endereço de email não será publicado

Utilize as tags HTML : <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Facebook

Instagram
  • Né?! 👌🏻 #nãosejaumadelas
  • O melhor pai que esses peludinhos poderiam ter 🐶♥️🐶
  • Feliz Dia dos Pais ♥️ Faltou tu @luciakalil
  • #blackisbeautiful 🖤 #porai #bandmulher #transformaçãododia #twentyfoursevenpoa
  • Quem sabe ainda sou esta garotinha. Porto Alegre, 1979 #tbt
  • Muito prazer, Half-Tuck! Sou o estilo do momento de usar camisas e a Mari já sabia disso há 20 anos. É antenada essa guria, vai dizer?👌🏻🤣 Detalhes no blog e no Stories! #amigamari #camisa #halftuck #tendencia2018